[Morto]

Morto
Sem ter aberto os olhos.
Sem ter sentido o gosto
Da vida na boca.
Morto
Sem ter o nome lembrado.
Sem imaginar o que é afeto.
Apenas a violência dos gestos,
O desespero da sobrevivência
Em meio ao luto diário.
De uma miséria penetrada na carne,
Que exala dor e odor do caos disfarçado
Que carinhosamente chamamos de tempero.
Morto
Das ordens que nunca cessam.
Refém do silêncio,
Que assombra a noite.
Dos sonhos que viram pesadelos
Por desejos nunca satisfeitos.
Morto
E isso basta.

Pablo Danielli

Submited by

Jueves, Octubre 25, 2018 - 19:56

Poesia :

Sin votos aún

Pablo Gabriel

Imagen de Pablo Gabriel
Desconectado
Título: Membro
Last seen: Hace 2 semanas 1 día
Integró: 05/02/2011
Posts:
Points: 2926

Add comment

Inicie sesión para enviar comentarios

other contents of Pablo Gabriel

Tema Título Respuestas Lecturas Último envíoordenar por icono Idioma
Poesia/Meditación Lugares e pessoas 1 635 04/21/2012 - 05:18 Portuguese
Poesia/Meditación Pedra 1 411 04/24/2012 - 23:18 Portuguese
Poesia/Pensamientos Lagrimas secas 1 419 04/26/2012 - 19:57 Portuguese
Poesia/Meditación Palavras mortais 0 364 04/27/2012 - 14:13 Portuguese
Poesia/Meditación Solos de alegria 0 439 05/04/2012 - 17:47 Portuguese
Poesia/Meditación humanidade 1 636 05/05/2012 - 13:00 Portuguese
Poesia/Meditación Sejamos todos evolução 0 511 05/07/2012 - 15:22 Portuguese
Poesia/Amor Sempre 0 424 05/07/2012 - 20:06 Portuguese
Poesia/Meditación Sabedoria 0 271 05/11/2012 - 19:52 Portuguese
Fotos/Otros Omissão 0 720 05/12/2012 - 14:33 Portuguese
Poesia/Meditación A ponte 0 589 05/12/2012 - 15:19 Portuguese
Poesia/Amor Flutuar 0 1.742 05/15/2012 - 14:56 Portuguese
Poesia/Amor Flutuar 0 351 05/15/2012 - 14:57 Portuguese
Poesia/Meditación Em nome do pai, da mãe e do filho. 0 454 05/16/2012 - 21:06 Portuguese
Poesia/Amor Tempo e vida 1 616 05/24/2012 - 15:39 Portuguese
Fotos/Otros Transparência 0 674 05/25/2012 - 14:30 Portuguese
Poesia/Meditación realidade 0 589 05/27/2012 - 15:44 Portuguese
Poesia/Amor Desfaz as amarras 0 443 05/28/2012 - 21:49 Portuguese
Poesia/Amor Este meu amor 2 443 05/30/2012 - 16:06 Portuguese
Poesia/Amor O silencio que rompe a escuridão 0 477 05/30/2012 - 21:18 Portuguese
Poesia/Meditación Talvez pior sem você! 0 333 05/31/2012 - 15:22 Portuguese
Poesia/General Maior parte 1 511 06/02/2012 - 20:35 Portuguese
Poesia/Amor Desatar de fitas 0 449 06/05/2012 - 20:58 Portuguese
Poesia/Meditación Grito da liberdade 1 366 06/07/2012 - 14:34 Portuguese
Poesia/Meditación Mais homem que maquina 1 452 06/22/2012 - 15:01 Portuguese