CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Coraçãoem sossego

No avesso de mim derrotei o medo
No inverso sentido aflorei as emoções
Pulsar constante da vida…o destino
Um jogo perfeito nos laços passados
No horizonte aberto do abrigo futuro

Despi o supérfluo revesti o intimo
Na seda natural em branca cor
Que envolve o coração em sossego
Cada passo incerto ausculta murmúrios
Guiados pela eterna voz que desce do céu...

Submited by

sábado, dezembro 12, 2009 - 15:13

Poesia :

No votes yet

AnaCoelho

imagem de AnaCoelho
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 6 anos 20 semanas
Membro desde: 11/14/2008
Conteúdos:
Pontos: 1789

Comentários

imagem de Anonymous

Re: Coraçãoem sossego

O despir do passado e a "aposta" num futuro risonho, promissor, confiante, com determinação, sem medos e em paz... Tu mereces!

Gostei muito Ana

Beijinho

Et

imagem de Henrique

Re: Coraçãoem sossego

Despi o supérfluo revesti o intimo
Na seda natural em branca cor
Que envolve o coração em sossego

Sossegadamente poético....

;-)

imagem de ÔNIX

Re: Coraçãoem sossego

Olá amiga

Tenho que andar á tua procura e nem sempre te encontro.
Mas hoje teve que ser. Tive que vir sentir.me nas tuas palavras sempre muito atentas às emoções, ouvindo uma voz que nem sempre está presente em nós - a do coração

beijinhos

Matilde D'Ônix

imagem de jopeman

Re: Coraçãoem sossego

A paz de quando a Alma vence o medo, de quando o corpo aceita o destino...e nada mais é tanto

Gostei bastante

Bjos

imagem de LaRoche

Re: Coraçãoem sossego

AnaCoelho,
Belo poema, a serenidade plena é assim, simples, despida de inquietações. Gostei muito.

imagem de ulysseslaluce

Re: Coraçãoem sossego

AnaCoelho.

Encontrar uma poeta em outro local
é como encontrar um amigo em outra
cidade, o mesmo sorriso, o mesmo semblante,
o mesmo olhar: a mesma visão profunda da vida,
é o que leio neste momento.

Beijos

Ulysses

imagem de LiceSoares

Re: Coraçãoem sossego

Tentei decifrar todas as imagens revestidas no teu poema. Não sei se dei a elas a mesma melodia e as mesmas cores que tu deste, mas AMEI.
Parabéns!

imagem de MarneDulinski

Re: Coraçãoem sossego

AnaCoelho!
No avesso de mim derrotei o medo
No inverso sentido aflorei as emoções
Pulsar constante da vida…o destino
Um jogo perfeito nos laços passados
No horizonte aberto do abrigo futuro

LINDO GOSTEI DE SEU POEMA, MEUS PARABÉNS!
EU TAMBÉM, HÁ MUITO TEMPO,NÃO SEI QUANDO, SUPLANTEI O MEDO, MAS O TENHO COMO UM AMIGO QUERIDO, PORQUE ELE NOS AVISA DAS SITUAÇÕES DIFÍCEIS, QUE VAMOS E TEMOS DE ENFRENTAR; COM ISSO, NOS PREPARAMOS E AS ENFRENTAMOS COM A CONSCIÊNCIA DE QUE AS PODEMOS ENFRENTAR!
À VOCÊ E AO MEU AMIGO MEDO,
UM ABRAÇÃO,
MarneDulinski

imagem de RobertoEstevesdaFonseca

Re: Coraçãoem sossego

A razão abafa o medo, mas este é libertado pela emoção.

Gostei muito dete belo poema.

Um abraço,
REF

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of AnaCoelho

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Meditação Densidade do olhar 2 1.460 03/15/2018 - 09:38 Português
Poesia/Amor Contigo aprendi a sonhar 2 1.475 03/15/2018 - 09:37 Português
Poesia/Meditação Onde as nuvens pousam 1 962 11/07/2015 - 11:14 Português
Poesia/Meditação Lágrimas quentes 0 1.157 12/22/2012 - 20:02 Português
Poesia/Amor Juntos galgaremos as margens 0 1.530 12/20/2012 - 02:10 Português
Poesia/Aforismo Há uma pauta aberta 0 992 10/08/2012 - 06:36 Português
Poesia/Intervenção Fazer das letras os gestos 0 1.701 07/21/2012 - 21:14 Português
Poesia/Meditação Os vales da realidade 3 971 07/09/2012 - 08:10 Português
Poesia/Meditação Um oásis que flutua 0 563 06/25/2012 - 16:33 Português
Poesia/Dedicado Não há lábios nem lágrimas 0 1.241 06/24/2012 - 12:16 Português
Poesia/Meditação Num grito estagnado 1 1.228 06/21/2012 - 18:21 Português
Poesia/Amizade Amigo...preenchimento do verbo amar 1 1.222 06/20/2012 - 20:54 Português
Poesia/Meditação Cadências cálidas 1 1.037 06/14/2012 - 10:10 Português
Poesia/Meditação Esquina da palavra 1 1.690 06/13/2012 - 08:40 Português
Poesia/Intervenção Pura ilusão cega 3 1.179 04/15/2012 - 17:35 Português
Poesia/Meditação Esquina de cada utopia 1 1.361 01/06/2012 - 17:32 Português
Poesia/Meditação Os braços sonham ser asas 0 1.667 12/31/2011 - 01:49 Português
Poesia/Meditação Mar de nada 1 1.390 12/11/2011 - 19:44 Português
Poesia/Meditação Traição do destino 0 1.386 12/04/2011 - 22:41 Português
Poesia/Meditação Caminho aberto 0 1.276 11/30/2011 - 22:23 Português
Poesia/Meditação Desígnios da vida 0 1.109 11/29/2011 - 21:06 Português
Poesia/Amor Amor entre poetas 2 2.316 10/20/2011 - 13:08 Português
Poesia/Dedicado Agora Setembro Renasce 0 2.692 09/23/2011 - 05:35 Português
Poesia/Meditação Os argumentos de um poema 0 2.087 09/22/2011 - 03:49 Português
Poesia/Meditação EXCERTOS DA ALMA 1 1.795 09/19/2011 - 15:25 Português