CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

"Aquele Tempo"

Não vejo mais o dia nascer tão lindo quanto outrora.
Não temos mais as nuvens brancas e azuladas.
Nosso céu não tem mais a dulçura de anos atras.
Não pensamos tão nítido,nem mesmo tão rápido.
Pois na verdade nada mais é que evolução.

Ela que vem,nos ergue e ao mesmo tempo nos derruba.
Ela que junto a tecnologia tira-nos um pouco de liberdade.
Ela que também nos traz belas realidades.

Sem elas nada somos.
Com elas nos reinventamos.
Como se tão fácil,se tornasse mais difícil.
Como se tão rápido,nos levasse a lentidão.
Como se tão normal,fosse real.

Nos abafamos em tudo que nos incômoda.
Escondemos em tudo que nos protegem.
Esquecemos sempre de nós mesmo.

Acabamos afogando tudo em preocupações.
Tempos em missões.
E nada em reações.
Pois o que podemos ser foge da realidade.
Tudo que podemos ter se aloja nas dificuldades.

Mais nada seria melhor.
Nada pode abater.
Nem pode fazer esquecer.
Do que sempre nos empurra a seguir em frente.
Nossa bela e longa historia de amor.

Autor:Verton Brandino Da Silva
(07/05/2012)
Colatina ES

Submited by

segunda-feira, maio 7, 2012 - 22:44

Poesia :

No votes yet

Verton Brandino da Silva

imagem de Verton Brandino da Silva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 dia 2 horas
Membro desde: 04/13/2011
Conteúdos:
Pontos: 766

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Verton Brandino da Silva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Meditação "Sim!" 0 1.100 11/27/2018 - 21:49 Português
Poesia/Pensamentos "Verbo reeditado!" 0 657 11/25/2018 - 15:26 Português
Poesia/Pensamentos "Ilusões Particulares!" 0 553 11/25/2018 - 15:22 Português
Poesia/Pensamentos "Está lá !" 0 739 08/24/2018 - 00:11 Português
Poesia/Tristeza "Para que ter pressa?" 0 608 05/08/2018 - 04:58 Português
Poesia/Dedicado "Eu vi!" 0 815 05/06/2018 - 13:00 Português
Poesia/Geral "De que serve?" 0 472 05/06/2018 - 12:57 Português
Poesia/Comédia "Apenas uma comedia!" 0 708 04/23/2018 - 01:01 Português
Poesia/Gótico "Não chorem!" 0 730 04/22/2018 - 18:43 Português
Poesia/Meditação "Quando ele morrer!" 0 594 04/19/2018 - 21:10 Português
Poesia/Meditação "Observando!" 0 672 04/19/2018 - 21:08 Português
Poesia/Geral "Versos inversos!" 0 619 10/13/2017 - 15:26 Português
Poesia/Meditação “Ficção x Realidade” 0 667 10/13/2017 - 14:57 Português
Poesia/Pensamentos "Suburbano de cor!" 0 726 10/13/2017 - 14:44 Português
Poesia/Geral "Não olhe" 0 615 10/07/2017 - 22:34 Português
Poesia/Pensamentos "Pura Infância" 0 599 10/07/2017 - 22:03 Português
Poesia/Meditação "Confissão!" 0 818 10/07/2017 - 20:41 Português
Poesia/Pensamentos "Dizem por aí!" 0 1.801 12/14/2016 - 23:29 Português
Poesia/Geral "Sórdida Solidão!" 0 1.135 12/14/2016 - 23:27 Português
Poesia/Meditação "Inocente!" 0 614 12/14/2016 - 23:23 Português
Poesia/Geral "COMUNICADO" 0 542 11/25/2016 - 15:07 Português
Poesia/Geral "Minha cor" 0 670 11/20/2016 - 17:24 Português
Poesia/Meditação "Gotas" 0 656 11/14/2016 - 17:17 Português
Poesia/Fantasia "Cerva" 0 676 11/14/2016 - 01:33 Português
Poesia/Meditação "Falta" 0 546 11/14/2016 - 01:29 Português