CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Controle

Queria muito entender
Como funciona o sistema
Não é possível saber
Se é o mercado
Que controla o estado
Ou se é o estado
Que controla o mercado.

Só é possível perceber
Uma forma de dominação
Que faz da alienação
Uma forma de viver.

Há um mundo tão cruel
Mas, não parece ser real
Cercado pelo mal
Amargo como fel.

Esse controle tão severo
De uma sociedade perversa
Causa-nos uma náusea
No coração
Desolado pela razão inversa
De uma triste ilusão.

Libertar-nos-emos?
Só se pensarmos
Nos nossos próprios enganos
Saber que somos humanos
Dependentes de Deus
Que pode libertar os seus.

Abra os olhos para a vida
Deixe raiar o sol da justiça
No seu coração sofredor
Aceite aquele grande amor
Oferecido na cruz
Pelo Filho de Deus!

Poema: Odair José, o Poeta Cacerense

http://odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

terça-feira, janeiro 12, 2016 - 20:02

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 8 horas 36 minutos
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 16158

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Pensamentos Sistema ignorante 6 1.147 02/03/2024 - 14:20 Português
Poesia/Pensamentos Na grande arena do destino 6 1.271 02/02/2024 - 12:53 Português
Poesia/Pensamentos História oficial 6 454 02/01/2024 - 21:19 Português
Poesia/Amor Paixão que não se cala 6 297 01/31/2024 - 20:11 Português
Poesia/Amor A felicidade que sonhei 6 768 01/30/2024 - 11:30 Português
Poesia/Pensamentos O último poema do rinoceronte 6 1.299 01/29/2024 - 20:15 Português
Poesia/Amor Só por hoje 6 297 01/28/2024 - 12:45 Português
Poesia/Meditação Águas turvas 6 432 01/27/2024 - 12:00 Português
Poesia/Amor Alvorada voraz 6 505 01/25/2024 - 23:25 Português
Poesia/Meditação Primeira Guerra Mundial 6 457 01/24/2024 - 19:46 Português
Poesia/Amor Murmúrio de desejos 6 294 01/22/2024 - 19:01 Português
Poesia/Desilusão Caminhos diferentes 6 565 01/21/2024 - 12:13 Português
Poesia/Amor Contagem regressiva 6 532 01/20/2024 - 13:13 Português
Poesia/Pensamentos Criatura selvagem 6 1.182 01/19/2024 - 12:13 Português
Poesia/Pensamentos Apocalipse 6 686 01/18/2024 - 12:17 Português
Poesia/Amor Seus olhos 6 466 01/17/2024 - 13:06 Português
Poesia/Desilusão Se distante de mim você sorrir 6 315 01/16/2024 - 12:17 Português
Poesia/Desilusão Segredos de um coração ferido 6 1.303 01/15/2024 - 13:30 Português
Poesia/Desilusão Ele apenas faz sofrer 6 403 01/14/2024 - 13:46 Português
Poesia/Amor Que o tempo não apague 6 302 01/12/2024 - 23:39 Português
Poesia/Amor Musa inspiradora 6 632 01/12/2024 - 12:30 Português
Poesia/Amor Visceral 6 467 01/11/2024 - 12:49 Português
Poesia/Pensamentos O ovo da serpente 6 633 01/10/2024 - 13:16 Português
Poesia/Pensamentos Filhinhos de papai 6 502 01/09/2024 - 19:29 Português
Poesia/Amor Momento sublime 6 281 01/09/2024 - 12:16 Português