Os vales da realidade

Depois do último caminho
quero estar no centro do sonho
saber que na vida
o amor foi o motor de busca
no corpo perdido...

Na alma sentir
o aroma da terra molhada
num dia de Primavera
onde as folhas de Outono
se enrolam em sorrisos...

No banco da solidão
escrever poemas da vida
onde cabem todas as formas...

Descer num palmilhar quente
os vales da realidade
com o arco-íris pintado nos lábios
apenas por saber
que um só verso teve reverso!

Deixo aqui um apelo
UM LIVRO POR UM BOM MOTIVO!
https://www.facebook.com/VamosAjudarAMarianaLivros
O caso da Mariana é real mora aqui ao meu lado

Submited by

Sábado, Julio 7, 2012 - 19:19

Poesia :

Su voto: Nada (1 vote)

AnaCoelho

Imagen de AnaCoelho
Desconectado
Título: Membro
Last seen: Hace 7 años 14 semanas
Integró: 11/14/2008
Posts:
Points: 1789

Comentarios

Imagen de Nanda

Aninha

Na realidade na tua poesia sente-se o amor que a constroi em todas as suas formas.
Beijinho
Nanda

Imagen de Rafael Neves

Onde sentir que não se

Onde sentir que não se sente
é ser um copo a transbordar
de dádivas, alegrias vãs e quentes
tinta para pintar o vale
da realidade em tons de sonho,
e acordar para ele.

Poema muito inspirador :)

Imagen de Henrique

Vales da realidade onde vale

Vales da realidade onde vale tudo!!!

Perder para encontrar...

Renascer de todas as mortes...

Dar verso a todos os reversos...

Bj :-)

Add comment

Inicie sesión para enviar comentarios

other contents of AnaCoelho

Tema Título Respuestas Lecturas Último envíoordenar por icono Idioma
Poesia/Aforismo O tempo é singular 0 512 09/16/2010 - 19:40 Portuguese
Poesia/Aforismo Paisagem abstracta do paraíso 2 551 09/14/2010 - 22:20 Portuguese
Poesia/Aforismo Padrão unificado 1 981 09/14/2010 - 20:23 Portuguese
Poesia/Aforismo Dá-me a voz da razão 1 497 09/13/2010 - 01:50 Portuguese
Poesia/Aforismo Na luz de cada olhar 4 579 09/10/2010 - 19:52 Portuguese
Poesia/Meditación Que posso eu fazer? 4 433 09/10/2010 - 04:24 Portuguese
Poesia/Aforismo Repetições do tempo 3 568 09/10/2010 - 04:11 Portuguese
Poesia/Meditación Voos que abrigam o céu 2 666 09/08/2010 - 17:33 Portuguese
Poesia/Meditación Por vezes não faço nada 1 744 09/06/2010 - 00:09 Portuguese
Poesia/Intervención Quando os homens assim o quizerem 1 458 09/06/2010 - 00:08 Portuguese
Poesia/Meditación Guardo nos bolsos a Primavera 2 288 09/06/2010 - 00:07 Portuguese
Poesia/Amor Esboços de amor em puros sentimentos 2 815 09/06/2010 - 00:06 Portuguese
Prosas/Pensamientos Prisioneiros do mundo interno 1 746 09/03/2010 - 22:38 Portuguese
Poesia/Meditación Desilusão 2 455 08/29/2010 - 02:52 Portuguese
Poesia/Amor A leveza dos amantes 4 357 08/10/2010 - 22:46 Portuguese
Poesia/Meditación Folhas soltas ao vento 0 599 07/24/2010 - 09:57 Portuguese
Poesia/Amor O teu retrato 3 635 07/18/2010 - 13:20 Portuguese
Poesia/Amor Ardente 0 779 07/17/2010 - 08:54 Portuguese
Poesia/General Ecos mudos 3 387 07/16/2010 - 22:33 Portuguese
Poesia/Meditación Verdadeira essência 0 393 07/09/2010 - 19:20 Portuguese
Poesia/Amor Prantos de volúpia 3 507 07/05/2010 - 15:32 Portuguese
Poesia/Meditación Fronteiras vazias 1 405 06/19/2010 - 22:48 Portuguese
Poesia/Meditación Nostalgias 2 471 06/18/2010 - 22:54 Portuguese
Poesia/Amor Luz da paixão 2 327 06/16/2010 - 18:09 Portuguese
Poesia/Meditación Um todo de tudo...Um pouco de nada 1 400 05/16/2010 - 17:06 Portuguese