Adverso ou controverso

Adverso

Ou controverso

O verso que fiz (meu)
Barro queimado,
Nem o vendi caro,
Na tenda, mercado,
Verso mineral,
Baralho marcado
Nã ‘ baralho mais
Se não o sentir,
No forno, a arder,
Estalar no sangue,
(dos meus dedos, dez).

O verso que fiz (meu)
Foi alugado,
Ao mês e barato
Algures furtado
Por um gaiato,
Na loja do lado
E; passo em falso,
Cai na sarjeta,
Ficou molhado,
Não quero mais,
Versos escorridos
(pr’ós lamber na sede)

O verso que fiz (meu)
Dito por maldito,
Bem m’orgulho se,
Rasgado e roto,
Repudiado, mas,
Na estante, vivo…
Melhor, Se estorvar
Por nã’estar morto,
Apesar de plebeu,
É porque é meu,
E é controverso
(deix’ó falar).

Jorge Santos
http://namastibet.blogspot.com

Submited by

Viernes, Enero 8, 2010 - 23:06

Ministério da Poesia :

Sin votos aún

Joel

Imagen de Joel
Desconectado
Título: Membro
Last seen: Hace 2 semanas 3 días
Integró: 12/20/2009
Posts:
Points: 40650

Add comment

Inicie sesión para enviar comentarios

other contents of Joel

Tema Título Respuestas Lecturas Último envíoordenar por icono Idioma
Ministério da Poesia/Aforismo o bosque encoberto 0 1.058 11/19/2010 - 19:13 Portuguese
Ministério da Poesia/Aforismo nem teu rubor quero 0 1.229 11/19/2010 - 19:13 Portuguese
Ministério da Poesia/Aforismo em nome d'Ele 0 1.454 11/19/2010 - 19:13 Portuguese
Ministério da Poesia/Aforismo Troia 0 1.670 11/19/2010 - 19:13 Portuguese
Ministério da Poesia/Aforismo desabafo 0 1.716 11/19/2010 - 19:13 Portuguese
Ministério da Poesia/Aforismo Inquilino 0 1.008 11/19/2010 - 19:13 Portuguese
Ministério da Poesia/Aforismo Pietra 0 1.590 11/19/2010 - 19:13 Portuguese
Ministério da Poesia/Aforismo não cesso 0 1.091 11/19/2010 - 19:13 Portuguese