CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Sou um homem complicado…

 

Sou um homem complicado, pondo
De lado a saudade do que queria,
Escondo o que penso da abdicação
E o que quero é um santo remédio,
Que dê combate ao absurdo que sou

E queria para deixar de existir o que
Quero por encanto e enquanto falar
A saudade tão alto que não haja
Maneira de ouvir não pensar, se quero

O impossível que continuo a querer
Por teimosia e nao por bom senso
Ou a incapacidade de ter saudade de tudo,
Pois sinto saudade do sorriso, pondo

De lado a razão, com que não lido,luto…
Sou um homem complicado, ponto,
Como se não fosse a consciência alheia
Oscilante e variável por direito cível

E alienável a condição de fazedora
De espelhos e fantasma de laboratório
Queria para deixar de existir, o processo
De ser Deus trazido pra escrita,

Quem sabe a minha vinda depois de viver,
Explicando tão concreta porém abstracta, tinta…

Jorge Santos (03/09/2015)
http://namastibetpoems.blogspot.com

Submited by

sexta-feira, fevereiro 23, 2018 - 12:09

Ministério da Poesia :

Your rating: None Average: 5 (1 vote)

Joel

imagem de Joel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 6 horas 35 minutos
Membro desde: 12/20/2009
Conteúdos:
Pontos: 40615

Comentários

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

Sou um homem complicado,

Sou um homem complicado, ponto,
Como se não fosse a consciência alheia
Oscilante e variável por direito cível

E alienável a condição de fazedora
De espelhos e fantasma de laboratório
Queria para deixar de existir, o processo
De ser Deus trazido pra escrita,

imagem de Joel

Sou um homem complicado,

Sou um homem complicado, ponto,
Como se não fosse a consciência alheia
Oscilante e variável por direito cível

E alienável a condição de fazedora
De espelhos e fantasma de laboratório
Queria para deixar de existir, o processo
De ser Deus trazido pra escrita,

imagem de Joel

Sou um homem complicado,

Sou um homem complicado, ponto,
Como se não fosse a consciência alheia
Oscilante e variável por direito cível

E alienável a condição de fazedora
De espelhos e fantasma de laboratório
Queria para deixar de existir, o processo
De ser Deus trazido pra escrita,

imagem de Joel

Sou um homem complicado,

Sou um homem complicado, ponto,
Como se não fosse a consciência alheia
Oscilante e variável por direito cível

E alienável a condição de fazedora
De espelhos e fantasma de laboratório
Queria para deixar de existir, o processo
De ser Deus trazido pra escrita,

imagem de Joel

Sou um homem complicado,

Sou um homem complicado, ponto,
Como se não fosse a consciência alheia
Oscilante e variável por direito cível

E alienável a condição de fazedora
De espelhos e fantasma de laboratório
Queria para deixar de existir, o processo
De ser Deus trazido pra escrita,

imagem de Joel

Sou um homem complicado,

Sou um homem complicado, ponto,
Como se não fosse a consciência alheia
Oscilante e variável por direito cível

E alienável a condição de fazedora
De espelhos e fantasma de laboratório
Queria para deixar de existir, o processo
De ser Deus trazido pra escrita,

imagem de Joel

Sou um homem complicado,

Sou um homem complicado, ponto,
Como se não fosse a consciência alheia
Oscilante e variável por direito cível

E alienável a condição de fazedora
De espelhos e fantasma de laboratório
Queria para deixar de existir, o processo
De ser Deus trazido pra escrita,

imagem de Joel

Sou um homem complicado,

Sou um homem complicado, ponto,
Como se não fosse a consciência alheia
Oscilante e variável por direito cível

E alienável a condição de fazedora
De espelhos e fantasma de laboratório
Queria para deixar de existir, o processo
De ser Deus trazido pra escrita,

imagem de Joel

Sou um homem complicado,

Sou um homem complicado, ponto,
Como se não fosse a consciência alheia
Oscilante e variável por direito cível

E alienável a condição de fazedora
De espelhos e fantasma de laboratório
Queria para deixar de existir, o processo
De ser Deus trazido pra escrita,

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Joel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Ministério da Poesia/Aforismo andorinhão 0 1.761 11/19/2010 - 18:13 Português
Ministério da Poesia/Aforismo sentir mais 0 1.066 11/19/2010 - 18:13 Português
Ministério da Poesia/Aforismo palabras 0 1.562 11/19/2010 - 18:13 Português
Ministério da Poesia/Aforismo A matilha 0 2.486 11/19/2010 - 18:13 Português
Ministério da Poesia/Aforismo ao fim e ao cabo 0 1.151 11/19/2010 - 18:13 Português
Ministério da Poesia/Aforismo o bosque encoberto 0 983 11/19/2010 - 18:13 Português
Ministério da Poesia/Aforismo nem teu rubor quero 0 1.154 11/19/2010 - 18:13 Português
Ministério da Poesia/Aforismo em nome d'Ele 0 1.318 11/19/2010 - 18:13 Português
Ministério da Poesia/Aforismo Troia 0 1.627 11/19/2010 - 18:13 Português
Ministério da Poesia/Aforismo desabafo 0 1.636 11/19/2010 - 18:13 Português
Ministério da Poesia/Aforismo Inquilino 0 976 11/19/2010 - 18:13 Português
Ministério da Poesia/Aforismo Pietra 0 1.525 11/19/2010 - 18:13 Português
Ministério da Poesia/Aforismo não cesso 0 1.013 11/19/2010 - 18:13 Português
Ministério da Poesia/Dedicado professas 0 1.359 11/19/2010 - 18:13 Português
Ministério da Poesia/Aforismo amor sen'destino 0 1.540 11/19/2010 - 18:13 Português
Ministério da Poesia/Aforismo Balada para um turco 0 1.217 11/19/2010 - 18:16 Português
Ministério da Poesia/Dedicado Francisca 0 2.062 11/19/2010 - 18:16 Português
Ministério da Poesia/Aforismo tudo e nada 0 1.092 11/19/2010 - 18:16 Português
Ministério da Poesia/Dedicado Priscilla 0 1.248 11/19/2010 - 18:16 Português
Ministério da Poesia/Aforismo Asa calada 0 1.700 11/19/2010 - 18:16 Português
Ministério da Poesia/Aforismo flores d'cardeais 0 1.368 11/19/2010 - 18:16 Português
Ministério da Poesia/Dedicado Magdalena 0 1.455 11/19/2010 - 18:16 Português
Ministério da Poesia/Aforismo peito Abeto 0 1.250 11/19/2010 - 18:16 Português
Ministério da Poesia/Aforismo rapaz da tesoura 0 1.368 11/19/2010 - 18:16 Português
Ministério da Poesia/Aforismo Koras 0 1.682 11/19/2010 - 18:16 Português