CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

FILANTROPIA, O TÓRAX DOS SONHOS


Ruínas contíguas
rendam fogos insossos no silêncio.

Salivas descarnam o osso
da palavra sã que me une o corpo à mente.

Bonanças tempestivas
arregalam o sol com caretas de demasia carente.

Canções surfam ares abertos ao amor
que relaxa sôfrego numa antecâmara de musas.

Emoções enrolam-se
à volta do quinteto dos sentidos
em poses confusamente interlocutórias.

Solidões
ressuscitam poeiras assentes
nos vendavais da poesia sem pára-quedas
num abismo de visões estereotípicas na alma.

Esculturas de noite
amputam da insónia o tórax bizarro
dos sonhos que ao acordar são sensações analfabetas.

Anéis de anteontens
rugem em dedos apontados ao purgatório
das bússolas trauteáveis no pescoço nu do grito.

Estrelas sem brilho entrechocam lamentos.

Soam fúrias voltaicas
num jazz de dor que jaz
sacudires nas vozes do vento.

Paredes acordeonistas do tempo
afatiam momentos em foles de ausência.

O poema
que percorre a pé
a aldeia da inspiração,
é um serão de verso esdrúxulo.

Pensar é um traço de imagens
encalhadas no instinto da razão.

Filantropia ao longo
da coluna vertebral dos meus olhos.
 

Submited by

sexta-feira, janeiro 7, 2011 - 22:56

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

Henrique

imagem de Henrique
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 5 anos 15 semanas
Membro desde: 03/07/2008
Conteúdos:
Pontos: 34817

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Henrique

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Aforismo BEM VISTO 0 2.092 01/15/2015 - 15:36 Português
Poesia/Pensamentos DESTRUIÇÃO 0 493 01/13/2015 - 21:56 Português
Poesia/Pensamentos CALMA 0 987 01/13/2015 - 14:13 Português
Poesia/Pensamentos QUE VIDA ME MATA DE TANTO VIVER 0 592 01/12/2015 - 21:18 Português
Poesia/Aforismo SEM AUSÊNCIA 0 931 01/12/2015 - 18:03 Português
Poesia/Aforismo Pior do que morrer, é não ressuscitar... 0 1.116 01/11/2015 - 23:04 Português
Poesia/Pensamentos CHOCALHO DE SAUDADE 0 551 01/11/2015 - 17:30 Português
Poesia/Pensamentos GRITO QUE AS MÃOS ACENAM NO ADEUS 0 668 01/11/2015 - 00:07 Português
Poesia/Pensamentos SOVA DE ALGURES 0 578 01/10/2015 - 20:55 Português
Poesia/Pensamentos SORRATEIRAMENTE 0 970 01/09/2015 - 20:33 Português
Poesia/Pensamentos SILÊNCIO TOTAL 0 1.234 01/08/2015 - 21:00 Português
Prosas/Terror FUMAR É... 1 3.193 06/17/2014 - 04:23 Português
Poesia/Amor COMPLETAMENTE … 1 1.326 11/27/2013 - 23:44 Português
Videos/Música The Cars-Drive 1 1.403 11/25/2013 - 11:52 Português
Poesia/Paixão REVÉRBEROS SÓIS … 1 1.144 08/15/2013 - 16:23 Português
Poesia/Meditação AS ENTRANHAS DO SILÊNCIO … 0 1.084 07/15/2013 - 20:37 Português
Poesia/Meditação TIQUETAQUEAR … 0 1.323 07/04/2013 - 22:01 Português
Poesia/Tristeza AMOR CUJO CARVÃO SE INCENDEIA DE GELO … 0 1.220 07/02/2013 - 20:15 Português
Poesia/Tristeza ONDE A NOITE SEMEIA DESERTOS DE ESCURIDÃO … 0 1.079 06/28/2013 - 20:58 Português
Poesia/Meditação ESCOLHO VIVER … 1 1.755 06/26/2013 - 09:42 Português
Fotos/Artes Se podia ser mortal? 0 1.712 06/24/2013 - 21:15 Português
Fotos/Artes Um beijo com amor dado ... 0 1.815 06/24/2013 - 21:14 Português
Poesia/Meditação AZEDAS TETAS DA REALIDADE … 0 866 06/22/2013 - 20:36 Português
Poesia/Meditação FAÍSCAS NA ESCURIDÃO … 0 829 06/18/2013 - 22:52 Português
Poesia/Meditação QUANTO BASTE … 0 568 06/10/2013 - 21:23 Português