CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

DEPONHAM AS ARMAS!

Deixem-me gritar esta revolta
que sinto em mim, por tanto mal à solta!
Deixem-me com outros, em uníssono,
perguntar a Deus, a Esse Altíssimo,
que dizem reger tudo, lá do alto:
- Quando terminará o sobressalto
provocado por fortes sons, estridentes,
de tantas armas que matam inocentes?
Por que pagarão eles, pelos adultos
seguidores de vis princípios bem ocultos? 

Deponham armas! Que cesse a guerra,
destruidora de tudo o que há na Terra!
Não deixem que paguem as crianças
pelos crimes cometidos, por alianças
feitas entre adultos muito maus,
que espalham ódio e geram tanto caos.
Enquanto há gente orando na igreja,
há outra gente que só, por mal, pragueja!

Deixem-me despertar adormecidos
que, cegos, imbecis e embrutecidos
pelas luzes estonteantes da ribalta
- e misturados com tanta gente falsa...-
recusam ver – os que filhos possam ter -
que estão na estrada errada, podem crer!

Maria Letra
Adaptação para Português,
do meu poema “Stop the Wars”
2016-02-06

Submited by

sábado, novembro 24, 2012 - 22:15

Poesia :

No votes yet

Maria Letra

imagem de Maria Letra
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 8 semanas 1 dia
Membro desde: 11/20/2012
Conteúdos:
Pontos: 2218

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Maria Letra

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral OUTRAS RAÇAS, OUTRAS GENTES 0 1.456 08/08/2015 - 00:50 Português
Poesia/Poetrix ALMA AGITADA 0 2.116 08/08/2015 - 00:48 Português
Poesia/Poetrix GAIVOTA ERRANTE 1 2.898 07/28/2015 - 19:48 Português
Poesia/Poetrix BEIJO NÃO IDENTIFICADO 1 1.636 07/28/2015 - 19:15 Português
Prosas/Tristeza UMA QUESTÃO DE PESO 0 1.542 07/26/2015 - 02:15 Português
Poesia/Poetrix RUMOS 0 1.537 07/26/2015 - 02:04 Português
Poesia/Poetrix QUE NINGUÉM SE CONFUNDA 0 1.218 07/25/2015 - 09:45 Português
Poesia/Poetrix EXCESSO DE PESO 0 1.790 07/25/2015 - 09:39 Português
Poesia/Poetrix MÚSICA DESAFINADA 0 2.207 07/16/2015 - 20:39 Português
Prosas/Outros ALGUÉM ME PEDIU A MINHA OPINIÃO? NÃO! MAS EU GOSTO DE DÁ-LA! 0 759 07/16/2015 - 18:10 Português
Poesia/Poetrix UM PROBLEMA DE GOSTOS 0 1.677 07/13/2015 - 19:37 Português
Poesia/Poetrix MÁSCARAS DE AFECTO 0 1.295 07/13/2015 - 19:00 Português
Poesia/Intervenção PROCURA-SE HOMEM HONRADO 0 1.490 07/13/2015 - 18:46 Português
Poesia/Geral A MALDADE NÃO MATA 0 4.061 06/25/2015 - 14:55 Português
Poesia/Geral SE FOSSE... 0 627 06/25/2015 - 14:53 Português
Prosas/Outros AMBIÇÃO 0 1.303 06/15/2015 - 18:18 Português
Poesia/Geral AVERTI CONOSCIUTO - TER-TE CONHECIDO 0 1.034 06/15/2015 - 18:15 Português
Poesia/Geral MENSAGEM 0 1.230 06/15/2015 - 16:54 Português
Poesia/Amor FOI NESSE DIA 0 1.043 05/06/2015 - 10:35 Português
Poesia/Tristeza UM ABRAÇO, MÃE 0 1.270 05/03/2015 - 12:59 Português
Poesia/Amor MÃE-SER-OU-NÃO-SER 0 773 05/03/2015 - 12:55 Português
Poesia/Intervenção A FORÇA DO TRABALHADOR 0 880 05/01/2015 - 13:27 Português
Poesia/Intervenção POUCA TERRA! MUITA GUERRA! 0 1.473 04/29/2015 - 20:31 Português
Poesia/Intervenção CRAVOS SEM COR 0 874 04/25/2015 - 16:56 Português
Poesia/Poetrix MEU REFÚGIO 0 1.097 04/22/2015 - 11:41 Português