CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Ana Lyra

Sangra-te nas mãos
Um sonho decapitado
Um amor alvoraçado
Que atravessa a tua alma
Despindo-te obliquamente
Para te amar depois…

Insistentemente!

E te abandonar de novo
Na seda dos lençóis.

Nasceste Poeta
Para amar e decifrar
O silêncio sepulcral
Dos longínquos desertos
Que cercam a tua vida.

É das tuas roupas rasgadas
Que se exala o perfume suave
De quem rasga o corpo e a pele
Sempre que o amor descreve
Sempre que o amor, pressente
como quem morde e sangra
Um beijo para sempre, adiado!
VÓNY FERREIRA

Submited by

sábado, julho 3, 2010 - 12:11

Poesia :

No votes yet

admin

imagem de admin
Offline
Título: Administrador
Última vez online: há 8 semanas 6 dias
Membro desde: 09/06/2010
Conteúdos:
Pontos: 44

Comentários

imagem de analyra

Re: Ana Lyra

Há sempre um ponto final para dor
há sempre uma aponte, afinal, ao amor.
A vida passa inexorável
amar, viver, morrer e ressuscitar, é saudável...

Sempre arrancarei minha pele,
amar fere,
sempre pedirei que em mim impere
a entrega

Sou uma alma que não se nega à loucura
buscar o amor, é uma doença sem cura

E assim persevero,
sou uma uma mulher de fibra,
sei muito bem o que quero...

Querida amiga, lindo, lindíssimo poema, que mais dizer, além que me és uma das mais queridas escritoras e amigas que já passaram nessa estrada da vida.

Quero dizer-te que não tenho palavras para agradecer o apoio, a amizade, a dedicação, o verdadeiro amor fraterno que tens dedicado-me.

Cara amiga, mais uma vez muito me honras em dar-me a oportunidade de passear pelos teus versos.

Amo-te cara amiga.

MUITO OBRIGADO,
Nem preciso dizer...

Favoritasso!!!!!

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of admin

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Ministério da Poesia/Geral Materializar 0 1.739 11/19/2010 - 19:25 Português
Ministério da Poesia/Geral Ataraxia 0 2.410 11/19/2010 - 19:25 Português
Ministério da Poesia/Geral Torradas do Pão que o Diabo Amassa 0 824 11/19/2010 - 19:20 Português
Ministério da Poesia/Tristeza Vida De Pobre e Dura 0 1.671 11/19/2010 - 19:19 Português
Ministério da Poesia/Amor MEU AMOR!... 0 1.533 11/19/2010 - 19:16 Português
Ministério da Poesia/Geral RODA,RODA,RODA 0 1.755 11/19/2010 - 19:16 Português
Ministério da Poesia/Amor AR QUE RESPIRO... 0 3.004 11/19/2010 - 19:16 Português
Ministério da Poesia/Amor ATÉ O OITAVO CÉU!!! 0 1.549 11/19/2010 - 19:16 Português
Ministério da Poesia/Amizade ADEUS AMIGO! 0 1.665 11/19/2010 - 19:16 Português
Ministério da Poesia/Soneto NAMORO PELA INTERNET... 0 953 11/19/2010 - 19:16 Português
Ministério da Poesia/Canção NÃO EXISTE ALEGRIA SEM BEBER! 0 1.660 11/19/2010 - 19:16 Português
Ministério da Poesia/Canção TU ÉS UM PEDAÇO DE MINHA VIDA! 0 1.156 11/19/2010 - 19:16 Português
Ministério da Poesia/Amor VISÃO MARAVILHOSA !!! 0 1.269 11/19/2010 - 19:16 Português
Ministério da Poesia/Comédia UM CORNO INTELIGENTE! 0 1.609 11/19/2010 - 19:16 Português
Ministério da Poesia/Soneto SONHO MALUCO 0 1.301 11/19/2010 - 19:16 Português
Ministério da Poesia/Soneto SONHO MALUCO 0 1.627 11/19/2010 - 19:16 Português
Ministério da Poesia/Amizade AMIGO CERTO DAS HORAS INCERTAS!!! 0 1.731 11/19/2010 - 19:16 Português
Ministério da Poesia/Soneto PRA CHEGAR AOS PÉS DE JESUS CRISTO!!! 0 1.231 11/19/2010 - 19:16 Português
Ministério da Poesia/Soneto GRANDE AMANTE.... 0 1.790 11/19/2010 - 19:16 Português
Ministério da Poesia/Geral AMIGOS! QUE NESTE ANO NOVO... 0 1.527 11/19/2010 - 19:16 Português
Ministério da Poesia/Comédia (DUELO) O BEM E O MAL 0 1.274 11/19/2010 - 19:16 Português
Ministério da Poesia/Amor GAROTA DA PRAIA DO GUARUJÁ 0 1.479 11/19/2010 - 19:16 Português
Ministério da Poesia/Comédia PRUQUÊ EU SÔ... HOME CUM H... 0 1.508 11/19/2010 - 19:16 Português
Ministério da Poesia/Comédia AH, MEU DEUS! ÊSSE AÍ NÃO SOU EU! 0 1.322 11/19/2010 - 19:16 Português
Ministério da Poesia/Soneto LOUCO DE DESEJO! 0 1.058 11/19/2010 - 19:16 Português