CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

DEPONHAM AS ARMAS!

Deixem-me gritar esta revolta
que sinto em mim, por tanto mal à solta!
Deixem-me com outros, em uníssono,
perguntar a Deus, a Esse Altíssimo,
que dizem reger tudo, lá do alto:
- Quando terminará o sobressalto
provocado por fortes sons, estridentes,
de tantas armas que matam inocentes?
Por que pagarão eles, pelos adultos
seguidores de vis princípios bem ocultos? 

Deponham armas! Que cesse a guerra,
destruidora de tudo o que há na Terra!
Não deixem que paguem as crianças
pelos crimes cometidos, por alianças
feitas entre adultos muito maus,
que espalham ódio e geram tanto caos.
Enquanto há gente orando na igreja,
há outra gente que só, por mal, pragueja!

Deixem-me despertar adormecidos
que, cegos, imbecis e embrutecidos
pelas luzes estonteantes da ribalta
- e misturados com tanta gente falsa...-
recusam ver – os que filhos possam ter -
que estão na estrada errada, podem crer!

Maria Letra
Adaptação para Português,
do meu poema “Stop the Wars”
2016-02-06

Submited by

sábado, novembro 24, 2012 - 22:15

Poesia :

No votes yet

Maria Letra

imagem de Maria Letra
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 8 semanas 23 horas
Membro desde: 11/20/2012
Conteúdos:
Pontos: 2218

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Maria Letra

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Soneto DEIXA-ME VIVER, Ó VIDA! 0 2.075 11/30/2018 - 14:54 Português
Poesia/Soneto A CAMINHO DA META 2 918 11/28/2018 - 20:21 Português
Poesia/Soneto DEPOIS DA TUA PARTIDA 3 775 11/25/2018 - 19:19 Português
Poesia/Soneto VIVES EM MIM 2 1.331 11/19/2018 - 20:55 Português
Poesia/Geral FUSÃO DE SENTIMENTOS 2 701 11/19/2018 - 20:52 Português
Poesia/Soneto NEM DESISTO... NEM CAIO! 1 753 11/17/2018 - 18:25 Português
Poesia/Intervenção NÃO PRESTAS! 0 1.497 11/03/2018 - 03:21 Português
Poesia/Poetrix TARDE DEMAIS! 0 856 10/27/2018 - 20:30 Português
Poesia/Poetrix SEM MORADA CERTA 0 1.042 10/27/2018 - 20:28 Português
Poesia/Geral MULHER PORTUGUESA 0 1.182 10/20/2018 - 20:20 Português
Poesia/Geral PARA ALÉM DO PRESENTE 0 575 10/20/2018 - 19:59 Português
Poesia/Intervenção RESISTÊNCIA 0 871 10/20/2018 - 19:57 Português
Poesia/Arquivo de textos RECOMEÇAR 4 845 10/18/2018 - 20:11 Português
Poesia/Pensamentos FORTES E FRACOS 0 2.045 10/18/2018 - 16:34 inglês
Poesia/Intervenção JUSTIÇA-AMOR-RESPEITO 0 1.807 10/18/2018 - 16:31 inglês
Poesia/Intervenção FOME OU MISÉRIA 2 3.294 03/07/2018 - 10:25 Português
Poesia/Soneto SEARCHING FOR ME 8 2.782 03/07/2018 - 10:22 inglês
Poesia/Geral SER POETA 4 1.697 02/26/2018 - 23:24 Português
Poesia/Geral ALIMENTO... QUE TORMENTO! 2 1.055 02/26/2018 - 17:37 Português
Poesia/Amor AMOR ESSÊNCIA DA VIDA 0 1.746 12/10/2016 - 11:34 Português
Poesia/Geral ESTOU COM PREGUIÇA 1 1.754 06/14/2016 - 17:00 Português
Poesia/Geral LIBERDADE CONQUISTADA 0 1.205 06/12/2016 - 20:41 Português
Poesia/Geral CIDADÃ DO MUNDO 0 1.470 11/02/2015 - 12:37 Português
Poesia/Geral PEÇA TOMBADA 0 933 10/29/2015 - 23:45 Português
Poesia/Intervenção FRAGMENTO DE UM ÊXODO 0 2.779 08/08/2015 - 01:08 Português