CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Não é preciso pedir…

Não é preciso pedir perdão
Solenemente , basta um aceno
Mudo da janela, ou do coração,
Deixar o peito roçar o queixo,

Para sentir que somos perdoados,
Como os poetas todos deviam ser,
Mesmo estando errados ou não,
Se for preciso perdoamos a dor

Avessa, como se fosse a nós alheia,
Perdoamos até o próprio pensar,
Quando é negro e ainda perdemos
A mossa do queixo no nosso peito,

Pensando não ser necessário
Agradecer esse simples perdão…

Joel Matos (10/2015)
http://joel-matos.blogspot.com

Submited by

sexta-feira, fevereiro 23, 2018 - 17:04

Ministério da Poesia :

Your rating: None Average: 5 (1 vote)

Joel

imagem de Joel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 3 horas 17 minutos
Membro desde: 12/20/2009
Conteúdos:
Pontos: 33860

Comentários

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

Perdoamos até o próprio pensar,

dos outros

imagem de Joel

perdoados, Como os poetas todos deviam ser, Mesmo estando errad

perdoados,
Como os poetas todos deviam ser,
Mesmo estando errados, eu não

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Joel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Ministério da Poesia/Geral Despido de tudo quanto sou... 241 308 03/30/2019 - 17:03 Português
Ministério da Poesia/Geral O mar que não tem a Lua ... 288 338 03/30/2019 - 17:03 Português
Poesia/Geral Ou eu me não chame de Antônio ... 543 643 03/30/2019 - 17:01 Português
Poesia/Geral Sobre conceitos 436 646 03/30/2019 - 16:59 Português
Ministério da Poesia/Geral Sem casas não haveriam ruas ... 343 627 03/30/2019 - 16:58 Português
Ministério da Poesia/Geral Que será da nossa viúva sombra, 368 609 03/30/2019 - 16:56 Português
Poesia/Geral Sonho d'Midas ... 351 764 03/30/2019 - 16:54 Português
Ministério da Poesia/Geral Gostaria de ter um Cadillac novo, 329 722 03/30/2019 - 16:52 Português
Poesia/Geral Cego debruçado em via-estreita 290 381 03/30/2019 - 13:27 Português
Ministério da Poesia/Geral Botto 261 328 03/30/2019 - 13:21 Português
Ministério da Poesia/Geral Difícil é sair de mim, eu mesmo... 557 595 03/30/2019 - 13:19 Português
Ministério da Poesia/Geral O poema d'hoje não é diferente ... 357 399 03/30/2019 - 13:17 Português
Ministério da Poesia/Geral Todos os nomes que te dou, são meus ... 284 329 03/30/2019 - 13:15 Português
Ministério da Poesia/Geral Pax pristina 176 237 03/30/2019 - 12:17 Português
Ministério da Poesia/Geral Caminho, por não ter fé ... 369 412 03/30/2019 - 12:16 Português
Ministério da Poesia/Geral O azedume no vinagre ou rumo a Centauro-A 209 265 03/30/2019 - 12:14 Português
Poesia/Geral o sabor da terra 296 392 03/30/2019 - 12:12 Português
Poesia/Geral Inté'que poema se chame de Eu ... 243 312 03/30/2019 - 12:11 Português
Ministério da Poesia/Geral Igual a toda'gente... 287 347 03/30/2019 - 12:10 Português
Ministério da Poesia/Geral À excelência ! 160 228 03/30/2019 - 12:08 Português
Ministério da Poesia/Geral Contraditório, só eu sou... 181 221 03/30/2019 - 12:07 Português
Ministério da Poesia/Geral Cuido que não sei, 172 202 03/30/2019 - 12:05 Português
Ministério da Poesia/Geral “Semper aeternum” 211 231 03/30/2019 - 12:04 Português
Ministério da Poesia/Geral Sei porque vejo, 222 281 03/30/2019 - 12:04 Português
Ministério da Poesia/Geral Qual viagem… 29 270 12/03/2018 - 12:26 Português