CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Não é preciso pedir…

Não é preciso pedir perdão
Solenemente , basta um aceno
Mudo da janela, ou do coração,
Deixar o peito roçar o queixo,

Para sentir que somos perdoados,
Como os poetas todos deviam ser,
Mesmo estando errados ou não,
Se for preciso perdoamos a dor

Avessa, como se fosse a nós alheia,
Perdoamos até o próprio pensar,
Quando é negro e ainda perdemos
A mossa do queixo no nosso peito,

Pensando não ser necessário
Agradecer esse simples perdão…

Joel Matos (10/2015)
http://joel-matos.blogspot.com

Submited by

sexta-feira, fevereiro 23, 2018 - 17:04

Ministério da Poesia :

Your rating: None Average: 5 (1 vote)

Joel

imagem de Joel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 3 horas 10 minutos
Membro desde: 12/20/2009
Conteúdos:
Pontos: 33860

Comentários

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

Perdoamos até o próprio pensar,

dos outros

imagem de Joel

perdoados, Como os poetas todos deviam ser, Mesmo estando errad

perdoados,
Como os poetas todos deviam ser,
Mesmo estando errados, eu não

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Joel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Ministério da Poesia/Geral Nada me faz encanto 10 207 04/20/2018 - 16:35 Português
Poesia/Geral Meu coração é lei 10 275 04/20/2018 - 16:33 Português
Ministério da Poesia/Geral AutoGraphya 20 199 04/11/2018 - 10:15 Português
Ministério da Poesia/Geral Protagonizar o que me acentua … 10 159 04/11/2018 - 10:10 Português
Ministério da Poesia/Geral Da suavidade. 10 90 04/11/2018 - 10:08 Português
Ministério da Poesia/Geral Dentro de nós, outros… 10 138 04/11/2018 - 10:05 Português
Ministério da Poesia/Geral Não sei se sei, se não…. 10 183 04/11/2018 - 10:03 Português
Ministério da Poesia/Geral Olhos conta-gotas 10 123 04/10/2018 - 16:23 Português
Poesia/Geral (Meu lar é uma taberna) 10 383 04/10/2018 - 16:22 Português
Ministério da Poesia/Geral Homem duplicado… 10 145 04/08/2018 - 20:37 Português
Ministério da Poesia/Geral Mezzo… 10 389 04/06/2018 - 11:06 Português
Poesia/Geral Despertar é desilusão 10 372 04/06/2018 - 10:57 Português
Poesia/Geral Os idos me são saudosos 10 284 04/06/2018 - 09:37 Português
Poesia/Geral A música pára a vida ... 10 360 04/06/2018 - 09:35 Português
Ministério da Poesia/Geral Felicitas 10 226 04/02/2018 - 12:11 Português
Ministério da Poesia/Geral No fundo. 10 154 03/31/2018 - 12:18 Português
Ministério da Poesia/Geral A missão dos céus 10 179 03/31/2018 - 12:10 Português
Ministério da Poesia/Geral E eu me amarro… 10 536 03/29/2018 - 21:01 Português
Ministério da Poesia/Geral Fujo… 10 233 03/29/2018 - 17:43 Português
Ministério da Poesia/Geral Duvido 10 66 03/29/2018 - 11:38 Português
Ministério da Poesia/Geral Não entendo 10 474 03/28/2018 - 18:11 Português
Ministério da Poesia/Geral Trago Estaminal 10 315 03/28/2018 - 18:09 Português
Poesia/Meditação Tenho dias 10 943 03/28/2018 - 18:08 Português
Ministério da Poesia/Geral Acto supremo 10 176 03/28/2018 - 18:06 Português
Ministério da Poesia/Geral Servo Sol… 10 76 03/28/2018 - 17:18 Português