UMA CARTA À ISABELLA

http://www.worldartfriends.com/store/791-jamila-mafra-as-lagrimas-dos-anjos-e-os-versos-do-amor.html

Uma vez eu estava distraída andando pela rua
Quando de repente, sem esperar,
Encontrei esta carta jogada no chão!
É uma carta de amor,
Um rapaz escreveu-a para a jovem Isabella,
Essas foram suas palavras na carta a ela:

“Isabella, amor, não sei o que aconteceu connosco,
Fico triste por isso.
Sabe, eu fico lembrando de nós no começo
Quando éramos felizes,
Quando queríamos nos amar cada vez mais.
Mas fazer o quê, não é?
Nem tudo na vida é como nós queremos,
Mas nem por isso deixarei você partir assim,
Se lutei até agora lutarei ainda mais!
Sim, confesso, às vezes sinto muita vontade de terminar com
você,
De largar tudo e que se dane!
Às vezes sinto vontade de nunca mais te ver na minha vida.
Mas como sempre isso é coisa de momento...

Logo passa e então eu agradeço
Por eu não ter feito nada de ruim,
Porque eu sei que no final
Eu estarei aqui ouvindo uma música melosa (dramática)
Pensando no quanto eu amo amar você,
No quanto és especial para mim,
Sem você nada mais teria graça!
Garota, eu te amo,
E nada nem ninguém vai poder mudar isso!
Só por estar escrevendo esta carta
Meu coração bate intenso.
Qualquer coisa que tenha você é diferente,
Pareço um menino indo beijar pela primeira vez!
“Isa”, és tudo para mim
E eu tenho que te pedir perdão,
Perdão por tudo de errado que eu te fiz, amor!
Foi coisa de momento,
No fundo eu não queria ter feito,
Eu não quero mais isso.
Eu não quero mais te fazer sofrer.
Juro que estou tentando,
Eu não quero te perder,amor!
Se isso acontecer eu não sei o que vou fazer da minha vida,
Vou estar sem rumo,sem razão para viver,

Serei completamente infeliz, pois você é a minha vida,
És o meu rumo,
O futuro que escolhi para mim é só ao seu lado,
És a razão do meu viver,
Tudo que faço é pra você
Ou pensando em você,
Serei o homem mais feliz do mundo ao seu lado!!!
Princesa, quer casar comigo daqui alguns anos?
Caramba! Pode parecer estranho, e sabe, é estranho,
Mas fazer o quê?
Eu te amo de um jeito tão intenso que me casaria agora
mesmo com você,
Sei lá, amor, não tem como eu explicar isso,
Eu te amo, eu te quero, eu preciso de você,
E é só isso que eu sei!!!
Assim,amor,não precisa sentir tanto ciúmes da Pamela,
Ela não passou de uma amiga e agora ela não é mais NADA!
Já que estou tentando mudar vou começar fazendo tudo que
você quer
Para te fazer o mais feliz possível,
E a Pamela não importa nada pra mim,
E aquilo que eu disse pra você
Sobre ela me dar mais carinho e atenção
Era tudo mentira, foi da boca pra fora,

INa realidade tudo que eu digo que te deixa mal
É da boca pra fora!
Sabe, eu não sei por que faço isso,
Acho que é criancice minha só para chamar a sua atenção.
Então, desculpa por tudo, perdão por todas as coisas
Que eu disse que te “maguo”(magoaram), sei lá como se
escreve!
Mas enfim, amor, espero que nós consigamos
Vencer essa crise e que nós fiquemos juntos para sempre,
Eu não quero te perder,
Mas se isso acontecer
Quero que lembre de uma coisa:
EU VOU TE AMAR PARA SEMPRE,
E sempre estarei ao seu lado,
Sempre que de mim precisar eu estarei aí!
Acho que era isso que eu tinha pra te falar.
És essencial na minha vida.
Isabella, eu te juro, eu te juro amor eterno!”

JM JAMILA MAFRA

Submited by

Tuesday, August 9, 2011 - 01:48

Poesia :

No votes yet

jamilamafra

jamilamafra's picture
Offline
Title: Membro
Last seen: 7 weeks 2 days ago
Joined: 09/03/2009
Posts:
Points: 6052

Add comment

Login to post comments

other contents of jamilamafra

Topic Title Replies Views Last Postsort icon Language
Poesia/Meditation O Alienígena 1 1.142 03/17/2010 - 11:47 Portuguese
Poesia/Meditation Fantasma Desconhecido 2 1.500 03/23/2010 - 10:36 Portuguese
Poesia/Disillusion Cabine da Morte 1 876 03/30/2010 - 17:16 Portuguese
Poesia/Disillusion Primavera Americana 1 853 04/10/2010 - 18:20 Portuguese
Poesia/Disillusion Bilionária da Miséria e o Sistema Cibernético 1 615 04/10/2010 - 18:39 Portuguese
Poesia/Comedy 7 de Abril 1 2.087 04/12/2010 - 16:14 Portuguese
Poesia/Meditation Se o Banco do Brasil Não Tivesse Me Furtado 3 765 04/14/2010 - 22:18 Portuguese
Poesia/Meditation A Farsa da Constituição Federal,Desgraças Sucessivas e os Poderes do Céu 1 1.006 04/29/2010 - 21:44 Portuguese
Poesia/Meditation A Chegada do Anjo Destruidor 2 567 04/29/2010 - 21:45 Portuguese
Poesia/Sadness Dia das Mães 1 1.046 05/06/2010 - 21:09 Portuguese
Poesia/Meditation As Pedras 1 686 05/07/2010 - 15:38 Portuguese
Poesia/Love Mais Um Dia de Sol 2 648 05/07/2010 - 15:44 Portuguese
Poesia/Love Amor Esquecido e as Fotografias 1 713 05/20/2010 - 22:56 Portuguese
Poesia/Disillusion Sexta-Feira 13 1 1.083 05/31/2010 - 21:38 Portuguese
Poesia/Sadness Dor Incurável 1 673 06/04/2010 - 23:35 Portuguese
Poesia/Meditation O Rapaz no Lixo 3 1.186 06/11/2010 - 03:58 Portuguese
Prosas/Comédia A Cantada Mais Ridícula Que Minha Irmã Recebeu 1 1.518 06/16/2010 - 20:07 Portuguese
Poesia/Comedy Albert Einstein,Teoricamente Culpado 1 899 06/18/2010 - 22:34 Portuguese
Poesia/Meditation Poesia Vendida e as Riquezas do Universo 1 784 07/05/2010 - 23:06 Portuguese
Poesia/Meditation Criança Sem Esperança na Porta da UNICEF 1 487 07/29/2010 - 01:15 Portuguese
Poesia/Meditation Talvez Amanhã Estarei Morta 1 706 07/31/2010 - 03:30 Portuguese
Poesia/Meditation O Recado de Deus 1 738 07/31/2010 - 20:26 Portuguese
Poesia/Disillusion No Escuro do Meu Quarto 1 1.278 07/31/2010 - 20:33 Portuguese
Poesia/Disillusion Amor Desprezado 1 1.479 07/31/2010 - 20:36 Portuguese
Poesia/Meditation Na Utopia Sou Jamila 1 1.378 08/04/2010 - 01:21 Portuguese