Te quero (Mario Benedetti)

Tus manos son mi caricia,
Tuas mãos são minha carícia

mis acordes cotidianos;
meus acordes cotidianos

te quiero porque tus manos
te quero porque tuas mãos

trabajan por la justicia.
trabalham pela justiça

Si te quiero es porque sos
Se te quero é porque tu és

mi amor, mi cómplice, y todo.
meu amor, minha cúmplice e tudo

Y en la calle codo a codo
E na rua, lado a lado,

somos mucho más que dos.
somos muito mais que dois

Tus ojos son mi conjuro
Teus olhos são meu conjuro

contra la mala jornada;
contra a má jornada;

te quiero por tu mirada
te quero por teu olhar

que mira y siembra futuro.
que vê e semeia futuro.

Tu boca que es tuya y mía,
tua boca que é tua e minha,

Tu boca no se equivoca;
Tua boca não se engana;

te quiero por que tu boca
te quero porque tua boca

sabe gritar rebeldía.
sabe gritar rebeldia.

Si te quiero es porque sos
Se te quero é porque tu és

mi amor mi cómplice y todo.
Meu amor, minha cúmplice e tudo

Y en la calle codo a codo
E na rua, lado a lado,

somos mucho más que dos.
somos muito mais que dois

Y por tu rostro sincero.
E por teu rosto sincero

Y tu paso vagabundo.
E teu passo errante.

Y tu llanto por el mundo.
E teu pranto pelo mundo.

Porque sos pueblo te quiero.
Porque és o povo te quero.

Y porque amor no es aurora,
E porque o amor não é aurora,

ni cándida moraleja,
nem cândida moral,

y porque somos pareja
e porque somos uma casal

que sabe que no está sola.
que sabe que não está só.

Te quiero en mi paraíso;
Te quero em meu paraíso;

es decir, que en mi país
e dizer, que em meu país

la gente vive feliz
as pessoas vivem felizes

aunque no tenga permiso.
embora não tenham permissão

Si te quiero es por que sos
Se te quero é porque tu és

mi amor, mi cómplice y todo.
meu amor, minha cúmplice e tudo

Y en la calle codo a codo
E na rua, lado a lado,

somos mucho más que dos.
somos muito mais que dois.

Mario Benedetti (1920-2009), poeta uruguaio, este poema "Te quiero" foi por mim traduzido para este site. Este poema foi musicado por Isabel Parra, do Chile.

Ouça e veja o Video interpretado pelo próprio Mario Benedetti.
[youtube=425,350]http://www.youtube.com/watch?v=u8PHT7_EhVw&feature=related[/youtube]

E na interpretação magnífica da Orquestra de Neuquen.
[youtube=425,350]http://www.youtube.com/watch?v=S_f87cdvdhs[/youtube]

Submited by

Sunday, August 22, 2010 - 23:08

Poesia :

No votes yet

AjAraujo

AjAraujo's picture
Offline
Title: Membro
Last seen: 2 years 5 weeks ago
Joined: 10/29/2009
Posts:
Points: 15584

Comments

AjAraujo's picture

Te quero

Benedetti nos brinda com este belíssimo poema de amor:

"Se te quero é porque tu és

meu amor, minha cúmplice e tudo

E na rua, lado a lado,

somos muito mais que dois."

Add comment

Login to post comments

other contents of AjAraujo

Topic Title Replies Views Last Postsort icon Language
Poesia/Dedicated A charrete-cegonha levava os rebentos para casa 0 1.350 07/08/2012 - 22:46 Portuguese
Poesia/Meditation A dor na cor da vida 0 667 07/08/2012 - 22:46 Portuguese
Poesia/Dedicated Os Catadores e o Viajante do Tempo 1 1.536 07/08/2012 - 00:18 Portuguese
Poesia/Joy A busca da beleza d´alma 2 1.596 07/02/2012 - 01:20 Portuguese
Poesia/Dedicated Amigos verdadeiros 2 3.201 07/02/2012 - 01:14 Portuguese
Poesia/Meditation Por que a guerra, se há tanta terra? 5 1.006 07/01/2012 - 17:35 Portuguese
Poesia/Intervention Verbo Vida 3 2.609 07/01/2012 - 14:07 Portuguese
Poesia/Meditation Que venha a esperança 2 986 07/01/2012 - 14:04 Portuguese
Poesia/Intervention Neste Mundo..., de "Poemas Ocultistas" (Fernando Pessoa) 0 1.349 07/01/2012 - 13:34 Portuguese
Poesia/Intervention Do Eterno Erro, de "Poemas Ocultistas" (Fernando Pessoa) 0 2.821 07/01/2012 - 13:34 Portuguese
Poesia/Intervention O Segredo da Busca, de "Poemas Ocultistas" (Fernando Pessoa) 0 626 07/01/2012 - 13:34 Portuguese
Poesia/Dedicated Canções sem Palavras - III 0 767 06/30/2012 - 22:24 Portuguese
Poesia/Intervention Seja Feliz! 0 1.509 06/30/2012 - 22:14 Portuguese
Poesia/Meditation Tempo sem Tempo (Mario Benedetti) 1 1.550 06/25/2012 - 22:04 Portuguese
Poesia/Dedicated Uma Mulher Nua No Escuro 0 1.841 06/25/2012 - 13:19 Portuguese
Poesia/Love Todavia (Mario Benedetti) 0 1.075 06/25/2012 - 13:19 Portuguese
Poesia/Intervention E Você? (Charles Bukowski) 0 1.264 06/24/2012 - 13:40 Portuguese
Poesia/Aphorism Se nega a dizer não (Charles Bukowski) 0 1.141 06/24/2012 - 13:37 Portuguese
Poesia/Aphorism Sua Melhor Arte (Charles Bukowski) 0 903 06/24/2012 - 13:33 Portuguese
Poesia/Sadness Não pode ser um sim... 1 820 06/22/2012 - 15:16 Portuguese
Poesia/Aphorism Era a Memória Ardente a Inclinar-se (Walter Benjamin) 1 737 06/21/2012 - 17:29 Portuguese
Poesia/Friendship A Mão que a Seu Amigo Hesita em Dar-se (Walter Benjamin) 0 1.475 06/21/2012 - 00:45 Portuguese
Poesia/Aphorism Vibra o Passado em Tudo o que Palpita (Walter Benjamin) 0 1.564 06/21/2012 - 00:45 Portuguese
Poesia/Aphorism O Terço 0 734 06/20/2012 - 00:26 Portuguese
Poesia/Disillusion De sombras e mentiras 0 0 06/20/2012 - 00:23 Portuguese