CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

ILHA

Se um dia me sentir o mais solitário dos mortais
Colhendo as bárbaras sementes que plantar
Como ilha, que flutua sua emoção no mar
Molharei minhas lágrimas no sereno cais.

Mas, se lá vir as flores exalando poesia
Sorrirei novamente, com a força menestrel
Que tirará de mim, o fardo cruel
Replantarei, pois, no meu peito harmonia!

Vim ao mundo pra cultivar valores...
Pra expulsar do peito, as minhas dores
Pra rabiscar versinhos apaixonados!

E espalhar amores nos sonetos bardos
Que navegam em mim como os naufragados
Barcos à deriva , procurando ardores!

(Ledalge,17 de abril de 2008)

Submited by

sexta-feira, abril 18, 2008 - 23:53

Poesia :

No votes yet

Ledalge

imagem de Ledalge
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 9 anos 28 semanas
Membro desde: 04/18/2008
Conteúdos:
Pontos: 8

Comentários

imagem de Henrique

Re: ILHA

Mais um texto com muita arte poética!!!

:-)

imagem de MariaSousa

Re: ILHA

Olá Núria,

Mais um dos teus belos sonetos :-)

Bjs

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Ledalge

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Fotos/ - 247 0 391 11/24/2010 - 00:34 Português
Poesia/Soneto ILHA 2 224 02/24/2010 - 03:43 Português