Autumnus

AUTUMNUS
De todos os risos é verão o dono,
Parece o mundo mesmo mais feliz,
Mas se agora Alegria é imperatriz
Mal sabe que irão lhe tomar o trono.

Quando sombra foi tudo o que se quis
Folha após folha se fará o abandono,
Sobre tudo cairá acobreado sono
Que o coma pálido e estéril prediz.

Findo o ciclo de um mundo moribundo
As raízes cavam cada vez mais fundo,
Onde se busca vida há escuridão.

Mas em vista do que no início fomos
Penso que mais viço haverá nos pomos
Quanto mais profunda esta solidão.

Junho de 2019

Autor: Adolfo J. de Lima.

Submited by

Friday, January 17, 2020 - 01:59

Poesia :

No votes yet

Adolfo

Adolfo's picture
Offline
Title: Membro
Last seen: 2 weeks 1 day ago
Joined: 05/12/2011
Posts:
Points: 3573

Add comment

Login to post comments

other contents of Adolfo

Topic Title Replies Views Last Postsort icon Language
Poesia/Sonnet Somente depois de morta 0 511 12/30/2012 - 23:46 Portuguese
Poesia/Dedicated Piercing 0 1.293 12/24/2012 - 01:09 Portuguese
Poesia/Sonnet Calo 0 912 12/23/2012 - 23:44 Portuguese
Poesia/Dedicated Ousado eu? 0 827 12/14/2012 - 02:28 Portuguese
Poesia/Sonnet Vela de cera 4 695 12/11/2012 - 23:32 Portuguese
Poesia/Sonnet Copo minguante 0 1.021 12/09/2012 - 21:29 Portuguese
Poesia/Sonnet Cinza 0 717 12/09/2012 - 01:19 Portuguese
Poesia/Thoughts Dístico da Anjiquinhos 0 680 12/08/2012 - 06:02 Portuguese
Poesia/Sonnet Soneto feito de traição V 1 807 12/03/2012 - 16:42 Portuguese
Poesia/Sonnet Pois os extremos foste 0 1.048 11/30/2012 - 20:17 Portuguese
Poesia/Thoughts Versos Universias VIII 0 872 11/29/2012 - 21:05 Portuguese
Poesia/Thoughts Versos Universais VII 1 832 11/29/2012 - 16:57 Portuguese
Poesia/General Poesia convulsionada 3 565 11/27/2012 - 16:56 Portuguese
Poesia/Sonnet Soneto feito de traição 2 737 11/27/2012 - 16:43 Portuguese
Poesia/Sonnet A Existencialidade das crises ou crises existenciais 0 778 11/26/2012 - 23:37 Portuguese
Poesia/Meditation Versos Universais VI 1 1.191 11/23/2012 - 18:54 Portuguese
Poesia/Dedicated À timidez dos cabelos escovados 2 762 11/22/2012 - 22:09 Portuguese
Poesia/Dedicated Sexteto à minha avó Joana 0 751 11/21/2012 - 02:22 Portuguese
Poesia/Thoughts Deathmetal 1 1.142 11/17/2012 - 18:22 Portuguese
Anúncios/Miscellaneous - Offers 17 0 2.385 11/17/2012 - 07:52 Portuguese
Poesia/General 17 0 845 11/17/2012 - 07:49 Portuguese
Poesia/Intervention "É fácil falar em abortar, Afinal você já nasceu." 2 3.163 11/15/2012 - 19:58 Portuguese
Poesia/Intervention Estágio 2 975 11/13/2012 - 20:54 Portuguese
Poesia/Friendship Desculpas? 0 729 11/12/2012 - 15:10 Portuguese
Poesia/Sonnet Corte e costura II 0 792 11/11/2012 - 22:28 Portuguese