CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Melancolia

Os detritos de uma vida
esses a chuva levou
como se fossem lágrimas
na calçada da vida
tudo ela limpou.

Grossas as nuvens que me olham
longas as filas que me demoram
como um delírio de chopin
em teclas brancas de ilusão,
vou matando assim o serão.

Invade-me este cinzentismo
acompanha-me como um maneirismo
Bogart de gabardine
sem sorriso, sem Casablanca
sem tostão na banca

Crises em crise divagando
ternura em suave pranto
eira de mim, assim perdido
Ouvir Simone de fina Oliveira
Desfolhada da vida
com certeza.

Rosário de dias perdido
horas a fio por ti esquecido
silêncio nostálgico
entre nós nevrálgico
para que fiz chá,
se o o bebo sozinho?

Soberbo este meu penar
de loutros dias a sonhar
são as chuvas de novembro
a anunciar a solidão de Dezembro

Quando se voltará a ouvir o compasso?

http://rabiscosdealma.blogspot.com/2011/11/melancolia.html

Submited by

sexta-feira, novembro 4, 2011 - 12:11

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

Mefistus

imagem de Mefistus
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 ano 25 semanas
Membro desde: 03/07/2008
Conteúdos:
Pontos: 3083

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Mefistus

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor Saber A Mar! 4 1.184 02/19/2019 - 16:26 Português
Prosas/Contos Desculpa Se Sou Puta -Parte 1 - Capítulo 3 0 1.202 02/07/2015 - 11:18 Português
Prosas/Contos Desculpa Se Sou Puta -Parte 1 - Capítulo 2 0 1.147 02/07/2015 - 11:11 Português
Prosas/Contos Desculpa Se Sou Puta - Parte 1 - Capítulo 1 - 0 938 02/07/2015 - 11:07 Português
Prosas/Contos Desculpa se sou Puta! - Introdução 0 1.030 02/07/2015 - 11:03 Português
Prosas/Contos Desculpa se sou Puta! - Introdução 0 1.103 02/07/2015 - 11:00 Português
Poesia/Amor Saber A Mar! 0 0 07/09/2012 - 15:31 Português
Poesia/Amor Saber A Mar! 0 1.727 07/09/2012 - 15:30 Português
Poesia/Aforismo Cativa Saliva na boca triste 0 3.471 06/04/2012 - 13:52 Português
Poesia/Meditação Haveria Sempre Poesia, Nas horas loucas de maresia 2 1.946 04/21/2012 - 05:56 Português
Poesia/Desilusão Melancolia 0 1.473 11/04/2011 - 12:11 Português
Poesia/Pensamentos Para onde vou ó dor! 0 1.063 11/04/2011 - 11:42 Português
Poesia/Meditação Trova a dois Terços! 0 1.464 11/04/2011 - 11:34 Português
Poesia/Intervenção Ó Chefe dá-me um emprego! 1 1.692 10/25/2011 - 10:30 Português
Poesia/Dedicado Em amêndoas Tragado 3 1.775 10/24/2011 - 10:15 Português
Poesia/Intervenção Uma breve nostalgia! 0 1.560 10/24/2011 - 10:06 Português
Poesia/Meditação No pio da Perdiz 0 1.711 10/24/2011 - 09:58 Português
Poesia/Fantasia Baila Marisa Baila! 3 2.372 09/01/2011 - 11:17 Português
Prosas/Terror Diablo- Capitulo 4 (parte 4/4) 0 1.744 04/09/2011 - 01:02 Português
Prosas/Terror Diablo - Capitulo 4 ( parte 3/4) 0 1.964 04/09/2011 - 00:59 Português
Prosas/Terror Diablo - Capitulo 4 ( parte 2/4) 0 1.513 04/09/2011 - 00:56 Português
Prosas/Terror Diablo Capitulo 4 (Parte 1/4). 0 2.513 04/09/2011 - 00:49 Português
Prosas/Terror Diablo Capitulo 3 (Parte 3/3) 0 1.658 04/09/2011 - 00:46 Português
Poesia/Meditação Dançarina de saia Púpura 2 2.139 04/07/2011 - 23:35 Português
Poesia/Meditação Como um corpo suspenso em cordas de linho 1 2.007 02/27/2011 - 20:51 Português