CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Como cego

Eu nem mesmo havia pedido nada
Queria apenas seguir o meu caminho
No coração havia a esperança
O desejo de estar em outro lugar
Viver a vida que eu desejava
Mas não pode ser assim
Quando você tem um destino a seguir
E bem ali estava você
Com esse olhar meigo e sedutor
Com o sorriso mais lindo que existe
Estendeu as suas mãos
E indicou-me um outro caminho
Imaginei a felicidade que era estar com você
A alegria no amanhecer
Depois de noites de amor intenso
Sua beleza fascinante
A acender o fogo da paixão
Seria a coisa mais bacana que poderia querer
Ouvir sua voz macia
Sussurrando em meus ouvidos palavras de desejo
E o mundo pertenceria a nós dois
Ah! Quem poderia desejar outra coisa?
O paraíso está nos olhos dela
Foi o que pensei no momento
Então, fechei os olhos
E corri como cego aos seus braços
Tudo veio ao chão
No momento em que acordei do meu sonho!

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

sexta-feira, agosto 11, 2023 - 11:57

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 18 horas 46 minutos
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 16269

Comentários

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor Por onde ando agora 6 157 07/21/2024 - 14:08 Português
Poesia/Pensamentos Aqui deitarei o meu reinado 6 249 07/20/2024 - 23:15 Português
Poesia/Amor As tramas sutis do amor 6 232 07/20/2024 - 14:07 Português
Poesia/Amor Um mistério que seduz 6 136 07/19/2024 - 23:58 Português
Poesia/Desilusão Saudade que sufoca 6 239 07/19/2024 - 13:23 Português
Poesia/Paixão Linda morena 6 214 07/18/2024 - 14:14 Português
Poesia/Pensamentos Arautos da ignorância 7 426 07/17/2024 - 13:51 Português
Poesia/Intervenção A poesia para os tristes 6 306 07/16/2024 - 19:34 Português
Poesia/Amor A mensagem do amor em seus enredos 6 255 07/15/2024 - 23:35 Português
Poesia/Meditação A loucura da verdade 6 283 07/15/2024 - 13:45 Português
Poesia/Canção Tudo o que desejei 6 208 07/14/2024 - 17:02 Português
Poesia/Pensamentos Palavras escritas para os perdidos 6 830 07/13/2024 - 14:36 Português
Poesia/Amor Amanhã, quem sabe? 6 185 07/12/2024 - 13:50 Português
Poesia/Desilusão O tempo faz esquecer 6 320 07/11/2024 - 14:37 Português
Poesia/Pensamentos Esquecemos o que aconteceu ontem 6 724 07/10/2024 - 16:47 Português
Poesia/Desilusão Passados recompostos 6 498 07/09/2024 - 15:15 Português
Poesia/Desilusão Fere como um punhal 6 330 07/08/2024 - 16:19 Português
Poesia/Pensamentos Que mundo criamos? 6 626 07/07/2024 - 14:34 Português
Poesia/Intervenção Convoco os poetas 8 429 07/07/2024 - 14:28 Português
Poesia/Pensamentos Todas as canções possíveis 6 986 07/05/2024 - 14:21 Português
Poesia/Dedicado Canção ao Festival de Pesca 6 255 07/04/2024 - 14:55 Português
Poesia/Amor No silêncio da noite 6 235 07/03/2024 - 23:34 Português
Poesia/Desilusão Um olhar que se foi 6 382 07/02/2024 - 17:08 Português
Poesia/Amor Para tão longo amor 6 268 07/01/2024 - 13:51 Português
Poesia/Paixão Êxtase 6 177 06/30/2024 - 14:01 Português