Te quero (Mario Benedetti)

Tus manos son mi caricia,
Tuas mãos são minha carícia

mis acordes cotidianos;
meus acordes cotidianos

te quiero porque tus manos
te quero porque tuas mãos

trabajan por la justicia.
trabalham pela justiça

Si te quiero es porque sos
Se te quero é porque tu és

mi amor, mi cómplice, y todo.
meu amor, minha cúmplice e tudo

Y en la calle codo a codo
E na rua, lado a lado,

somos mucho más que dos.
somos muito mais que dois

Tus ojos son mi conjuro
Teus olhos são meu conjuro

contra la mala jornada;
contra a má jornada;

te quiero por tu mirada
te quero por teu olhar

que mira y siembra futuro.
que vê e semeia futuro.

Tu boca que es tuya y mía,
tua boca que é tua e minha,

Tu boca no se equivoca;
Tua boca não se engana;

te quiero por que tu boca
te quero porque tua boca

sabe gritar rebeldía.
sabe gritar rebeldia.

Si te quiero es porque sos
Se te quero é porque tu és

mi amor mi cómplice y todo.
Meu amor, minha cúmplice e tudo

Y en la calle codo a codo
E na rua, lado a lado,

somos mucho más que dos.
somos muito mais que dois

Y por tu rostro sincero.
E por teu rosto sincero

Y tu paso vagabundo.
E teu passo errante.

Y tu llanto por el mundo.
E teu pranto pelo mundo.

Porque sos pueblo te quiero.
Porque és o povo te quero.

Y porque amor no es aurora,
E porque o amor não é aurora,

ni cándida moraleja,
nem cândida moral,

y porque somos pareja
e porque somos uma casal

que sabe que no está sola.
que sabe que não está só.

Te quiero en mi paraíso;
Te quero em meu paraíso;

es decir, que en mi país
e dizer, que em meu país

la gente vive feliz
as pessoas vivem felizes

aunque no tenga permiso.
embora não tenham permissão

Si te quiero es por que sos
Se te quero é porque tu és

mi amor, mi cómplice y todo.
meu amor, minha cúmplice e tudo

Y en la calle codo a codo
E na rua, lado a lado,

somos mucho más que dos.
somos muito mais que dois.

Mario Benedetti (1920-2009), poeta uruguaio, este poema "Te quiero" foi por mim traduzido para este site. Este poema foi musicado por Isabel Parra, do Chile.

Ouça e veja o Video interpretado pelo próprio Mario Benedetti.
[youtube=425,350]http://www.youtube.com/watch?v=u8PHT7_EhVw&feature=related[/youtube]

E na interpretação magnífica da Orquestra de Neuquen.
[youtube=425,350]http://www.youtube.com/watch?v=S_f87cdvdhs[/youtube]

Submited by

Sunday, August 22, 2010 - 23:08

Poesia :

No votes yet

AjAraujo

AjAraujo's picture
Offline
Title: Membro
Last seen: 2 years 5 weeks ago
Joined: 10/29/2009
Posts:
Points: 15584

Comments

AjAraujo's picture

Te quero

Benedetti nos brinda com este belíssimo poema de amor:

"Se te quero é porque tu és

meu amor, minha cúmplice e tudo

E na rua, lado a lado,

somos muito mais que dois."

Add comment

Login to post comments

other contents of AjAraujo

Topic Title Replies Views Last Postsort icon Language
Poesia/Intervention Orfeu Rebelde (Miguel Torga) 0 2.633 02/22/2012 - 12:57 Portuguese
Poesia/Meditation Os homens amam a guerra (Affonso Romano de Sant´Anna) 0 732 01/22/2012 - 12:13 Portuguese
Poesia/Dedicated Eppur si muove [Não se pode calar um homem] (Affonso Romano de Sant´Anna) 0 1.427 01/22/2012 - 11:59 Portuguese
Poesia/Intervention O Leitor e a Poesia (Affonso Romano de Sant´Anna) 0 7.444 01/22/2012 - 11:48 Portuguese
Poesia/Intervention Um despertar (Octavio Paz) 0 970 01/22/2012 - 00:14 Portuguese
Poesia/Aphorism Pedra Nativa (Octávio Paz) 0 1.753 01/22/2012 - 00:10 Portuguese
Poesia/Intervention Entre Partir e Ficar (Octávio Paz) 0 1.496 01/22/2012 - 00:05 Portuguese
Poesia/Aphorism Fica o não dito por dito (Ferreira Gullar) 0 794 12/30/2011 - 08:19 Portuguese
Poesia/Intervention A propósito do nada (Ferreira Gullar) 0 1.607 12/30/2011 - 08:16 Portuguese
Poesia/Intervention Dentro (Ferreira Gullar) 0 8.333 12/30/2011 - 08:12 Portuguese
Poesia/Thoughts O que a vida quer da gente é Coragem (Guimarães Rosa) 2 2.061 12/26/2011 - 21:55 Portuguese
Poesia/Dedicated Adeus, ano velho (Affonso Romano de Sant'Anna) 0 1.895 12/26/2011 - 12:17 Portuguese
Poesia/Meditation Para que serve a vida? 0 1.425 12/11/2011 - 01:07 Portuguese
Poesia/Dedicated Natal às Avessas 0 760 12/11/2011 - 01:03 Portuguese
Poesia/Intervention A voz de dentro 0 1.059 11/19/2011 - 00:14 Portuguese
Poesia/Intervention As partes de mim... 0 1.433 11/19/2011 - 00:00 Portuguese
Poesia/Thoughts Curta a Vida "curta" 0 1.809 11/13/2011 - 13:46 Portuguese
Poesia/Intervention Lobo solitário 0 1.286 11/13/2011 - 13:46 Portuguese
Poesia/Thoughts A solidão na multidão 0 1.716 11/13/2011 - 13:43 Portuguese
Poesia/Thoughts Não permita que ninguém decida por você... Seleção de Pensamentos I-XVI (Carlos Castañeda) 0 2.165 11/12/2011 - 12:55 Portuguese
Poesia/Thoughts Não me prendo a nada... (Carlos Castañeda) 0 1.122 11/12/2011 - 12:37 Portuguese
Poesia/Thoughts Um caminho é só... um caminho (Carlos Castañeda) 0 1.337 11/12/2011 - 12:35 Portuguese
Poesia/Meditation Procura da Poesia (Carlos Drummond de Andrade) 0 862 11/01/2011 - 13:04 Portuguese
Poesia/Intervention Idade Madura (Carlos Drummond de Andrade) 0 1.519 11/01/2011 - 13:02 Portuguese
Poesia/Meditation Nosso Tempo (Carlos Drummond de Andrade) 0 1.945 11/01/2011 - 13:00 Portuguese