CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

A alma do poema

Me despi da métrica
Nos meus versos mais profundos!
Do que me vale a rima
Sem a alma do poema?

Prefiro dar alma ao poema
Do que dar rima ou métrica
Prefiro me despir das regras literárias !

Sou como esses poetas desrregrados
Que surgem por aí sem menor fama
Não vou me sentar na academia de letras!
Mas ainda assim, prefiro a alma do poema

O papel me entende
A caneta é minha amiga de fé
Eles não cobram explicações
Eles transbordam de sentimentos
Guardam pra si e dividem com o mundo

Eu me despi do certo
Porque viver é incerto
A juventude passa
Mas os sentimentos não...

Quem eu vou ser amanhã ou depois?
Eu me pergunto mais não tenho resposta
Só sei que passa o tempo...
Mas os sentimentos não!

Eu posso escrever sem rima
Eu posso não dar a mínima pra métrica
Mas nunca vou escrever
Sem dar alma ao poema.

Submited by

segunda-feira, maio 27, 2019 - 23:08

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

Danielagomes

imagem de Danielagomes
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 12 semanas 19 horas
Membro desde: 04/13/2009
Conteúdos:
Pontos: 836

Comentários

imagem de Joel

sem dar a alma pelo corpo não

sem dar a alma pelo corpo não há poesia

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Danielagomes

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Prosas/Ficção Cientifica "céu sem estrelas" 1 901 04/19/2009 - 15:34 Português
Poesia/Geral "Os mundos" 0 602 04/16/2009 - 18:58 Português