CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

além da carne e dos sentidos.

***


o frio carnal
flash avermelhado
frisa no solo
a pele sem pelo
de cada polo
do corpo indolor
sem cor--pisado

a mulher vegeta
deleta a razão
ao redor rodeia
cega à paixão:
cristal quebrado
onn  de solidão

discreta e secreta
invisível
tais raios alfa e beta
nada mais lhe afeta
a vera ilusão
de ora em diante
só o grã-pórtico
oceano de vazão

a alma dele vagueia
geme a flux
chama-a--pranteia
pro mito infinito
num grito mudo
à derradeira luz

estrela transparente
paira rente a teia
tal táxi levitante
à espera dum clic
pra unir dois corpos
noutra dimensão

***

 

Submited by

quinta-feira, dezembro 19, 2019 - 16:34

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

REHGGE

imagem de REHGGE
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 6 semanas 18 horas
Membro desde: 06/08/2012
Conteúdos:
Pontos: 225

Comentários

imagem de REHGGE

olá!

Grato pelas palavras de incentivo,
Abraço do Rehgge.

imagem de J. Thamiel

coment

Fico aguardando outras
boas poesias.
Belas poesias faltam aqui.

J. Thamiel

imagem de J. Thamiel

coment

De vez em quando eu conheço aqui
poetas de verdade.
Para mim, o poeta verdadeiro é aquele
que consegue expor seu sentimento
com criatividade e ao mesmo tempo
não ferir a literatura.

Parabéns
J.Thamiel

imagem de REHGGE

olá a todos. de vez em quando

olá a todos. de vez em quando postarei alguns poemas inéditos aqui.
desde já deixo um abraço fraternal aos companheiros de estrada e afins.
REHGGE>

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of REHGGE

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Tristeza vendavais. 0 288 12/30/2019 - 20:22 Português
Poesia/Pensamentos que poema tirar da cartola. 0 398 12/27/2019 - 01:32 Português
Poesia/Arquivo de textos sr. Jones. 0 390 12/27/2019 - 01:21 Português
Prosas/Outros sr. Jones. 0 227 12/27/2019 - 01:19 Português
Poesia/Amor além da carne e dos sentidos. 4 1.120 12/22/2019 - 15:30 Português
Ministério da Poesia/Dedicado homenagem a Júlio Saraiva, maluco, poeta e jornalista 2 3.467 12/13/2019 - 15:56 Português
Poesia/Geral um toque de sensibilidade. 1 1.029 02/28/2018 - 19:20 Português
Ministério da Poesia/Fantasia QUEM SABE SE EU TIVESSE O DOM 0 3.073 05/01/2013 - 00:17 inglês
Poesia/Erótico (in)CONCLUSO. 0 2.559 03/31/2013 - 21:11 inglês
Poesia/Erótico (in)CONCLUSO. 0 2.281 03/31/2013 - 21:11 inglês
Poesia/Intervenção bananas, ó 0 3.323 02/12/2013 - 22:08 Português
Poesia/Geral do tempo decrescente. 0 3.096 02/12/2013 - 16:59 Português
Poesia/Erótico (in)concluso. 0 2.859 02/11/2013 - 22:38 Português
Poesia/Dedicado nem só de poemas vive o poeta, mas de todo sonho possível. 0 3.011 12/15/2012 - 22:16 Português
Poesia/Amor AREALVA 0 3.292 12/01/2012 - 23:54 Português
Ministério da Poesia/Geral mãos. 0 3.057 11/24/2012 - 16:30 Português
Poesia/Geral águas passadiças. 0 3.225 11/24/2012 - 16:18 Português
Poesia/Soneto 2 sonetos ordinários numa noite não menos ordinária no Bairro do Bixiga, SP. 0 3.323 08/11/2012 - 23:34 Português
Poesia/Intervenção da corrupção. 1 3.437 08/01/2012 - 21:31 inglês
Ministério da Poesia/Soneto à face do dia. 0 3.079 07/29/2012 - 22:07 Português
Poesia/Geral O CANTO DO UIRAPURU 0 3.230 07/27/2012 - 22:27 Português
Ministério da Poesia/Desilusão FLOR DE CACTO // flor de cactus 0 3.352 07/15/2012 - 23:42 Português
Poesia/Dedicado CANÇÃO AO MEU QUERIDO BRASIL 1 2.723 07/09/2012 - 07:02 Português
Poesia/Geral Que saudade de tudo que reside em mim 0 3.000 07/06/2012 - 22:46 Português
Poesia/Soneto POR QUE A VIDA É ASSIM 0 3.123 06/29/2012 - 22:57 Português