Pelo sonho vamos

Pelo sonho vamos

Pelo sonho vamos,
Tal é ter alma, não
Cá dentro, adiante
De mim e segui-la

Sem ela e eu saber,
Pelo sonho vamos,
Se não voltarmos
O rosto ao que foi

-Partiu, me deixou,
Não adianta seguir
O que a alma não
Sente ou não sou

Eu desse mundo,
-Passou, sonhar é
O que quero mas
Só consigo parte,

O resto do tempo,
Existo presente,
É o que sou vivo,
Não sei se daqui

Me perdi, não sei
Se quero ter esta
Alma tão cá dentro,
Em silencio, não sei

Se fui eu, ou serei
Meu maior medo
Ao olhar um mundo,
Que não é mesmo

Nem me reconhece,
Tampouco como seu…

Joel Matos (07/2017)
http://joel-matos.blogspot.com

Submited by

Thursday, February 8, 2018 - 11:26

Ministério da Poesia :

Your rating: None Average: 5 (1 vote)

Joel

Joel's picture
Offline
Title: Membro
Last seen: 1 week 2 days ago
Joined: 12/20/2009
Posts:
Points: 40617

Comments

Joel's picture

Até quando Cheio de nada ter

Até quando Cheio de nada ter

Joel's picture

Até quando Cheio de nada ter

Até quando Cheio de nada ter

Joel's picture

Até quando

Até quando Cheio de nada ter

Add comment

Login to post comments

other contents of Joel

Topic Title Repliessort icon Views Last Post Language
Ministério da Poesia/Aphorism andorinhão 0 1.789 11/19/2010 - 18:13 Portuguese
Ministério da Poesia/Aphorism sentir mais 0 1.086 11/19/2010 - 18:13 Portuguese
Ministério da Poesia/Aphorism palabras 0 1.572 11/19/2010 - 18:13 Portuguese
Ministério da Poesia/Aphorism A matilha 0 2.511 11/19/2010 - 18:13 Portuguese
Ministério da Poesia/Aphorism ao fim e ao cabo 0 1.164 11/19/2010 - 18:13 Portuguese
Ministério da Poesia/Aphorism o bosque encoberto 0 1.008 11/19/2010 - 18:13 Portuguese
Ministério da Poesia/Aphorism nem teu rubor quero 0 1.170 11/19/2010 - 18:13 Portuguese
Ministério da Poesia/Aphorism em nome d'Ele 0 1.337 11/19/2010 - 18:13 Portuguese
Ministério da Poesia/Aphorism Troia 0 1.637 11/19/2010 - 18:13 Portuguese
Ministério da Poesia/Aphorism desabafo 0 1.661 11/19/2010 - 18:13 Portuguese
Ministério da Poesia/Aphorism Inquilino 0 984 11/19/2010 - 18:13 Portuguese
Ministério da Poesia/Aphorism Pietra 0 1.551 11/19/2010 - 18:13 Portuguese
Ministério da Poesia/Aphorism não cesso 0 1.036 11/19/2010 - 18:13 Portuguese
Ministério da Poesia/Dedicated professas 0 1.384 11/19/2010 - 18:13 Portuguese
Ministério da Poesia/Aphorism amor sen'destino 0 1.551 11/19/2010 - 18:13 Portuguese
Ministério da Poesia/Aphorism Balada para um turco 0 1.236 11/19/2010 - 18:16 Portuguese
Ministério da Poesia/Dedicated Francisca 0 2.110 11/19/2010 - 18:16 Portuguese
Ministério da Poesia/Aphorism tudo e nada 0 1.112 11/19/2010 - 18:16 Portuguese
Ministério da Poesia/Dedicated Priscilla 0 1.260 11/19/2010 - 18:16 Portuguese
Ministério da Poesia/Aphorism Asa calada 0 1.721 11/19/2010 - 18:16 Portuguese
Ministério da Poesia/Aphorism flores d'cardeais 0 1.392 11/19/2010 - 18:16 Portuguese
Ministério da Poesia/Dedicated Magdalena 0 1.464 11/19/2010 - 18:16 Portuguese
Ministério da Poesia/Aphorism peito Abeto 0 1.262 11/19/2010 - 18:16 Portuguese
Ministério da Poesia/Aphorism rapaz da tesoura 0 1.387 11/19/2010 - 18:16 Portuguese
Ministério da Poesia/Aphorism Koras 0 1.733 11/19/2010 - 18:16 Portuguese