CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Decadência do Terror

Exílio eBook Kindle na Amazon 
por Seyed Morteza Hamidzadeh (Autor), Jamila Mafra (Tradutora)
Livro de poemas do meu amado amigo o escritor Iraniano Seyed Morteza H., que eu traduzi com muito  carinho do inglês para o português. 

https://www.amazon.com.br/dp/B07FW63KPS?__mk_pt_BR=%C3%85M%C3%85%C5%BD%C...

Palavras tocantes de um poeta irianiano que segue em busca da paz através de seus versos e de modo único fala sobre as guerras constantes enfrentadas pelo ser humano e principalmente por seu povo no oriente médio. 
Seyed Morteza Hamidzadeh nasceu, cresceu e vive em um mundo completamente diferente daquele que muitos de nós conhecemos. Mas ele não é diferente de qualquer um de nós. 
Sim, ele enfrenta a morte, insegurança e desordem diariamente, mas isso não o torna menos humano ou real do que o resto de nós. 
Hamidzadeh nasceu para ser um soldado. Não um soldado de ódio ou guerra, mas um soldado do coração e da paz.

Terror da Decadência

A voz grave anuncia o martírio
Momentâneo no tempo, mas até a eternidade,
E o som dos pássaros ainda como um farol
Segue até a beleza do pôr do sol.
 
Nós beijamos o adeus,
E os tronos perdidos e mortos
Na explosão de mentes,
E o sangramento de estômagos
Pelo medo de se deteriorar
Penetram a nossa aura
Esfarrapada em buracos.
 
Uma bala disparada por décadas
E a fragrância do outro lado,
É o terror que chega:
Alguém está apontando uma arma para sua cabeça.
 
A voz grave anuncia o martírio
Momentâneo no tempo, mas até a eternidade,
E o som dos pássaros ainda como um farol
Segue até a beleza do pôr do sol.

 
 
 

Submited by

quarta-feira, setembro 4, 2019 - 17:25

Poesia :

No votes yet

jamilamafra

imagem de jamilamafra
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 5 semanas 6 dias
Membro desde: 09/03/2009
Conteúdos:
Pontos: 6052

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of jamilamafra

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Fotos/Pessoais JAMILA E SUA CARA PELA METADE 0 1.448 02/26/2011 - 01:01 Português
Fotos/Pessoais JAMILA CANSADA DE LEVAR PANCADA.....DO MUNDO 0 1.378 02/26/2011 - 01:00 Português
Fotos/Pessoais JAMILA VINDA DO CEMITÉRIO 0 1.326 02/26/2011 - 00:58 Português
Fotos/Pessoais JAMILA DARK DESPREOCUPADA 0 826 02/26/2011 - 00:56 Português
Fotos/Pessoais GOSTOU DO MEU ÓCULOS 0 1.425 02/26/2011 - 00:55 Português
Fotos/Pessoais JAMILA OLHANDO PARA CIMA 0 1.084 02/26/2011 - 00:52 Português
Fotos/Pessoais JAMILA ASQUEROSA 0 1.238 02/26/2011 - 00:51 Português
Fotos/Pessoais JAMILA RESSURGIDA DAS CATACUMBAS DA DESILUSÃO 0 896 02/26/2011 - 00:49 Português
Fotos/Pessoais VAI ME ENCARAR? 0 1.099 02/26/2011 - 00:48 Português
Fotos/Pessoais MEU GRITO DE TERROR 0 1.620 02/26/2011 - 00:47 Português
Fotos/Pessoais JAMILA BLACK AND WHITE 0 1.696 02/26/2011 - 00:45 Português
Fotos/Pessoais JAMILA DARK MORBID 0 1.426 02/26/2011 - 00:43 Português
Fotos/Pessoais JAMILA REVOLUTION 0 1.085 02/26/2011 - 00:42 Português
Fotos/Pessoais JAMILA DARK REVOLTA TOTAL 0 1.000 02/26/2011 - 00:41 Português
Fotos/Pessoais ALGUÉM FALOU COMIGO? 0 581 02/26/2011 - 00:39 Português
Fotos/Pessoais JAMILA CONTENDO O NERVOSO 0 757 02/26/2011 - 00:36 Português
Fotos/Pessoais JAMILA NERVOSA 0 716 02/26/2011 - 00:35 Português
Fotos/Pessoais JAMILA DARK MUITO REBELDE 0 1.622 02/26/2011 - 00:33 Português
Fotos/Pessoais JAMILA ENGRAÇADINHA 0 1.485 02/26/2011 - 00:31 Português
Fotos/Pessoais JAMILA DARK REBELDE 0 987 02/26/2011 - 00:28 Português
Fotos/Pessoais JAMILA FINGINDO QUE NÃO SABE DE NADA 0 1.325 02/26/2011 - 00:23 Português
Fotos/Pessoas JAMILA SE APAGANDO 0 986 02/26/2011 - 00:21 Português
Fotos/Pessoais JAMILA NÃO SABE DE MAIS NADA 0 1.055 02/26/2011 - 00:20 Português
Fotos/Pessoais JAMILA UM TANTO SEM GRAÇA 0 1.070 02/26/2011 - 00:19 Português
Fotos/Pessoais MEUS OLHOS CANSADOS 0 935 02/26/2011 - 00:16 Português