CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

ESTRADA PARA O CÉU

 

ESTRADA PARA O CÉU

 

Vou fazer uma estrada para o céu

Para ir falar com Deus

Mas se Ele está em todo o lado

Para que hei – de ficar cansado?

 

Não sei se me ouves ou não

Vou falar – Te com o coração:

No caso de me quereres ouvir

Vou falar – te o que estou a sentir

 

Fizeste os homens à Tua semelhança

E até lhe deste a esperança

Porque é que os deixas matar

Se os fizeste para amar?

 

E as crianças que são o alvorecer

Porque as deixas morrer

De fome ou pela força da guerra

Que existe nesta nossa Terra?

 

Dizem que tens o poder da paz

Lança o amor se És capaz

Faz da Terra um Paraíso

E aos homens dá – lhes juízo

 

A Terra está uma confusão

Aos homens dá o Teu perdão

Mas exige que eles se amem

E não que eles tramem

 

Tu que tens o poder da eternidade

Para Ti não conta a idade

Se nasceste e nunca morrerás

Porque não impões a Tua paz?

 

Porque fizeste os pobres e os ricos

Porque fizeste altos e baixos picos

Porque não fizeste todos iguais

Porque fizeste uns bons e outros chacais?

 

Estou cheio de dúvidas da Tua existência

Por causa de tantas divergências

Que existe entre os Teus filhos

Que vivem em permanentes sarilhos

 

Já não sei se a vida é um milagre

Se existe alguém que a consagre

Só sei que os homens se matam

Em muitas guerras que se constatam.

 
2004 -Estêvão

Submited by

sexta-feira, abril 13, 2012 - 10:28

Poesia :

No votes yet

José Custódio Estêvão

imagem de José Custódio Estêvão
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 8 semanas 5 dias
Membro desde: 03/14/2012
Conteúdos:
Pontos: 7749

Comentários

imagem de KeilaPatricia

Parabéns Bjs na

Parabéns

Bjs na alma,

Keila... .....)...(@

:)

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of José Custódio Estêvão

Tópico Título Respostasícone de ordenação Views Last Post Língua
Poesia/Intervenção ESQUECIDOS 0 1.112 05/02/2012 - 10:20 Português
Poesia/Geral CAI NEVE 0 1.655 07/03/2012 - 15:10 Português
Poesia/Amor O MEU MENINO 0 659 06/28/2012 - 09:37 Português
Poesia/Meditação HOMENS 0 745 02/08/2013 - 11:19 Português
Poesia/Amor MARIA DA FONTE 0 580 02/08/2013 - 11:14 Português
Poesia/Pensamentos ATROPELOS 0 672 06/27/2012 - 09:56 Português
Poesia/Pensamentos PESCADOR 0 1.097 06/27/2012 - 09:53 Português
Poesia/Dedicado VOU MAS VOLTO 0 942 06/27/2012 - 09:47 Português
Poesia/Dedicado O DIA DOS MEUS ANOS 0 351 04/04/2013 - 09:50 Português
Poesia/Meditação GANHAR UM AMIGO 0 502 05/12/2013 - 11:19 Português
Poesia/Meditação CEDO APRENDI 0 4.702 06/26/2012 - 10:27 Português
Poesia/Meditação MUDAM-SE OS TEMPOS 0 502 06/26/2012 - 10:16 Português
Poesia/Pensamentos VELAS AO VENTO 0 967 06/26/2012 - 10:09 Português
Poesia/Meditação PAISAGEM SENTIDA 0 535 02/19/2014 - 12:16 Português
Poesia/Meditação QUEM ME DERA! 0 344 04/10/2013 - 09:57 Português
Poesia/Meditação O MANTO INFINITO 0 263 04/22/2013 - 10:44 Português
Poesia/Meditação O TEU CAMINHO 0 1.057 05/06/2013 - 09:49 Português
Poesia/Alegria QUERO SONHAR 0 432 04/22/2013 - 10:48 Português
Poesia/Meditação UMA NOITE SÓ 0 415 04/01/2013 - 09:37 Português
Poesia/Amor AUSÊNCIA 0 2.293 04/01/2013 - 09:42 Português
Poesia/Amor PRECISO DO TEU SORRISO 0 351 05/29/2013 - 09:33 Português
Poesia/Meditação O TEMPO NÃO SE QUEIMA, VIVE-SE 0 497 04/05/2013 - 09:59 Português
Poesia/Meditação OS MEUS OLHOS NÃO ME CONHECEM 0 212 02/08/2013 - 11:10 Português
Poesia/Meditação NEM TUDO O QUE É DOCE É BOM 0 431 04/05/2013 - 10:04 Português
Poesia/Dedicado QUEM RIU DE MIM 0 428 02/24/2016 - 11:23 Português