[Morto]

Morto
Sem ter aberto os olhos.
Sem ter sentido o gosto
Da vida na boca.
Morto
Sem ter o nome lembrado.
Sem imaginar o que é afeto.
Apenas a violência dos gestos,
O desespero da sobrevivência
Em meio ao luto diário.
De uma miséria penetrada na carne,
Que exala dor e odor do caos disfarçado
Que carinhosamente chamamos de tempero.
Morto
Das ordens que nunca cessam.
Refém do silêncio,
Que assombra a noite.
Dos sonhos que viram pesadelos
Por desejos nunca satisfeitos.
Morto
E isso basta.

Pablo Danielli

Submited by

Jueves, Octubre 25, 2018 - 19:56

Poesia :

Sin votos aún

Pablo Gabriel

Imagen de Pablo Gabriel
Desconectado
Título: Membro
Last seen: Hace 3 semanas 1 hora
Integró: 05/02/2011
Posts:
Points: 2916

Add comment

Inicie sesión para enviar comentarios

other contents of Pablo Gabriel

Tema Título Respuestas Lecturas Último envíoordenar por icono Idioma
Poesia/Tristeza Cinza 0 596 10/10/2011 - 13:31 Portuguese
Poesia/Amor Mortalidade 1 1.029 10/10/2011 - 20:24 Portuguese
Poesia/Amor Desejo 0 989 10/11/2011 - 15:25 Portuguese
Poesia/Amor Amanhecer 1 1.068 10/11/2011 - 23:53 Portuguese
Poesia/Amor Dez Mandamentos Para um Mundo Melhor. 0 1.038 10/13/2011 - 17:55 Portuguese
Poesia/Amor Por inteiro 0 816 10/13/2011 - 18:08 Portuguese
Poesia/Amor Quem sabe amanhecer 0 659 10/13/2011 - 18:13 Portuguese
Poesia/General Manhã 0 1.024 10/18/2011 - 12:45 Portuguese
Poesia/Meditación A Pedra 0 896 10/18/2011 - 12:51 Portuguese
Poesia/Meditación Real Valor 2 724 10/20/2011 - 05:01 Portuguese
Poesia/Meditación Permito-me sonhar 0 405 10/25/2011 - 12:37 Portuguese
Poesia/Amor Desfolhada do amor 0 1.185 10/25/2011 - 12:57 Portuguese
Poesia/Amor Apenas no teu olhar 0 1.554 10/25/2011 - 19:22 Portuguese
Poesia/General Gotas de sangue 0 1.054 10/26/2011 - 12:35 Portuguese
Poesia/General Olhos que não vêem 0 763 10/26/2011 - 18:18 Portuguese
Poesia/Meditación Além do que se vê 0 633 10/26/2011 - 18:38 Portuguese
Poesia/Amor Tudo aquilo que tenho 0 860 10/29/2011 - 12:53 Portuguese
Poesia/Amor O calor da vida 1 1.262 10/31/2011 - 15:05 Portuguese
Poesia/Meditación Teu lugar 1 1.051 10/31/2011 - 18:31 Portuguese
Poesia/Meditación Por Direito 2 811 10/31/2011 - 21:14 Portuguese
Poesia/Amor Entender 0 1.176 11/02/2011 - 23:20 Portuguese
Poesia/Amor Xícara de chá 0 964 11/03/2011 - 12:45 Portuguese
Poesia/Amor Tristes gargalhadas 0 654 11/07/2011 - 01:50 Portuguese
Poesia/Amor Feito pássaros 0 1.233 11/08/2011 - 01:16 Portuguese
Poesia/Amor Na terra dos sonhos 3 1.935 11/11/2011 - 16:35 Portuguese