CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Caminho pela cidade vazia

Caminho pela cidade vazia
É altas horas de uma noite silenciosa
Ouço o som do vento nas folhas
Pode ser que vá chover na madrugada
E a chuva pode lavar a minha alma.

Eu busco um alento para o coração
Agora sentindo-se um tanto vazio
Depois de brincar com o sentimento alheio
Sem se importar com as consequências
Sabe que pode ser tarde demais.

A vida nos dá sempre oportunidades
Mas existem algumas que só acontece uma vez
E lamentamos o tempo perdido
Choramos pela falta de maturidade
Que poderia ter nos ajudado a sermos diferente.

Os seus olhos já não brilham para mim
E eu não vejo mais o seu lindo sorriso
O mesmo que surgia ao amanhecer
Juntamente com o sol que despontava na janela
E agora só restam lembranças que se desfaz.

Caminho pela cidade vazia e silenciosa
Como se nada mais existisse para mim
Nem mesmo a esperança de um outro amor
Porque em mim há uma desilusão profunda
E um medo de magoar outro alguém mais tarde.

Então sigo o meu caminho sozinho
Não quero pensar em mais nada
O tempo que possa curar minhas feridas
E acalmar o meu triste coração
Para que respire fundo até o amanhecer.

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

sexta-feira, novembro 17, 2023 - 11:30

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 14 horas 43 minutos
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 16313

Comentários

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Desilusão Vivo da saudade que sinto 6 151 07/24/2024 - 22:41 Português
Poesia/Desilusão Querer estar longe 6 243 07/24/2024 - 00:56 Português
Poesia/Amor Hipnotizado 6 181 07/23/2024 - 11:55 Português
Poesia/Amor Não posso imaginar 6 163 07/22/2024 - 21:23 Português
Poesia/Amor Por onde ando agora 6 240 07/21/2024 - 14:08 Português
Poesia/Pensamentos Aqui deitarei o meu reinado 6 390 07/20/2024 - 23:15 Português
Poesia/Amor As tramas sutis do amor 6 277 07/20/2024 - 14:07 Português
Poesia/Amor Um mistério que seduz 6 147 07/19/2024 - 23:58 Português
Poesia/Desilusão Saudade que sufoca 6 261 07/19/2024 - 13:23 Português
Poesia/Paixão Linda morena 6 221 07/18/2024 - 14:14 Português
Poesia/Pensamentos Arautos da ignorância 7 487 07/17/2024 - 13:51 Português
Poesia/Intervenção A poesia para os tristes 6 329 07/16/2024 - 19:34 Português
Poesia/Amor A mensagem do amor em seus enredos 6 270 07/15/2024 - 23:35 Português
Poesia/Meditação A loucura da verdade 6 304 07/15/2024 - 13:45 Português
Poesia/Canção Tudo o que desejei 6 240 07/14/2024 - 17:02 Português
Poesia/Pensamentos Palavras escritas para os perdidos 6 920 07/13/2024 - 14:36 Português
Poesia/Amor Amanhã, quem sabe? 6 191 07/12/2024 - 13:50 Português
Poesia/Desilusão O tempo faz esquecer 6 324 07/11/2024 - 14:37 Português
Poesia/Pensamentos Esquecemos o que aconteceu ontem 6 777 07/10/2024 - 16:47 Português
Poesia/Desilusão Passados recompostos 6 533 07/09/2024 - 15:15 Português
Poesia/Desilusão Fere como um punhal 6 332 07/08/2024 - 16:19 Português
Poesia/Pensamentos Que mundo criamos? 6 690 07/07/2024 - 14:34 Português
Poesia/Intervenção Convoco os poetas 8 433 07/07/2024 - 14:28 Português
Poesia/Pensamentos Todas as canções possíveis 6 1.061 07/05/2024 - 14:21 Português
Poesia/Dedicado Canção ao Festival de Pesca 6 261 07/04/2024 - 14:55 Português