CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

A imbecilidade na forma politica.

Um discurso bonito, um terno bem cortado, lagrima nos olhos ao falar das pessoas e seu sofrimento... Este tipo de descrição certamente deve levar sua imaginação ao mundo dos políticos. A pergunta que ecoa pelo vazio da mente, certamente é: Se o discurso é bonito, porque as suas atitudes são baratas?

"A política é constituída por homens sem ideais e sem grandeza."
Camus, Albert

O que podemos perceber é que não existem mais ideologias partidárias, direita alia-se com esquerda, e moderados fazem o acordo que bem entendem, apenas para ter uma secretaria, uma porta de entrada no governo, partidos são criados apenas para arrecadar verba publica e tempo de televisão. São como carrapatos que se alimentam da maquina governamental.

Manchetes e mais noticias são apenas para delatar casos de corrupção, acordos feitos à surdina, para conseguir mais poder, mais influencia, a politica na sua essência é um jogo de influencia e poder, o dinheiro é visto como um bônus por aqueles que estão na roda.

Ser tratado como uma espécie de salvador, todas as glorias possíveis por jogar migalhas ao povo, estar acima do bem e do mau e ter o aval da justiça para isto. E nem ao menos podemos falar que há luz no fim do túnel, porque volta e meia corremos o risco do apagão.

O país se comparado a outras estruturas politicas, pode ser considerado ainda uma pequena criança, que começa a amadurecer, temos pouco mais de quinhentos anos e talvez por isso ainda cometemos erros primários.

O Brasil hoje vive uma politica de divisão entre classes sociais, é mais fácil falar que uma classe dominante oprime outra menos favorecida, do que o governo assumir sua culpa na falta de uma boa politica social e se engana quem pensa que politica social é tirar do rico para dar ao pobre.

Nos temos cotas, nos temos impostos, nos temos propagandas governamentais que incitam o ódio entre classes e nos temos ainda mais falho que tudo, os nossos políticos com seus narizes empinados pensando que toda critica é injusta e que toda oposição é burra.

"Em política, a comunhão de ódios é quase sempre a base das amizades."
Tocqueville , Charles

Estamos em uma espécie de lodo, aonde quanto mais tentamos se envolver ou se livrar, mais acabamos por nos sujar independente da intenção ou da ação proposta. Teorias e mais perguntas são formuladas tentando encontra uma explicação logica para esse fenômeno que se apodera das pessoas que entram no circo politico.

Somente os políticos seriam corruptos ou a população de forma geral vê na politica uma forma de se beneficiar e enriquecer de forma fácil e rápida? O terno e a gravata seriam apenas uma vestimenta que nos permite mostrar a verdadeira natureza com a certeza da impunidade, ou apenas nos obrigamos a entrar no jogo?

Será que de fato estamos preparados para lidar com o poder? A palavra politica vem de tempos antigo, mais precisamente do grego Politeía, que vem da arte de dominar a organização e administração de uma nação ou estado. Significa ainda, a sociedade e sua coletividade, engloba tudo referente ao individuo, no seu intimo e no seu coletivo.

“O homem é um animal politico”.
Aristóteles

Por mais que de forma geral, falemos que não gostamos ou não queremos envolvimento com as questões politicas do país, praticamos no nosso dia a dia este ato, a politica partidária é apenas uma das mais variadas forma de exercê-la.

Que soluções seriam possíveis, que horizonte nos espera além de um próximo mandado de acordos e noticias de descaso, independente da bandeira partidária. A mudança acontece de forma lenta quase imperceptível, talvez em cem ou duzentos anos seja possível, uma organização confiável aos olhos do povo.

Acabar com a farra partidária, com as negociações e com o dinheiro que corre de forma descontrolada seria uma opção. Criar três grandes blocos políticos, esquerda, centro e direita, sem meio termo, já que os partidos hoje são feitos apenas para negociação.

