CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Descontroladamente

Escreves nessa página tão vazia
Quanto buracos negros a cuja densidade nem a luz escapa
Enquanto o fazes propagam-se em ti múltiplas nuances
Não na forma pensada como te interpretas e classificas
Mas nos meandros subtis da matéria que te cobre o espírito
No teu ponto zero
O limite insondável onde inicialmente te transformaste no que julgas ser
E as palavras serão apenas símbolos dispersos
Que se fundem num processo de infinita metamorfose
Algo que é tudo e nada em simultâneo
Ainda assim
No zénite dessa consciência
Continuas a escrever
A agrupar símbolos
Porque procuras uma ordem
Está-te nos genes
Recusas a impossibilidade de organizar
De definir parâmetros
E escrevendo
Crias em ti a ilusão de nomear sentimentos e sentidos
Experiencias
Guardadas numa gaveta imaginaria
A que mais tarde
Se é que isso existe
Chamarás memória
Quer sejas apenas um elemento desconhecido
Mais um humano vivo
Ou uma importante figura de toda a historia
Conhecida
De qualquer forma
Terá sido em glória a tua vida
Uma probabilidade ínfima e magnífica
Daí o desejo de deixar fluir
Ainda que a essência do que comunicas se descontextualize no exterior
Se esfume na realidade pragmática em que tudo deverá ser apenas o que parece
A alma profunda em contato com a matéria
Sem estrutura
A página já não é branca agora
Pigmentada por uma serie de infusões não generalizadas
Deixa-se preencher
Para que não tenha sido em vão
A existência de um princípio

||PSY

Submited by

sábado, abril 26, 2014 - 15:40

Poesia :

No votes yet

VanZen7

imagem de VanZen7
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 29 semanas 2 dias
Membro desde: 02/20/2011
Conteúdos:
Pontos: 1029

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of VanZen7

Tópico Título Respostasícone de ordenação Views Last Post Língua
Videos/Música Marvin & Miles 0 1.008 02/07/2013 - 18:02 Português
Poesia/Meditação Arquivos do Insólito 0 1.105 02/18/2014 - 18:52 Português
Fotos/Outros Time Out 0 980 02/18/2014 - 18:30 Português
Videos/Música No More Trouble 0 1.219 02/18/2014 - 18:22 Português
Fotos/Macro Essencial 0 1.174 02/07/2013 - 18:00 Português
Videos/Música Soul Call 0 886 04/13/2013 - 21:44 Português
Poesia/Meditação Insonia 0 890 02/07/2013 - 18:07 Português
Poesia/Pensamentos Inevitável Mente 0 778 04/13/2013 - 21:47 Português
Poesia/Arquivo de textos Renascimento 0 701 07/04/2011 - 21:16 Português
Videos/Música Love Is Real 0 899 03/29/2013 - 22:16 Português
Fotos/Outros Fire 0 881 03/29/2013 - 22:21 Português
Poesia/Arquivo de textos Mitologia Contemporânea 0 2.310 02/20/2011 - 23:11 Português
Fotos/Outros Pontas soltas 0 1.862 02/20/2011 - 23:15 Português
Videos/Música Maybe I Was Wrong 0 2.256 02/20/2011 - 23:20 inglês
Fotos/Outros Secret 0 1.451 02/24/2011 - 22:23 Português
Videos/Música MA 0 1.581 02/24/2011 - 22:27 Português
Videos/Música Spending Life 0 1.560 02/28/2011 - 23:29 inglês
Poesia/Pensamentos Infinito 0 821 02/28/2011 - 23:33 Português
Videos/Música Dreams 0 2.069 03/13/2011 - 01:36 inglês
Poesia/Arquivo de textos Galaxia X 0 988 03/13/2011 - 02:38 Português
Fotos/Pessoas Milésima 0 1.645 03/13/2011 - 02:45 Português
Videos/Música Revenge of the Number 0 1.541 03/15/2011 - 23:04 inglês
Fotos/Outros NR 0 1.105 03/15/2011 - 23:07 Português
Poesia/Arquivo de textos Pessoa Número 0 853 03/15/2011 - 23:09 Português
Fotos/Outros Open 0 1.661 03/17/2011 - 23:07 inglês