CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Enredando as horas

A exagerada cor das buganvílias desordena esta tarde.
O sol cospe estilhaços entre as folhas
que cobrem a aridez das minhas pálpebras.

Desterrada de mim, dos meus rituais,
deste costume ocioso de enredar as horas,
busco ao redor as teias das aranhas
aonde emaranhar esta clausura.

Desterrada de ti, dos teus conjuros,
engendro versos que ardem como urtigas,
rasgo palavras em retalhos ínfimos
somente pelo gosto do remendo
nas erráticas telas dessas sombras
tombadas do meu ventre.

Incruenta e mineral
adorno com equívocos o gesto
de atravessar umbrais com os olhos vendados
esperando encontrar-te em outro abismo.

Submited by

quarta-feira, maio 4, 2011 - 23:09

Ministério da Poesia :

No votes yet

Tania Alegria

imagem de Tania Alegria
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 9 anos 16 semanas
Membro desde: 05/02/2011
Conteúdos:
Pontos: 156

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Tania Alegria

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Ministério da Poesia/Poetrix Está tudo bem 0 1.153 05/05/2011 - 22:03 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Encantador de pássaros 0 1.249 05/05/2011 - 21:54 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Ritos 0 939 05/05/2011 - 21:48 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Sal da terra 0 828 05/05/2011 - 21:32 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Acaso 0 856 05/05/2011 - 21:30 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Fala comigo 0 1.027 05/05/2011 - 21:26 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Cicatriz 0 847 05/05/2011 - 21:23 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Este domingo 0 730 05/05/2011 - 21:18 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Quando estou triste me transformo em árvore 0 1.101 05/05/2011 - 21:15 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Sombras 0 732 05/05/2011 - 21:09 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Monólogo do morto 0 1.000 05/05/2011 - 21:05 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Habito lápides 0 826 05/05/2011 - 20:47 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Eu te direi em versos 0 945 05/05/2011 - 20:43 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Mulher diante do espelho 0 1.140 05/05/2011 - 20:38 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Memorial da espera 0 674 05/05/2011 - 20:34 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Horizontes 0 642 05/04/2011 - 23:29 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Assonâncias 0 1.194 05/04/2011 - 23:27 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Peito a dentro 0 721 05/04/2011 - 23:23 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Entrelaçando luzes 0 610 05/04/2011 - 23:20 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Enredando as horas 0 679 05/04/2011 - 23:09 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Assédio 0 527 05/04/2011 - 23:03 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Margens 0 644 05/04/2011 - 22:59 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Tréguas 0 583 05/04/2011 - 22:55 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Tréguas 0 490 05/04/2011 - 22:55 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Seara amarga 0 683 05/04/2011 - 22:42 Português