Tarde, mormaço

É tarde. Mormaço!
Anúncio de chuva. E agora?
Eu, sem guarda-chuva...

Fragmento de poesia de Teresa Azevedo – Cadeira 06 - Academia Nacional de Letras do Portal do Poeta Brasileiro

Pintura de Vincent Van Gogh - pintor pós-impressionista holandês do século XIX. As obras de Van Gogh são conhecidas por sua beleza rústica, honestidade emocional e cores ousadas. Van Gogh recebeu o reconhecimento de sua genialidade apenas após sua morte, e influenciou fortemente o mundo da arte no século XX, onde foi considerado um dos maiores pintores de todos os tempos..

Submited by

Sábado, Julio 12, 2014 - 20:08

Poesia :

Sin votos aún

teresaazevedo

Imagen de teresaazevedo
Desconectado
Título: Membro
Last seen: Hace 1 año 12 semanas
Integró: 09/16/2010
Posts:
Points: 608

Comentarios

Imagen de deborabenvenuti

Tarde,mormaço

Sempre há previsão de chuva, após mormaço. Mas são sempre tão breves, que até o arco-iris aparece.
Bj

http://colchaderetalhos13.blogspot.com.br

Add comment

Inicie sesión para enviar comentarios

other contents of teresaazevedo

Tema Título Respuestas Lecturas Último envíoordenar por icono Idioma
Poesia/Tristeza Simples assim 0 682 05/25/2018 - 20:42 Portuguese
Poesia/Pasión Dono dos meus caprichos 0 457 05/25/2018 - 20:15 Portuguese
Poesia/Pasión Dono dos meus caprichos 0 401 05/25/2018 - 20:15 Portuguese
Poesia/General O êxtase do poeta é a poesia 0 754 11/06/2015 - 11:34 Portuguese
Poesia/General Poeta é gente diferente 0 846 11/06/2015 - 11:32 Portuguese
Poesia/General Nós eremitas 0 718 11/06/2015 - 11:31 Portuguese
Poesia/General Ser coletivo 0 821 11/05/2015 - 18:08 Portuguese
Poesia/General Transcendemos corpos e emoções 0 828 11/05/2015 - 18:06 Portuguese
Poesia/Meditación Ondulações 0 837 11/05/2015 - 18:04 Portuguese
Videos/Poesía Projeto Ondulações 2014 0 3.665 11/05/2015 - 08:02 Portuguese
Poesia/Tristeza Batem as asas do adeus 1 1.411 07/29/2014 - 01:08 Portuguese
Poesia/Poetrix Crescer sim, beber não! 1 965 07/26/2014 - 00:30 Portuguese
Poesia/General Miscelânea poética 1 1.469 07/17/2014 - 23:58 Portuguese
Poesia/Aldravias Aldravia 1 0 1.609 07/17/2014 - 16:36 Inglés
Poesia/General Tarde, mormaço 1 1.131 07/13/2014 - 23:57 Portuguese
Poesia/General Descortine-os 0 1.053 07/12/2014 - 18:42 Portuguese
Poesia/General Intocável 0 769 07/12/2014 - 18:01 Portuguese
Poesia/Archivo de textos Como alcançar o inalcançável 0 1.373 07/11/2014 - 04:39 Inglés
Poesia/Archivo de textos Como alcançar o inalcançável 0 1.188 07/11/2014 - 04:39 Inglés
Poesia/Archivo de textos (Poesia coletiva, resultado do primeiro Sarau, produzida através de palavras que cada assistido falou) 0 1.206 06/27/2014 - 19:06 Inglés
Poesia/Pasión Casados em cópula 1 1.340 06/19/2014 - 00:12 Portuguese
Poesia/Desilusión Pássaro Errante 1 1.067 06/16/2014 - 03:15 Portuguese
Poesia/Fantasía Sonhei, tão somente sonhei 1 893 06/14/2014 - 19:28 Portuguese
Poesia/Pasión Com a força dos temporais 1 1.027 06/12/2014 - 04:55 Portuguese
Poesia/Amor Fragmento da poesia “Nós” 0 835 06/11/2014 - 06:21 Portuguese