CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

As Aventuras de Guilherme e o Talismã na Terra do Arco-Íris - No Google Play

As Aventuras de Guilherme e o Talismã na Terra do Arco-Íris - No Google Play

O fim de tarde ainda estava ensolarado, no céu os pássaros cantavam enquanto Guilherme voltava da escola pedalando sua bicicleta. Com sua alegria de menino ele espalhava sorrisos e olhares às poucas nuvens avistadas no alto.
Guilherme tinha acabado de se mudar com seus pais para a nova cidade e aquela parecia ser mais uma tarde comum. Pela primeira vez ele passou por uma rua que era movimentada naquele horário, quando se depara com um casarão antigo que está prestes a ser demolido.
Tendo o espírito aventureiro, no dia seguinte, ele volta ao casarão e ao desbravá-lo encontra; em um dos aposentos empoeirados, um talismã mágico capaz de realizar os desejos de quem o possui.
Essa pedra pertenceu a um velho feiticeiro que um dia habitou aquele local. Entusiasmado com a descoberta Guilherme leva consigo o talismã e de imediato faz seu primeiro pedido: ser levado para um mundo onde exista muito ouro. Nesse mundo ele viverá grandes momentos.
As Aventuras de Guilherme e o Talismã Na Terra do Arco-Íris fará você viajar através de um lugar incrível, lugar esse escondido em nossos sonhos.

Submited by

quarta-feira, outubro 3, 2018 - 20:20

Fotos :

No votes yet

jamilamafra

imagem de jamilamafra
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 6 semanas 4 dias
Membro desde: 09/03/2009
Conteúdos:
Pontos: 6049

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of jamilamafra

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Comédia Você Se Casaria Com Um(a) Lindo(a) Extraterrestre e Iria Embora Com Ele(a) Em Uma Nave Espacial? 6 848 09/19/2010 - 02:21 Português
Poesia/Tristeza SOCIEDADE DOS POETAS ASSASSINADOS 3 1.215 09/22/2010 - 19:26 Português
Poesia/Tristeza A Lança de Aço 0 1.428 11/18/2010 - 16:01 Português
Poesia/Meditação Mundos Eternos e o Abandono 0 1.296 11/18/2010 - 16:07 Português
Poesia/Desilusão Good Bye!O Adeus Eterno 0 935 11/18/2010 - 16:09 Português
Poesia/Meditação Humanidade sem Humanidade e o Anúncio da Natureza 0 937 11/18/2010 - 16:09 Português
Poesia/Meditação Tempestade do Mal 0 1.082 11/18/2010 - 16:09 Português
Poesia/Comédia O Extraterrestre 0 697 11/18/2010 - 16:09 Português
Poesia/Meditação Deformação 0 1.190 11/18/2010 - 16:10 Português
Poesia/Tristeza Cirurgia 0 979 11/18/2010 - 16:11 Português
Poesia/Comédia A Culpa é da Minha Mãe 0 1.459 11/18/2010 - 16:12 Português
Poesia/Meditação Copa do Mundo No Fim do Mundo 0 809 11/18/2010 - 16:17 Português
Poesia/Meditação A Loucura de Charles Darwin 0 1.493 11/18/2010 - 16:17 Português
Poesia/Amor O Amor Que Eu Perdi e os Amores Que Se Perderam 0 1.142 11/18/2010 - 16:17 Português
Poesia/Comédia Contraindo,Traindo,Indo 0 760 11/18/2010 - 16:17 Português
Poesia/Meditação A Glória de Deus e o Fôlego da Vida 0 1.036 11/18/2010 - 16:17 Português
Poesia/Meditação O Que Me Deprime 0 1.276 11/18/2010 - 16:20 Português
Poesia/Meditação Pressentimento 0 936 11/18/2010 - 16:20 Português
Poesia/Meditação Psicologia de Um Ignorado 0 1.173 11/18/2010 - 16:20 Português
Poesia/Tristeza Antidepressivos 0 1.417 11/18/2010 - 16:21 Português
Poesia/Comédia Na Hora da Novela 0 2.059 11/18/2010 - 16:21 Português
Poesia/Desilusão Suicídio No Hospício 0 1.138 11/18/2010 - 16:22 Português
Poesia/Meditação Cadáveres Podres 0 1.222 11/18/2010 - 16:22 Português
Poesia/Desilusão Amor Fantasma e a Cidade Amaldiçoada 0 1.518 11/18/2010 - 16:22 Português
Poesia/Desilusão O Monstro do Piercing 0 1.136 11/18/2010 - 16:27 Português