CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

MENSTRUAÇÃO

 

Confira a prévia de 20 páginas do meu novo livro Histórias do Amanhã, As Cidades Submersas no seguinte link:

http://www.bookess.com/read/11328-historias-do-amanha-as-cidades-submersas/

Ela chega todo mês
E me mancha de vermelho,
causa dor no abdômen
E me deixa em desespero.

Na primeira vez foi a pior
Mais de quinze dias
Numa cama ensanguentada
Sem condições de fazer nada.

Não sou contra a natureza
Mas discordo de Deus
Quando Ele permite
Que logo eu
Que sou metade extraterrestrial
Seja vítima desse mal mensal.

Eu não sou mulher normal
Odeio esse sangue
Que tanto me faz sentir nojo,
Não!Não vou tomar Ciclo 21
Nem Elani 28,
Essa equação alopática
Só me faz sentir desgosto.

Se eu pudesse ser um homem
Até que eu teria sorte,
Pois eu não precisaria
Gastar dinheiro com moldes
E ninguém daria risada
Quando eu passasse com o produto na fila do caixa.

Talvez seja esse
Um pensamento transexual,
Mas eu já usei
Camisa masculina social.

Ela chega todo mês
E me mata de cólica,
Buscopan® uma pinóia,
Nada resolve essa história.

Não sou contra a natureza,
Mas eu discordo de Deus,
Pois o que deveria sangrar
É os olhos de quem não sabe amar.

Sim,
Deveria se encher
De sangua e de dor
Os olhos de todos
Os assassinos do amor.

Seja metro ou ameno
RRagia ou rréia
Dá no mesmo.

A gente se mancha à toa,
A roupa branca fica roxa,
E o casaco amarrado na cintura
É pra tentar esconder a calça suja.

Talvez seja meramente
Um pensamento transexual,
Mas se eu não tivesse
Essa sangria mensal
Eu me sentiria mais normal.

Eu não sou mulher normal
Odeio esse sangue
Que tanto me faz sentir nojo,
Não!Não vou tomar Ciclo 21
Nem Elani 28,
Essa equação alopática
Só me faz sentir desgosto.

Ela chega todo mês,
Mas se ela não vem
Mulheres entram em desespero
Temendo estarem entrando
Em outro pesadelo.

Ela chega todo mês
Pra me manchar de vermelho,
Minha avó me disse agora
Que também acha isso esquisito
Ela me disse:" Jamila, eu nem sei
Como foi que eu tive 14 filhos,
Confesso que nem percebi isso!"

Se a natureza fosse justa
Somente sangraria
Com agonia e dor
Os olhos de todos
Os assassinos do amor.

JM JAMILA MAFRA

Submited by

sexta-feira, fevereiro 17, 2012 - 21:37

Poesia :

No votes yet

jamilamafra

imagem de jamilamafra
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 5 semanas 5 dias
Membro desde: 09/03/2009
Conteúdos:
Pontos: 6052

Comentários

imagem de jamilamafra

Por favor,Não Compartilhem Essa poesia no Facebook!!!!

Se os meus parentes lerem essa poesia será um escândalo.....

Então peço que não a compartilhem no Facebook!!!!

Por favor!!!!!! 

imagem de ISABELLA - M - REGO

GOSTEI, MAS NÃO TEM QUE SENTIR NOJO

São Naturalidades da vida da mulher,

da precriação da especie,

Deus nada tem a ver com o facto,

isto penso eu... claro que acredito em Deus, mas reticências

nunca fizeram mal a ninguém.

E então ser homem,

fazer a barba todos os dias,

não é mais chato?

Gostei do seu poema amiga, Jamilamafra...

e tb da sua ousadia...rirririri

imagem de jamilamafra

UMA QUESTÃO MONETÁRIA..........

A questão aqui não é nem o nojo,mas sim os gastos com esse Karma que eu simplesmente não concordo....

Em certo ponto Deus não tem muito a ver com isso porque ele não inventou nada.......

Pois na verdade a vida sempre existiu no universo seguindo esse padrão biológico...

Mas sinceramente se eu fosse um Deus eu mudaria essa condição hematológica da mulher

E ainda implenmentaria como pena capital aos assassinos do amor um corrente sangramento nasal e ocular!!!!!

Nem posso publicar essa poesia em outros sites porque a minha família acessa e a maioria dos meus parentes são contra o que eu escrevo!!!!!

Pois eles que aguentem a minha ousadia...

Ainda bem que no mundo existem pessoas com a mente aberta igual a você!!!!

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of jamilamafra

Tópico Títuloícone de ordenação Respostas Views Last Post Língua
Poesia/Amor YOUR BLUE EYES 0 1.402 09/02/2011 - 19:04 inglês
Poesia/Desilusão YOUR SECRET 0 1.223 06/22/2011 - 01:03 inglês
Poesia/Amor Your Stupidity 0 1.833 08/23/2011 - 16:51 inglês
Fotos/Outros ‪Cidades do Futuro. Ano 2500. A Incrível História de Nebulosa Marylin, a Jovem do Século 26: Ficção Científica CyberPunk 0 1.873 08/07/2016 - 03:05 Português
Fotos/Outros ‪Cidades do Futuro. Ano 2500. A Incrível História de Nebulosa Marylin, a Jovem do Século 26: Ficção Científica CyberPunk 0 2.775 08/07/2016 - 23:33 Português