BRINCANDO COM AS PALAVRAS

Se o lôbrego cenário em que te fechas,
recrudesce e amodorra a tua vida,
não quero mais ouvir as tuas queixas,
fundadas na tua mente empedernida.

Cada vez que, rangendo ao meu ouvido,
me vens falar da tua fé e crença,
afadigas  meu ser que, consumido,
acredita que em ti, é já doença.

Aurindo uma doutrina em que não creio,
coleias, devagar, no meu caminho,
sem perceberes que eu, não serpenteio …

Se aquilo em que acredito, tu não crês,
prefiro mudar meu rumo, e estar sózinho,
Ao remansar da tua insensatez.

Submited by

Wednesday, November 21, 2012 - 15:54

Poesia :

No votes yet

Maria Letra

Maria Letra's picture
Offline
Title: Membro
Last seen: 1 day 1 hour ago
Joined: 11/20/2012
Posts:
Points: 2218

Comments

Maria Letra's picture

BRINCANDO COM AS PALAVRAS

Muito obrigada, Star Girl. Farei o mesmo em relação ao que escreves.
Um grande abraço.
Maria Letra

Star Girl's picture

"Cada vez que, rangendo ao

"Cada vez que, rangendo ao meu ouvido,
me vens falar da tua fé e crença,
afadigas meu ser que, consumido,
acredita que em ti, é já doença."

Que bela bricadeira, muito boum ler-te, andarei a apreciar mais vezes teus versos, Abraços da StarGirl!

Add comment

Login to post comments

other contents of Maria Letra

Topic Title Replies Views Last Postsort icon Language
Poesia/General OUTRAS RAÇAS, OUTRAS GENTES 0 1.268 08/08/2015 - 00:50 Portuguese
Poesia/Poetrix ALMA AGITADA 0 1.763 08/08/2015 - 00:48 Portuguese
Poesia/Poetrix GAIVOTA ERRANTE 1 2.467 07/28/2015 - 19:48 Portuguese
Poesia/Poetrix BEIJO NÃO IDENTIFICADO 1 1.410 07/28/2015 - 19:15 Portuguese
Prosas/Tristeza UMA QUESTÃO DE PESO 0 1.271 07/26/2015 - 02:15 Portuguese
Poesia/Poetrix RUMOS 0 1.266 07/26/2015 - 02:04 Portuguese
Poesia/Poetrix QUE NINGUÉM SE CONFUNDA 0 1.046 07/25/2015 - 09:45 Portuguese
Poesia/Poetrix EXCESSO DE PESO 0 1.362 07/25/2015 - 09:39 Portuguese
Poesia/Poetrix MÚSICA DESAFINADA 0 1.995 07/16/2015 - 20:39 Portuguese
Prosas/Others ALGUÉM ME PEDIU A MINHA OPINIÃO? NÃO! MAS EU GOSTO DE DÁ-LA! 0 677 07/16/2015 - 18:10 Portuguese
Poesia/Poetrix UM PROBLEMA DE GOSTOS 0 1.371 07/13/2015 - 19:37 Portuguese
Poesia/Poetrix MÁSCARAS DE AFECTO 0 1.102 07/13/2015 - 19:00 Portuguese
Poesia/Intervention PROCURA-SE HOMEM HONRADO 0 1.401 07/13/2015 - 18:46 Portuguese
Poesia/General A MALDADE NÃO MATA 0 3.754 06/25/2015 - 14:55 Portuguese
Poesia/General SE FOSSE... 0 569 06/25/2015 - 14:53 Portuguese
Prosas/Others AMBIÇÃO 0 1.188 06/15/2015 - 18:18 Portuguese
Poesia/General AVERTI CONOSCIUTO - TER-TE CONHECIDO 0 817 06/15/2015 - 18:15 Portuguese
Poesia/General MENSAGEM 0 1.178 06/15/2015 - 16:54 Portuguese
Poesia/Love FOI NESSE DIA 0 896 05/06/2015 - 10:35 Portuguese
Poesia/Sadness UM ABRAÇO, MÃE 0 1.163 05/03/2015 - 12:59 Portuguese
Poesia/Love MÃE-SER-OU-NÃO-SER 0 573 05/03/2015 - 12:55 Portuguese
Poesia/Intervention A FORÇA DO TRABALHADOR 0 700 05/01/2015 - 13:27 Portuguese
Poesia/Intervention POUCA TERRA! MUITA GUERRA! 0 1.319 04/29/2015 - 20:31 Portuguese
Poesia/Intervention CRAVOS SEM COR 0 838 04/25/2015 - 16:56 Portuguese
Poesia/Poetrix MEU REFÚGIO 0 941 04/22/2015 - 11:41 Portuguese