CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

A dor do filho e a dor do mundo

A dor é uma sensação necessária
Porém, é algumas vezes insuportável
Aos olhares de quem sofre imutável
E de quem, impotente se angustia

A dor é como um dos nossos sentidos
Surge algumas vezes surda, silenciosa
Outras vezes lancinante, aguda
E a dor crônica que se instala aos poucos

A dor simboliza o grito do parto
No sublime choro do rebento
Abrindo os pulmões no primeiro sopro
Ou na fome ao procurar o seio materno

Cada dor tem sua história
E o que ela representa
Fica guardado na memória
Não há vida sem dor, com certeza

Recordes que Jesus Cristo
Que aliviou tantas dores
Suportou a dor das chagas, do calvário
Legando-nos sabedoria e valores

Mas, a dor mais difícil para suportares
Não é a que deveras sentes
É a dor da miséria, do sofrimento
De tanta gente, nas tragédias do mundo

Há a dor perfilada nos olhos
De teus filhos
Quando padecem da vida os seus males
Ah, esta dor quanto nos deixa impotentes

Se a dor é parte-chave da existência
Também enfrentá-la com dignidade
Saber comparti-la com serenidade
Faz parte da grande experiência humana...

AjAraújo, o poeta humanista, poema escrito em 16 de Janeiro de 2010.

Submited by

terça-feira, junho 15, 2010 - 03:44

Poesia :

No votes yet

AjAraujo

imagem de AjAraujo
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 51 semanas 4 dias
Membro desde: 10/29/2009
Conteúdos:
Pontos: 15585

Comentários

imagem de AjAraujo

Se a dor é parte-chave da

Se a dor é parte-chave da existência
Também enfrentá-la com dignidade
Saber comparti-la com serenidade
Faz parte da grande experiência humana...

.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of AjAraujo

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Fantasia Cabelos de fogo 0 521 04/28/2018 - 21:38 Português
Poesia/Dedicado A criança dentro de ti 0 469 04/28/2018 - 21:20 Português
Poesia/Pensamentos O porto espiritual 0 476 04/28/2018 - 21:00 Português
Poesia/Dedicado Ano Novo (Ferreira Gullar) 1 587 02/20/2018 - 19:17 Português
Prosas/Drama Os ninguéns (Eduardo Galeano) 0 600 12/31/2017 - 19:09 Português
Poesia/Dedicado Passagem de ano (Carlos Drummond de Andrade) 0 550 12/31/2017 - 18:59 Português
Prosas/Contos Um conto de dor e neve (AjAraujo) 0 1.600 12/20/2016 - 11:42 Português
Prosas/Contos Conto de Natal (Rubem Braga) 0 972 12/20/2016 - 11:28 Português
Prosas/Contos A mensagem na garrafa - conto de Natal (AjAraujo) 0 2.049 12/04/2016 - 13:46 Português
Poesia/Intervenção Educar não é... castigar (AjAraujo) 0 729 07/08/2016 - 00:54 Português
Poesia/Intervenção Dois Anjos (Gabriela Mistral) 0 2.191 08/04/2015 - 23:50 Português
Poesia/Dedicado Fonte (Gabriela Mistral) 0 1.230 08/04/2015 - 22:58 Português
Poesia/Meditação O Hino Cotidiano (Gabriela Mistral) 0 1.313 08/04/2015 - 22:52 Português
Poesia/Pensamentos As portas não são obstáculos, mas diferentes passagens (Içami Tiba) 0 1.345 08/02/2015 - 23:48 Português
Poesia/Dedicado Pétalas sobre o ataúde - a história de Pâmela (microconto) 0 2.030 03/30/2015 - 11:56 Português
Poesia/Dedicado Ode para a rendição de uma infância perdida 0 1.290 03/30/2015 - 11:45 Português
Poesia/Tristeza Entre luzes e penumbras 0 1.603 03/30/2015 - 11:39 Português
Poesia/Tristeza No desfiladeiro 1 2.340 07/26/2014 - 00:09 Português
Poesia/Intervenção Sinais da história 0 1.426 07/17/2014 - 00:54 Português
Poesia/Fantasia E você ainda acha pouco? 0 2.212 07/17/2014 - 00:51 Português
Poesia/Aforismo Descanso eterno 2 2.793 07/03/2014 - 22:28 Português
Poesia/Intervenção Paisagem (Charles Baudelaire) 0 1.926 07/03/2014 - 03:16 Português
Poesia/Meditação Elevação (Charles Baudelaire) 0 1.933 07/03/2014 - 03:05 Português
Poesia/Intervenção A uma mendiga ruiva (Charles Baudelaire) 0 3.582 07/03/2014 - 02:55 Português
Poesia/Intervenção Coração avariado 1 1.481 06/25/2014 - 03:09 Português