CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Impossível tradução

Antes via-te como um companheiro
que permanecia próximo, o tempo inteiro
que mesmo estando ali deixava-me seguir sozinho,
que me ajudava a encontrar o meu caminho

Muitos exemplos, muitas conquistas
estivemos lado a lado
aprendemos a nos relacionar
a amizade aflorou nos nossos olhares
meu coração aprendeu a ser simples e amar!

Incógnita, resolução, afeto
traduzir-te em letras ou versos é impossível
desenhar-te em traços abstratos ou mesmo concretos é tarefa ainda mais difícil
como defini-lo quando nos presenteia com um abraço?
quando nos dá conselhos, fica tudo mais claro
quando nos escuta nos prestigia com seu carisma raro

Gosta de poemas, sarau, música, literatura,
faz dos dias belos porque sorri
encanta-nos com sua ternura e amabilidade
para os amigos não tem hora, total disponibilidade

O que tenho pra dizer é muito obrigado
por ensinar, aconselhar e existir
és muito mais que imagina
é muitas vezes o motivo que nos faz sorrir

se nos cinco parágrafos acima quis traduzir sua imagem em palavras
bastava olhar nas primeiras letras de cada um
lá encontraria facilmente o segredo,
o significado, o derradeiro enredo
a forma que te guardo no coração
no início me faltavam as palavras, agora me sobra emoção.
 

Submited by

quinta-feira, fevereiro 17, 2011 - 04:17

Poesia :

No votes yet

L.S. Paiva

imagem de L.S. Paiva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 8 anos 30 semanas
Membro desde: 01/28/2011
Conteúdos:
Pontos: 526

Comentários

imagem de MarneDulinski

Impossível tradução

L.S.Paiva!

 

Lindo Poema de linda amizade!

Meus parabéns,

MarneDulinski

imagem de L.S. Paiva

Obrigado! Diria que uma

Obrigado!

Diria que uma amizade além da vida!

Grato

L.S.Paiva

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of L.S. Paiva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor Mas que seja nosso 0 550 01/28/2011 - 22:05 Português
Poesia/Pensamentos Foco de Luz 0 486 01/28/2011 - 22:11 Português
Poesia/Amor Como se fosse a primeira vez 0 544 01/28/2011 - 22:19 Português
Poesia/Dedicado Revelação 0 544 01/28/2011 - 22:27 Português
Poesia/Dedicado Aventura em família 0 539 01/28/2011 - 22:29 Português
Poesia/Amor Não é tarde 0 368 01/29/2011 - 00:42 Português
Poesia/Aforismo O que sai do coração não tem nome 0 405 01/29/2011 - 03:03 Português
Poesia/Dedicado Verdadeira Inspiração 0 344 01/29/2011 - 03:23 Português
Poesia/Aforismo Codinome 0 455 01/29/2011 - 03:30 Português
Poesia/Aforismo Clarice, não a Lispector! 0 627 01/29/2011 - 03:34 Português
Poesia/Aforismo Gentileza 0 448 01/29/2011 - 03:43 Português
Poesia/Aforismo O centésimo poema 0 664 01/29/2011 - 03:45 Português
Poesia/Paixão Quero Ficar com você 0 1.349 01/29/2011 - 03:46 Português
Poesia/Aforismo Sonhos 0 611 01/29/2011 - 03:47 Português
Poesia/Geral Pessoas são espelhos 0 610 01/29/2011 - 03:50 Português
Poesia/Geral Brincar de escrever 0 700 01/29/2011 - 03:56 Português
Poesia/Geral Quero ser tudo e mais um pouco 0 546 01/29/2011 - 04:15 Português
Poesia/Geral Um grito silencioso 0 395 01/29/2011 - 16:06 Português
Poesia/Amor João (Mémoria aos poemas de cordel) 0 532 01/29/2011 - 16:13 Português
Poesia/Geral Ser ou ser 0 452 01/29/2011 - 16:16 Português
Poesia/Geral Dilemas 0 482 01/29/2011 - 16:32 Português
Poesia/Dedicado Imitar a Vida 0 288 01/29/2011 - 16:37 Português
Poesia/Geral Junte dois ou mais 0 472 01/29/2011 - 16:46 Português
Poesia/Geral Excesso 0 381 01/29/2011 - 16:54 Português
Ministério da Poesia/Geral No balanço das ondas e do relógio 0 774 01/29/2011 - 19:01 Português