Voz longínqua

- Voz longínqua -

Uma voz longínqua
trazia os sons da terra inóspita
flautas, címbalos e liras
faziam as borboletas bailarem

O céu azul celeste
embriagava a montanha de neve
anjos alados voavam contra o vento

Grandes guerreiros estavam aprisionados
esperando o grande momento
muitas dores, angústias e lamentos

Novas batalhas prestes a desencadear
abrindo os cadeados da alma
trombetas tocavam espantando a calma

Os caminhos virão para trilhar
a lua e as estrelas irão iluminar
estaremos prontos para guerrear

Amarguras saírão dos corações
serão breves as tristezas
presentes descerão dos céus
ouro, prata e bronze

Muito longe onde o sol se esconde
aguardam os grandes guerreiros
suas armaduras e espadas prontas esperam

A voz longínqua entoa cânticos
declama poemas, sobem aos céus

Acima das estrelas um grande exército
comandado pelo Criador
Ele é o dono das nossas dores
luta conosco nessa peleja
termina com nossos sofrimentos
espanta todas as tristezas.

Submited by

Wednesday, May 19, 2021 - 14:53

Poesia :

No votes yet

fabio ferreira do amaral

fabio ferreira do amaral's picture
Offline
Title: Membro
Last seen: 1 day 3 hours ago
Joined: 05/07/2013
Posts:
Points: 1948

Add comment

Login to post comments

other contents of fabio ferreira do amaral

Topic Titlesort icon Replies Views Last Post Language
Poesia/Meditation O tempo vence 0 769 06/27/2015 - 16:19 Portuguese
Poesia/Fantasy Os tomates 1 522 06/17/2021 - 16:45 Portuguese
Poesia/Fantasy Palpite 0 702 11/06/2015 - 01:01 Portuguese
Poesia/General A Cidade 0 613 05/30/2013 - 00:05 Portuguese
Poesia/General A Hora 0 662 07/22/2013 - 16:29 Portuguese
Poesia/Love A Lua 0 1.224 06/12/2013 - 16:47 Portuguese
Poesia/Love A Mãe Dela 0 582 05/25/2013 - 00:10 Portuguese
Poesia/Love A Melhor 0 924 05/31/2013 - 00:30 Portuguese
Poesia/General A Noite e o Monge 0 595 07/02/2013 - 15:55 Portuguese
Poesia/General Absurdo 0 1.020 09/30/2013 - 16:20 Portuguese
Poesia/Disillusion Acabou 0 457 07/12/2013 - 13:30 Portuguese
Poesia/Love Açoite 0 658 06/03/2013 - 01:08 Portuguese
Poesia/Love Acordar 0 802 08/27/2013 - 16:35 Portuguese
Poesia/General Acordei 0 609 07/05/2013 - 20:11 Portuguese
Poesia/General Agora 0 581 05/13/2013 - 14:04 Portuguese
Poesia/General Agora é Tarde 0 1.046 06/01/2013 - 14:02 Portuguese
Poesia/Sadness Agruras 0 2.071 01/16/2017 - 13:31 Portuguese
Poesia/Meditation Alegria do Nada 0 457 05/21/2013 - 01:15 Portuguese
Poesia/Meditation Alegrias 0 535 12/27/2015 - 12:26 Portuguese
Poesia/General Além do Asfalto 0 344 06/02/2013 - 00:43 Portuguese
Poesia/Love Algo em Mim 0 436 06/12/2013 - 15:47 Portuguese
Poesia/Love Algo Estranho 0 912 08/09/2013 - 18:14 Portuguese
Poesia/General Algo no Ar 0 1.339 09/11/2013 - 15:32 Portuguese
Poesia/General Alguns Tempos 0 1.062 11/19/2013 - 11:14 Portuguese
Poesia/Meditation Alma 0 734 10/27/2016 - 13:26 Portuguese