Não é preciso pedir…

Não é preciso pedir perdão
Solenemente , basta um aceno
Mudo da janela, ou do coração,
Deixar o peito roçar o queixo,

Para sentir que somos perdoados,
Como os poetas todos deviam ser,
Mesmo estando errados ou não,
Se for preciso perdoamos a dor

Avessa, como se fosse a nós alheia,
Perdoamos até o próprio pensar,
Quando é negro e ainda perdemos
A mossa do queixo no nosso peito,

Pensando não ser necessário
Agradecer esse simples perdão…

Joel Matos (10/2015)
http://joel-matos.blogspot.com

Submited by

Friday, February 23, 2018 - 17:04

Ministério da Poesia :

Your rating: None Average: 5 (1 vote)

Joel

Joel's picture
Offline
Title: Membro
Last seen: 1 day 21 hours ago
Joined: 12/20/2009
Posts:
Points: 39366

Comments

Joel's picture

.

.

Joel's picture

.

.

Joel's picture

.

.

Joel's picture

.

.

Joel's picture

.

.

Joel's picture

.

.

Joel's picture

.

.

Joel's picture

.

.

Joel's picture

Perdoamos até o próprio pensar,

dos outros

Joel's picture

perdoados, Como os poetas todos deviam ser, Mesmo estando errad

perdoados,
Como os poetas todos deviam ser,
Mesmo estando errados, eu não

Add comment

Login to post comments

other contents of Joel

Topic Title Replies Views Last Postsort icon Language
Ministério da Poesia/Aphorism peito Abeto 0 1.172 11/19/2010 - 19:16 Portuguese
Ministério da Poesia/Aphorism rapaz da tesoura 0 1.282 11/19/2010 - 19:16 Portuguese
Ministério da Poesia/Aphorism Koras 0 1.441 11/19/2010 - 19:16 Portuguese
Ministério da Poesia/Aphorism escrever pressas 0 614 11/19/2010 - 19:16 Portuguese
Ministério da Poesia/Aphorism não tarde 0 972 11/19/2010 - 19:16 Portuguese
Ministério da Poesia/Aphorism fecha-me a sete chaves 0 723 11/19/2010 - 19:16 Portuguese
Ministério da Poesia/Aphorism inventar 0 1.220 11/19/2010 - 19:16 Portuguese
Ministério da Poesia/Dedicated professas 0 1.293 11/19/2010 - 19:13 Portuguese
Ministério da Poesia/Aphorism amor sen'destino 0 1.486 11/19/2010 - 19:13 Portuguese
Ministério da Poesia/Aphorism andorinhão 0 1.669 11/19/2010 - 19:13 Portuguese
Ministério da Poesia/Aphorism sentir mais 0 1.000 11/19/2010 - 19:13 Portuguese
Ministério da Poesia/Aphorism palabras 0 1.475 11/19/2010 - 19:13 Portuguese
Ministério da Poesia/Aphorism A matilha 0 2.332 11/19/2010 - 19:13 Portuguese
Ministério da Poesia/Aphorism ao fim e ao cabo 0 1.066 11/19/2010 - 19:13 Portuguese
Ministério da Poesia/Aphorism o bosque encoberto 0 779 11/19/2010 - 19:13 Portuguese
Ministério da Poesia/Aphorism nem teu rubor quero 0 1.058 11/19/2010 - 19:13 Portuguese
Ministério da Poesia/Aphorism em nome d'Ele 0 1.210 11/19/2010 - 19:13 Portuguese
Ministério da Poesia/Aphorism Troia 0 1.563 11/19/2010 - 19:13 Portuguese
Ministério da Poesia/Aphorism desabafo 0 1.584 11/19/2010 - 19:13 Portuguese
Ministério da Poesia/Aphorism Inquilino 0 913 11/19/2010 - 19:13 Portuguese
Ministério da Poesia/Aphorism Pietra 0 1.436 11/19/2010 - 19:13 Portuguese
Ministério da Poesia/Aphorism não cesso 0 827 11/19/2010 - 19:13 Portuguese