CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Como um nó, cego e acochado.

Nunca sou temente a deus
Sou cúmplice!
Combinamos nos olhar
Dentro de nossas essências,
Ambos admirados,
Simplesmente associados
Sem haver diferenças
Sem nenhuma discrepância.

Não preciso orar alto
Basta escutar calada.
De mãos dadas
Seremos condutores
Ou apenas comparsas,
Desse mundo cuja graça
É apenas caminharmos
Sem percorremos distancia.

Entre os astros deste céu.

Nunca penso que sou menor.
O universo não estaria completo
Se eu faltasse!
Sei que faço parte dessa partitura
Criador tal qual criatura,
Diante desse cósmico templo
Todo tempo, sem relutância.

Inebriados neste farto coliseu
Estamos nos braços de Orfeu
Sou um reflexo repousado.

Irmanados neste apogeu
Eu e deus, sem deus
Como um nó, cego e acochado.

Submited by

sábado, janeiro 11, 2014 - 10:08

Poesia :

No votes yet

mase albuquerque

imagem de mase albuquerque
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 3 anos 16 semanas
Membro desde: 11/22/2012
Conteúdos:
Pontos: 535

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of mase albuquerque

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Fantasia Poetisa das galaxias... 0 411 06/20/2016 - 23:45 Português
Poesia/Geral Girogirando 1 298 06/19/2016 - 14:50 Português
Poesia/Meditação Teorias Verdadeiras 2 319 06/18/2016 - 14:57 Português
Poesia/Meditação Será? 2 331 06/16/2016 - 23:15 Português
Poesia/Soneto Perdidos versos... 0 671 02/28/2016 - 23:44 Português
Poesia/Desilusão Uma Dor 0 364 02/19/2016 - 20:53 Português
Poesia/Soneto Se rezar, melhor não ler... 0 629 10/10/2015 - 09:54 Português
Poesia/Dedicado Pai 0 783 12/08/2014 - 22:02 Português
Poesia/Comédia Tô noiada... kkkkkkk 0 713 10/15/2014 - 00:04 Português
Poesia/Amor Enquanto espero eclodir... 0 669 10/14/2014 - 23:46 Português
Poesia/Dedicado Marina, morena Marina 0 713 10/09/2014 - 16:00 Português
Poesia/Geral A vida é um sonho... 0 714 08/13/2014 - 23:48 Português
Poesia/Geral A fonte da juventude dos poetas... 1 674 06/18/2014 - 23:35 Português
Poesia/Comédia Qual será a dor do dia? 2 495 06/18/2014 - 22:52 Português
Poesia/Comédia Santo Antonio 1 755 06/16/2014 - 04:24 Português
Poesia/Comédia Velhice Idiota. 3 936 06/10/2014 - 19:47 Português
Poesia/Geral Se o tempo parasse... 0 1.059 02/28/2014 - 23:14 Português
Poesia/Geral Nas cartas do Tarô 2 607 01/28/2014 - 20:59 Português
Ministério da Poesia/Amor Árias de sinfonias 0 622 01/15/2014 - 18:03 Português
Poesia/Amor Beijo combinado 0 660 01/13/2014 - 22:47 Português
Poesia/Fantasia Recado das rosas... 0 692 01/13/2014 - 22:14 Português
Poesia/Geral Como um nó, cego e acochado. 0 740 01/11/2014 - 10:08 Português
Poesia/Soneto Cosmo,uma obra de arte. 1 687 12/01/2013 - 16:11 Português
Poesia/Meditação Sem nome... 0 898 10/31/2013 - 15:40 Português
Poesia/Geral Teorema de uma teoria 0 832 10/30/2013 - 20:24 Português