CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

foram eternos dias

foram eternos dias a te procurar até que enfim desistisse, guiado por uma inútil esperança até que esta em pó se desfizesse. tanto foi o tempo a te modificar que te tornaste como quando não existias. voltaste a ser como se nunca tivesse te encontrado, quando não sabia que havias nascido, alguém que passava por mim anônimo na multidão. os lençóis que nos envolviam já não existem. somos o que não éramos, o que poderíamos ter sido, o que nunca fomos. foram dias e dias, insano e cego, oco e roto, até me convencer que nunca te conheci, que minhas mãos nunca te tocaram e te percorreram, que nunca me enrosquei na textura dos teus pelos, que nunca conheci teus medos, que nunca deitaste a meu lado e repousaste tua cabeça sobre meu peito, que nunca fizemos planos, que nunca invadi tuas fendas. me concedeste a chance de estar livre de meus enganos.

Poema do livro Crônicas do Amor Impossível
a venda em http://sergioprof.wordpress.com
Contato:
blog: http://sergioprof.wordpress.com/
facebook: https://www.facebook.com/jardimpoeta
https://www.facebook.com/poetajardim
twitter: http://twitter.com/SERGI0_ALMEIDA
linkedin: https://www.linkedin.com/in/poeta-jardim-a7b0222b
google +: https://plus.google.com/+sergioalmeidaJardim
skoob: http://www.skoob.com.br/autor/7181-jardim

Submited by

terça-feira, janeiro 31, 2017 - 11:35

Poesia :

No votes yet

jardim

imagem de jardim
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 2 anos 20 semanas
Membro desde: 07/28/2012
Conteúdos:
Pontos: 358

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of jardim

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor como se não te avistasse 0 196 01/25/2017 - 12:56 Português
Poesia/Amor nas curvas do teu rosto 0 141 01/24/2017 - 20:37 Português
Poesia/Amor selvagem o corpo que me alimenta 0 231 01/24/2017 - 20:36 Português
Poesia/Amor escrevi teu nome no vento 0 217 01/24/2017 - 20:34 Português
Poesia/Amor os ecos da casa ressoam em púrpuras horas 0 113 01/23/2017 - 10:43 Português
Poesia/Amor teu amor fala com as palavras de um idioma que desconheço 0 180 01/23/2017 - 10:41 Português
Poesia/Amor vivo recolhendo coisas pelas ruas 0 151 01/23/2017 - 10:40 Português
Fotos/Pessoais bienal 0 1.241 01/22/2017 - 12:03 Português
Fotos/Pessoais bienal 0 767 01/22/2017 - 12:02 Português
Fotos/Pessoais bienal 0 895 01/22/2017 - 12:02 Português
Fotos/Pessoais bienal 0 1.114 01/22/2017 - 12:01 Português
Poesia/Amor escura bruma que a noite produz 0 301 01/22/2017 - 11:57 Português
Poesia/Amor ando só pelas ruas desta cidade fria e vazia 0 150 01/22/2017 - 11:55 Português
Poesia/Amor deslizo desnudo 0 136 01/22/2017 - 11:53 Português
Poesia/Amor suave, reluzente 0 84 01/21/2017 - 13:05 Português
Poesia/Amor o pretérito é um gigantesco oco 0 91 01/21/2017 - 13:03 Português
Poesia/Amor na luta diária 0 111 01/21/2017 - 13:01 Português
Poesia/Amor marta 0 118 01/20/2017 - 18:11 Português
Poesia/Amor o amor acaba 0 96 01/20/2017 - 18:03 Português
Poesia/Amor ando pelas ruas molhadas 0 151 01/20/2017 - 17:46 Português
Videos/Poesia Jardim declama no Movimento Identidade Cultural. 0 2.458 11/23/2014 - 07:27 Português
Poesia/Amor beijo 0 2.284 08/20/2014 - 07:58 Português
Poesia/Amor se amor houvesse 0 353 08/20/2014 - 07:56 Português
Poesia/Amor espero o momento de te tocar 0 370 08/20/2014 - 07:52 Português
Poesia/Amor Guardei para ti 0 340 08/07/2014 - 00:53 Português