CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Mulher diante do espelho

Pupilas de cristal, olhos de assombro,
ela me olha, ela está olhando
os resíduos de todas as batalhas,
os despojos de todos os naufrágios.

Vê os sulcos lavrados no meu rosto,
talhados com adaga e com arado;
quanto de servidão foi necessária
para gravar as marcas do chicote;
que árduos e inclementes os invernos
tornaram meus cabelos prateados.

Desde o cristal do espelho me contempla,
e me pergunta, está me perguntando
onde estará a que um dia foi menina
e às vezes aos meus olhos se assomava.
Terá caído –pensa- nas contendas
em que se confrontou com deus e o diabo.

Desde o cristal me olha, inquieta e triste,
seus olhos nos meus olhos espelhados,
e ao não se descobrir no seu revés
desvia o rosto e apaga a minha imagem.
 

Submited by

quinta-feira, maio 5, 2011 - 20:38

Ministério da Poesia :

No votes yet

Tania Alegria

imagem de Tania Alegria
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 9 anos 21 semanas
Membro desde: 05/02/2011
Conteúdos:
Pontos: 156

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Tania Alegria

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Ministério da Poesia/Poetrix Está tudo bem 0 1.174 05/05/2011 - 22:03 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Encantador de pássaros 0 1.275 05/05/2011 - 21:54 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Ritos 0 954 05/05/2011 - 21:48 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Sal da terra 0 857 05/05/2011 - 21:32 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Acaso 0 885 05/05/2011 - 21:30 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Fala comigo 0 1.047 05/05/2011 - 21:26 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Cicatriz 0 860 05/05/2011 - 21:23 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Este domingo 0 739 05/05/2011 - 21:18 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Quando estou triste me transformo em árvore 0 1.111 05/05/2011 - 21:15 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Sombras 0 743 05/05/2011 - 21:09 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Monólogo do morto 0 1.012 05/05/2011 - 21:05 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Habito lápides 0 835 05/05/2011 - 20:47 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Eu te direi em versos 0 970 05/05/2011 - 20:43 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Mulher diante do espelho 0 1.155 05/05/2011 - 20:38 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Memorial da espera 0 690 05/05/2011 - 20:34 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Horizontes 0 653 05/04/2011 - 23:29 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Assonâncias 0 1.217 05/04/2011 - 23:27 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Peito a dentro 0 733 05/04/2011 - 23:23 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Entrelaçando luzes 0 621 05/04/2011 - 23:20 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Enredando as horas 0 695 05/04/2011 - 23:09 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Assédio 0 536 05/04/2011 - 23:03 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Margens 0 658 05/04/2011 - 22:59 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Tréguas 0 592 05/04/2011 - 22:55 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Tréguas 0 512 05/04/2011 - 22:55 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Seara amarga 0 694 05/04/2011 - 22:42 Português