Dividir o tempo de propaganda de forma igual entre os três blocos, assim evitando acordos por tempo de exibição. Limitar o teto de gastos da campanha, não é concebível que se gaste mais que trinta por cento do que o politico irá receber de salario. Certamente quando se extrapola esse limite, usara de favores ou outros meios para recupera o “investimento”.

Acabar coma imunidade parlamentar, roubo e desvio de verba, são crimes e devem ser punidos como tal. Acabar com a reeleição, mandato único de seis anos e fim do voto obrigatório, em uma democracia ser obrigado a fazer algo, é uma ditadura falsificada.

Muitas outras medidas seriam necessárias, mas com mudanças básicas grande parte da corrupção começaria ser evitada. É necessária uma mudança de comportamento da população em não apenas ver na politica uma forma de ganhar, mas sim, de agregar valor a comunidade, a sociedade de forma geral.
Politica não se trata de enriquecer, mas sim de dividir, valores morais, éticos e sociais.

Uma sociedade só é justa quando todos têm os mesmos direitos e não apenas quando quem esta no poder tem o direito. Todos têm que aprender a viver a politica e sermos políticos, independente de partidos ou do interesse que isso possa desenvolver.

“Em política, os aliados de hoje são os inimigos de amanhã.”
Nicolau Maquiavel

Submited by

terça-feira, julho 29, 2014 - 15:39

Críticas :

No votes yet

Pablo Gabriel

imagem de Pablo Gabriel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 2 semanas 2 dias
Membro desde: 05/02/2011
Conteúdos:
Pontos: 2931

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Pablo Gabriel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor Criança 0 547 11/08/2013 - 19:26 Português
Poesia/Meditação Embriagados 0 613 11/08/2013 - 13:07 Português
Anúncios/Outros - Oferece-se Mais poesia e cronicas! 0 2.156 11/07/2013 - 20:11 Português
Poesia/Amor Bondade 0 594 11/07/2013 - 19:14 Português
Críticas/Filmes Notas de Rodapé - curta metragem 0 1.129 11/05/2013 - 20:07 Português
Poesia/Amor Outonos e primaveras 0 835 11/05/2013 - 17:53 Português
Fotos/Outros olhares 0 1.260 10/29/2013 - 19:33 Português
Fotos/Outros madrugada 0 896 10/29/2013 - 19:30 Português
Poesia/Amor Aromas 0 591 10/29/2013 - 12:50 Português
Poesia/Pensamentos Caminho 0 811 10/25/2013 - 14:16 Português
Críticas/Outros Luzes vermelhas 0 1.790 10/24/2013 - 18:20 Português
Poesia/Meditação Concreto, fé e suor! 0 529 10/24/2013 - 12:28 Português
Críticas/Outros O conto 0 1.753 10/23/2013 - 17:36 Português
Poesia/Meditação Retratos 0 466 10/23/2013 - 14:30 Português
Críticas/Outros Sobre o tempo 0 1.003 10/21/2013 - 12:56 Português
Poesia/Meditação Noite dos cachorros perdidos 0 472 10/18/2013 - 16:55 Português
Poesia/Meditação Democracia 0 848 10/11/2013 - 14:48 Português
Poesia/Meditação Nem janela, nem porta 0 785 10/04/2013 - 20:37 Português
Poesia/Meditação Desigual 0 510 10/04/2013 - 20:08 Português
Poesia/Amor Ciranda 0 690 10/04/2013 - 16:23 Português
Poesia/Meditação Ilusão 0 888 10/02/2013 - 15:33 Português
Poesia/Meditação Tem fé! 0 738 10/01/2013 - 21:46 Português
Poesia/Meditação Canto 0 610 09/23/2013 - 17:50 Português
Poesia/Meditação Status 0 986 09/19/2013 - 16:41 Português
Poesia/Meditação Ilusões 0 482 09/19/2013 - 14:21 Português