Eu erro o ar que meto…

Eu erro o ar que meto plo osso do nariz,
O mero deitar-me com o que fiz
E levantar-me com o “se nada
Fosse”, como se tivesse eu perdido

Todos os fios das madrugadas, o frio ar
Que não respiro nem lembro se,
E começo de resto zero outra vez,
Sou feliz pouco por isso, não lembro

O que perco e porque morro da fala
Todos os dias um pouco, fosse
Por medo de errar o que da sorte
Se diz e o esquecimento que me

Cobrirá, do que a terra molde
Em acerto e normalidade
Eu erraria o ar que respiro menos, forço
O fazer falsa parte daqueles

Que vêm simples, os símbolos de ver
Dos olhos cansados da Terra
E o que nela ocupam na largura,
Do peito ao dorso, esse não tão oco

Como meu, que o ouço não respirar,
Eu erro o ar que meto plo osso do nariz,
No meio da boca torta,(um pouco)..

Jorge Santos (01/2017)
http://namastibetpoems.blogspot.com

Submited by

Viernes, Febrero 23, 2018 - 17:01

Ministério da Poesia :

Su voto: Nada Promedio: 5 (1 vote)

Joel

Imagen de Joel
Desconectado
Título: Membro
Last seen: Hace 1 día 3 horas
Integró: 12/20/2009
Posts:
Points: 37167

Comentarios

Imagen de Joel

.

.

Imagen de Joel

.

.

Imagen de Joel

.

.

Imagen de Joel

.

.

Imagen de Joel

.

.

Imagen de Joel

.

.

Imagen de Joel

.

.

Imagen de Joel

.

.

Imagen de Joel

.

.

Imagen de Joel

E o que nele ocupo na largura, do peito ao poço

E o que nele ocupo na largura, do peito ao poço

Add comment

Inicie sesión para enviar comentarios

other contents of Joel

Tema Títuloordenar por icono Respuestas Lecturas Último envío Idioma
Poesia/General Em Vila, Praia ou Âncora … 1 346 02/20/2018 - 18:03 Portuguese
Ministério da Poesia/General "Semper aeternum" 13 362 10/16/2018 - 09:28 Portuguese
Ministério da Poesia/General A hora é do tempo, a Ágora 10 249 03/21/2018 - 13:31 Portuguese
Ministério da Poesia/General Antes de tud’o mais ... 13 210 10/16/2018 - 09:30 Portuguese
Poesia/General I can fly ... 11 407 10/16/2018 - 09:41 Portuguese
Ministério da Poesia/General JOEL MATOS 14 431 10/16/2018 - 09:31 Portuguese
Poesia/General Morto vivo eu já sou … 496 540 05/09/2019 - 11:06 Portuguese
Poesia/General O erro de Descartes 479 586 04/09/2019 - 11:49 Portuguese
Prosas/Contos O Transhumante Ou "Versus de Montanya Mayor" 1 1.323 02/28/2018 - 17:11 Portuguese
Ministério da Poesia/General Peixes ... 10 430 05/25/2018 - 09:31 Portuguese
Ministério da Poesia/General Puder-eu-o-ter 10 228 08/07/2018 - 16:44 Portuguese
Ministério da Poesia/General V de Vitória - Revolução - 537 1.095 04/03/2019 - 16:43 Portuguese
Poesia/General "Ida e volta" 10 384 05/25/2018 - 09:39 Portuguese
Ministério da Poesia/General "Je ne dis rien, tu m'écoutes" 468 1.047 03/30/2019 - 17:13 Portuguese
Ministério da Poesia/General "Palavras meias" 10 465 03/23/2018 - 10:04 Portuguese
Ministério da Poesia/General "Sinto" 13 537 10/16/2018 - 09:29 Portuguese
Ministério da Poesia/Aforismo "Tarou" 10 1.797 03/23/2018 - 10:17 Portuguese
Ministério da Poesia/General "y Grego" 0 231 03/05/2018 - 12:31 Portuguese
Poesia/General (1820) 305 1.095 03/30/2019 - 17:14 Portuguese
Ministério da Poesia/General (Busco a eternidade-num-saco-vazio) 20 256 12/02/2018 - 18:55 Portuguese
Ministério da Poesia/General (Demente em contra-mão) 10 201 05/25/2018 - 09:41 Portuguese
Ministério da Poesia/General (Do que me vai na alma) 10 323 03/23/2018 - 18:46 Portuguese
Poesia/General (Meu lar é uma taberna) 10 392 04/10/2018 - 16:22 Portuguese
Ministério da Poesia/General (Meu reino é um prado morto) 10 307 03/28/2018 - 17:07 Portuguese
Poesia/General (Meu reino é um prado morto) 24 413 12/02/2018 - 19:04 Portuguese