CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

II madrugada

Assassinei a paisagem
Numa gruta abandonada.
Tornei verde o sangue impuro
Que manchou as mãos da morte.
Arrastei-a num lamento
Para uma nuvem distante
Onde o sonho adormeceu
No vazio incontrolado
De uma lágrima contida.

Ao virar de cada esquina,
ouço a terra gemer.
As pedras choram cantando
A solidao que as consome.
Queimo o veu da minha alma
Numa fogueira já extinta.
Espalho cinzas ao acaso..
Mergulho no mar ausente
Onde lavei as memórias,
E afoguei a minha vida.

1994

Submited by

terça-feira, junho 10, 2008 - 01:12

Poesia :

No votes yet

JillyFall

imagem de JillyFall
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 36 semanas 2 dias
Membro desde: 03/07/2008
Conteúdos:
Pontos: 874

Comentários

imagem de Veiga

Re: II madrugada

:-) ... Bem... acho que recussitaste, certo??

imagem de JillyFall

Re: II madrugada

(tinha 14 anos qdo o escrevi!lol )
nao dizem que recordar é viver?
hoje aperteceu-me ir ao fundo do baÚ!!

bjinho

imagem de PalomaStella

Re: II madrugada

O que falar de uma madrugrada que ao meu pensamento se tornou-se tao pura.
A vida que foi afogada, levou junto as mágoas, e as ausencias que ali abordava, nao vivem mais.

Não é complexo e é tão gigante este seu poema.

Beijinhos

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of JillyFall

Tópico Título Respostasícone de ordenação Views Last Post Língua
Poesia/Fantasia saudade 0 2.143 11/17/2010 - 17:31 Português
Poesia/Geral fuga 0 1.932 11/17/2010 - 17:31 Português
Poesia/Aforismo fuga 0 1.122 11/17/2010 - 17:31 Português
Anúncios/Outros - Precisa-se angariador de publicidade à comissão 0 2.037 11/19/2010 - 14:38 Português
Fotos/ - 942 0 2.151 11/23/2010 - 23:37 Português
Fotos/ - 3322 0 1.993 11/23/2010 - 23:54 Português
Prosas/Contos Estrela da Manhã 0 1.719 04/15/2011 - 03:16 Português
Prosas/Contos Oásis 0 951 07/09/2011 - 01:08 Português
Poesia/Fantasia ancestral 1 632 03/14/2008 - 20:21 Português
Poesia/Fantasia alma em cinza 1 624 03/14/2008 - 17:47 Português
Poesia/Fantasia nostalgia 1 658 04/19/2008 - 13:15 Português
Poesia/Fantasia Astrológica 1 320 02/24/2010 - 02:41 Português
Poesia/Tristeza cidade 1 430 05/15/2008 - 02:16 Português
Poesia/Desilusão espaço intermédio 1 696 05/15/2008 - 02:18 Português
Poesia/Tristeza cinzas 1 535 02/28/2010 - 01:29 Português
Poesia/Tristeza serra da estrela 1 421 02/28/2010 - 01:30 Português
Prosas/Contos A Borboleta 1 1.013 03/28/2010 - 10:47 Português
Poesia/Alegria Verão 2 553 03/14/2008 - 02:26 Português
Poesia/Tristeza sombras 2 471 02/21/2010 - 13:16 Português
Poesia/Tristeza chuva 2 525 03/22/2008 - 01:58 Português
Poesia/Geral Fuga 2 500 04/20/2008 - 20:51 Português
Poesia/Fantasia A Fada 2 430 04/22/2008 - 20:35 Português
Poesia/Gótico madrugada 2 505 05/15/2008 - 12:19 Português
Poesia/Fantasia é o eterno segredo 2 424 05/15/2008 - 21:03 Português
Poesia/Tristeza recortes 2 310 05/20/2008 - 23:37 Português