CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Sou um homem complicado…

 

Sou um homem complicado, pondo
De lado a saudade do que queria,
Escondo o que penso da abdicação
E o que quero é um santo remédio,
Que dê combate ao absurdo que sou

E queria para deixar de existir o que
Quero por encanto e enquanto falar
A saudade tão alto que não haja
Maneira de ouvir não pensar, se quero

O impossível que continuo a querer
Por teimosia e nao por bom senso
Ou a incapacidade de ter saudade de tudo,
Pois sinto saudade do sorriso, pondo

De lado a razão, com que não lido,luto…
Sou um homem complicado, ponto,
Como se não fosse a consciência alheia
Oscilante e variável por direito cível

E alienável a condição de fazedora
De espelhos e fantasma de laboratório
Queria para deixar de existir, o processo
De ser Deus trazido pra escrita,

Quem sabe a minha vinda depois de viver,
Explicando tão concreta porém abstracta, tinta…

Jorge Santos (03/09/2015)
http://namastibetpoems.blogspot.com

Submited by

sexta-feira, fevereiro 23, 2018 - 12:09

Ministério da Poesia :

Your rating: None Average: 5 (1 vote)

Joel

imagem de Joel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 6 horas 44 minutos
Membro desde: 12/20/2009
Conteúdos:
Pontos: 40615

Comentários

imagem de Joel

Sou um homem complicado,

Sou um homem complicado, ponto,
Como se não fosse a consciência alheia
Oscilante e variável por direito cível

E alienável a condição de fazedora
De espelhos e fantasma de laboratório
Queria para deixar de existir, o processo
De ser Deus trazido pra escrita,

imagem de Joel

Sou um homem complicado,

Sou um homem complicado, ponto,
Como se não fosse a consciência alheia
Oscilante e variável por direito cível

E alienável a condição de fazedora
De espelhos e fantasma de laboratório
Queria para deixar de existir, o processo
De ser Deus trazido pra escrita,

imagem de Joel

Sou um homem complicado,

Sou um homem complicado, ponto,
Como se não fosse a consciência alheia
Oscilante e variável por direito cível

E alienável a condição de fazedora
De espelhos e fantasma de laboratório
Queria para deixar de existir, o processo
De ser Deus trazido pra escrita,

imagem de Joel

Sou um homem complicado,

Sou um homem complicado, ponto,
Como se não fosse a consciência alheia
Oscilante e variável por direito cível

E alienável a condição de fazedora
De espelhos e fantasma de laboratório
Queria para deixar de existir, o processo
De ser Deus trazido pra escrita,

imagem de Joel

Sou um homem complicado,

Sou um homem complicado, ponto,
Como se não fosse a consciência alheia
Oscilante e variável por direito cível

E alienável a condição de fazedora
De espelhos e fantasma de laboratório
Queria para deixar de existir, o processo
De ser Deus trazido pra escrita,

imagem de Joel

Sou um homem complicado,

Sou um homem complicado, ponto,
Como se não fosse a consciência alheia
Oscilante e variável por direito cível

E alienável a condição de fazedora
De espelhos e fantasma de laboratório
Queria para deixar de existir, o processo
De ser Deus trazido pra escrita,

imagem de Joel

Sou um homem complicado,

Sou um homem complicado, ponto,
Como se não fosse a consciência alheia
Oscilante e variável por direito cível

E alienável a condição de fazedora
De espelhos e fantasma de laboratório
Queria para deixar de existir, o processo
De ser Deus trazido pra escrita,

imagem de Joel

Sou um homem complicado,

Sou um homem complicado, ponto,
Como se não fosse a consciência alheia
Oscilante e variável por direito cível

E alienável a condição de fazedora
De espelhos e fantasma de laboratório
Queria para deixar de existir, o processo
De ser Deus trazido pra escrita,

imagem de Joel

Sou um homem complicado,

Sou um homem complicado, ponto,
Como se não fosse a consciência alheia
Oscilante e variável por direito cível

E alienável a condição de fazedora
De espelhos e fantasma de laboratório
Queria para deixar de existir, o processo
De ser Deus trazido pra escrita,

imagem de Joel

Sou um homem complicado,

Sou um homem complicado, ponto,
Como se não fosse a consciência alheia
Oscilante e variável por direito cível

E alienável a condição de fazedora
De espelhos e fantasma de laboratório
Queria para deixar de existir, o processo
De ser Deus trazido pra escrita,

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Joel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral “Entre duas aspas” 13 2.926 10/16/2018 - 07:53 Português
Poesia/Geral Como paisagem ao morrer o dia, o voar do ganso… 13 374 10/16/2018 - 07:52 Português
Poesia/Geral A verdade é Tenente ...Tio Lawrence. 13 3.876 10/16/2018 - 07:51 Português
Ministério da Poesia/Geral Tenho sonhado desperto … 12 376 10/16/2018 - 07:51 Português
Ministério da Poesia/Geral Subtil …. 13 1.217 10/16/2018 - 07:49 Português
Ministério da Poesia/Geral Pena ser levado a sério e ainda... 13 534 10/13/2018 - 18:12 Português
Ministério da Poesia/Aforismo Bonfim 10 1.582 08/08/2018 - 15:37 Português
Ministério da Poesia/Aforismo Mero 10 1.450 08/08/2018 - 15:35 Português
Ministério da Poesia/Aforismo furioso Inverno 10 1.841 08/08/2018 - 15:34 Português
Ministério da Poesia/Gótico d'azur 10 1.914 08/08/2018 - 15:33 Português
Ministério da Poesia/Aforismo sete luas 10 1.390 08/08/2018 - 15:31 Português
Ministério da Poesia/Intervenção Barc'azul 10 1.407 08/08/2018 - 15:30 Português
Ministério da Poesia/Geral Puder-eu-o-ter 10 363 08/07/2018 - 15:44 Português
Poesia/Geral Toda leveza é possível enquanto dura o voo ... 10 217 08/07/2018 - 15:37 Português
Poesia/Geral Um buraco enorme em mim. 10 386 06/25/2018 - 15:01 Português
Ministério da Poesia/Geral Li berdade ... 10 384 06/25/2018 - 14:56 Português
Ministério da Poesia/Geral Conduz-me a razão. 10 494 06/25/2018 - 14:54 Português
Ministério da Poesia/Geral Escolho ... 10 878 06/25/2018 - 14:52 Português
Ministério da Poesia/Acrósticos mariposa 10 2.764 05/25/2018 - 09:08 Português
Poesia/Geral Sem glúten. 10 2.556 05/25/2018 - 09:06 Português
Prosas/Romance State of a Dream (From Oracles to Shamans ) 20 1.268 05/25/2018 - 08:57 Português
Ministério da Poesia/Geral Fabuloso, fictício ou fábula ... 10 294 05/25/2018 - 08:53 Português
Ministério da Poesia/Geral S'isto que tenho dito, fosse verdade ao menos ... 10 359 05/25/2018 - 08:51 Português
Ministério da Poesia/Geral Coroai-me de espinhos frios ... 10 331 05/25/2018 - 08:50 Português
Ministério da Poesia/Geral Matéria é escuro e o ouro... 10 512 05/25/2018 - 08:46 Português