CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Protagonizar o que me acentua …

Passo do exacto à exaltação,
Por amor ao estar aqui,
Que me faz ligado a mim,
Como a um rio quando corro,

Ímpar é o meu sonho atento,
Sem igual em nenhum outro,
Quanto mais o seguro,
Mais ele confirma vir,

Do ser verdadeira, a poção
De sonho que bebo
Eu ao deitar, pra me
Sentir desperto e futuro, de

Manhã quando acordo
E penso que não serei

Eu, se não sairá do
Mar chão, o meu pensar
Veleiro, a passar
Passageiro do sonho,

Ímpar e inocente,
-Como novo- ainda
Que estranho este
Sonhar, Ímpar o sorrir,

Quando me apaixono,
Pelo arrufado do prado.
Impares os sapatos
Que descalço, a camisola

Usada, a faina,
Mesmo que “dê em nada”,
Impar a irracionalidade
Da consciência,

Assim as relações
Entre humanos, Impares
Quando acreditamos,
Impar o meu sonho,

De um veleiro no chão mar
Do meu passar passageiro,
Tão breve quanto extenso,
O meu amar veleiro,

Mesmo que não navegue,
Na verdade passa do amor,
O outro estado do curvado
Tempo, pra que ninguém

O veja, no meu passar solteiro,
Uma doença que me
Vence, por vontade minha,
-protagonizar o que me acentua-

Jorge Santos (02/2015/

http://namastibetpoems.blogspot.com

Submited by

sábado, março 3, 2018 - 10:27

Ministério da Poesia :

Your rating: None Average: 5 (1 vote)

Joel

imagem de Joel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 2 dias 7 horas
Membro desde: 12/20/2009
Conteúdos:
Pontos: 39366

Comentários

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

Quando me apaixono, Pelo

Quando me apaixono,
Pelo arrufado do prado.
Impares os sapatos
Que descalço, a camisola

Usada, a faina,

imagem de Joel

Quando me apaixono, Pelo

Quando me apaixono,
Pelo arrufado do prado.
Impares os sapatos
Que descalço, a camisola

Usada, a faina,

imagem de Joel

Quando me apaixono, Pelo

Quando me apaixono,
Pelo arrufado do prado.
Impares os sapatos
Que descalço, a camisola

Usada, a faina,

imagem de Joel

, a poção De sonho que

, a poção
De sonho que bebo
Eu ao deitar, pra me
Sentir desperto e futuro, de

Manhã quando acordo

imagem de Joel

Impar o meu sonho, De um

Impar o meu sonho,

De um veleiro no chão mar
Do meu passar passageiro,
Tão breve quanto extenso,

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Joel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Ministério da Poesia/Aforismo andorinhão 0 1.589 11/19/2010 - 19:13 Português
Ministério da Poesia/Aforismo sentir mais 0 977 11/19/2010 - 19:13 Português
Ministério da Poesia/Aforismo palabras 0 1.442 11/19/2010 - 19:13 Português
Ministério da Poesia/Aforismo A matilha 0 2.177 11/19/2010 - 19:13 Português
Ministério da Poesia/Aforismo ao fim e ao cabo 0 1.037 11/19/2010 - 19:13 Português
Ministério da Poesia/Aforismo o bosque encoberto 0 713 11/19/2010 - 19:13 Português
Ministério da Poesia/Aforismo nem teu rubor quero 0 1.010 11/19/2010 - 19:13 Português
Ministério da Poesia/Aforismo em nome d'Ele 0 1.175 11/19/2010 - 19:13 Português
Ministério da Poesia/Aforismo Troia 0 1.513 11/19/2010 - 19:13 Português
Ministério da Poesia/Aforismo desabafo 0 1.557 11/19/2010 - 19:13 Português
Ministério da Poesia/Aforismo Inquilino 0 890 11/19/2010 - 19:13 Português
Ministério da Poesia/Aforismo Pietra 0 1.413 11/19/2010 - 19:13 Português
Ministério da Poesia/Aforismo não cesso 0 739 11/19/2010 - 19:13 Português
Ministério da Poesia/Dedicado professas 0 1.259 11/19/2010 - 19:13 Português
Ministério da Poesia/Aforismo amor sen'destino 0 1.441 11/19/2010 - 19:13 Português
Ministério da Poesia/Aforismo Balada para um turco 0 1.079 11/19/2010 - 19:16 Português
Ministério da Poesia/Dedicado Francisca 0 1.956 11/19/2010 - 19:16 Português
Ministério da Poesia/Aforismo tudo e nada 0 917 11/19/2010 - 19:16 Português
Ministério da Poesia/Dedicado Priscilla 0 1.115 11/19/2010 - 19:16 Português
Ministério da Poesia/Aforismo Asa calada 0 1.423 11/19/2010 - 19:16 Português
Ministério da Poesia/Aforismo flores d'cardeais 0 1.248 11/19/2010 - 19:16 Português
Ministério da Poesia/Dedicado Magdalena 0 1.341 11/19/2010 - 19:16 Português
Ministério da Poesia/Aforismo peito Abeto 0 1.133 11/19/2010 - 19:16 Português
Ministério da Poesia/Aforismo rapaz da tesoura 0 1.235 11/19/2010 - 19:16 Português
Ministério da Poesia/Aforismo Koras 0 1.348 11/19/2010 - 19:16 Português