CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Mato Grosso em versos de amor

Exuberante e majestoso és tu
Meu querido Mato Grosso.
Cantarei as belezas e maravilhas
De um Estado que é um colosso.

Seus biomas diversificados
Cada um com os seus encantos;
A Amazônia com suas matas,
Riachos, pássaros e seus cantos.

O cerrado e suas campinas
Cheias de floridas savanas;
O Pantanal com suas vazantes
E animais que atraem as caravanas.

Suas belas cidades e seu povo,
Dentre todos, os mais hospitaleiros;
Gente que transforma essa terra
Para riqueza dos brasileiros.

Cuiabá a grande capital
E sua multiplicidade de gente
Com uma riqueza de culturas
Brilha como uma estrela cadente.

Mato Grosso, Mato Grosso
Tu és grande, tu és ancestral
No Centro-Oeste do Brasil
És importante no cenário nacional.

Como é bom aqui ter nascido
E vivenciar toda essa beleza;
Mato Grosso com sua gente
É solo sagrado de grande riqueza.

Mato Grosso, Mato Grosso
Terra de beleza, paz e calor;
Tu que és o nosso Estado querido
Hei de cantar-te em versos de amor

Tu és a mais linda canção
Que seu povo quer cantar;
Quem aqui um dia chegou
No coração sempre irá te guardar.

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

quinta-feira, maio 23, 2019 - 01:29

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 2 horas 34 minutos
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 16258

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Intervenção Contra o bullying 6 792 04/05/2024 - 22:58 Português
Poesia/Amor Impossível ignorar 6 599 04/05/2024 - 02:43 Português
Poesia/Desilusão Não posso te esquecer 6 1.425 04/04/2024 - 02:54 Português
Poesia/Desilusão Seu prisioneiro 6 538 04/02/2024 - 11:51 Português
Poesia/Amor Um poema sem palavras 6 548 04/01/2024 - 19:33 Português
Poesia/Desilusão Quando não se pode evitar 6 594 03/30/2024 - 13:27 Português
Poesia/Pensamentos Observação 6 1.464 03/27/2024 - 22:12 Português
Poesia/Desilusão Agora o coração reclama 6 463 03/26/2024 - 20:13 Português
Poesia/Intervenção A insensatez da guerra 6 501 03/25/2024 - 19:49 Português
Poesia/Intervenção Senso crítico nebuloso 6 602 03/24/2024 - 13:39 Português
Poesia/Desilusão Entre as sombras da noite 6 1.585 03/23/2024 - 14:32 Português
Poesia/Intervenção O espelho da realidade 6 527 03/22/2024 - 13:17 Português
Poesia/Dedicado À beleza do verso 6 1.167 03/21/2024 - 20:00 Português
Poesia/Amor Permita-me 6 217 03/21/2024 - 11:51 Português
Poesia/Alegria Outono 6 595 03/20/2024 - 22:06 Português
Poesia/Pensamentos Deixando marcas no tempo 6 1.016 03/19/2024 - 11:38 Português
Poesia/Amor Um pedaço do céu 6 489 03/18/2024 - 19:56 Português
Poesia/Meditação Desafios 6 1.135 03/17/2024 - 13:51 Português
Críticas/Livros Odair José, Poeta Cacerense toma posse no PEN Clube de Escritores 6 683 03/16/2024 - 03:09 Português
Poesia/Fantasia Viagem poética 6 451 03/14/2024 - 00:50 Português
Poesia/Paixão Minha paixão por você é eterna 6 304 03/13/2024 - 21:26 Português
Poesia/Amor Espero que saiba 6 303 03/13/2024 - 02:50 Português
Poesia/Amor Que sorte a minha 6 337 03/11/2024 - 20:56 Português
Poesia/Pensamentos Existência sufocante 6 1.130 03/10/2024 - 14:12 Português
Poesia/Pensamentos Quero que pense 6 712 03/09/2024 - 14:09 Português