CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Minha Musa

- Minha Musa -

Ó minha musa apaixonante
ai de quem respira o seus odores
despe o teu corpo...
como pétalas de flores

Musa minha bela e apaixonada
perdi minha liberdade
durmo no farol perto dos rochedos
longe da estrada encantada

Sobe-me um frio na espinha
arrepio-me em calafrios
lágrimas molham minha alma
deixo de pensar no futuro
o presente rouba a calma

Tão bela é à minha musa
com flores nos cabelos, tão singela
no teu vestido rodado
pintado com flores de aquarela

Vontade que me dá
de morrer nestes rochedos
abraçar teu corpo nu
perder meus sentidos
nas pontas dos seus dedos

Acalento em meu peito
amor, paixão e desejos
atiro meu coração ao mar
nas profundezas afogo esse segredo

Minha musa inspiradora
causa em mim ternura e medo

Tristes são meus dias
aprisionado nestes rochedos 
o farol nada ilumina

Longas são as noites e os dias
passam devagarinho
filhotes de passarinhos choram nos ninhos

A alma quer partir
fugir para bem longe daqui
como posso tentar sumir?
se meus pensamentos vivem presos a ti.

Submited by

quinta-feira, junho 17, 2021 - 13:52

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

fabio ferreira do amaral

imagem de fabio ferreira do amaral
Online
Título: Membro
Última vez online: há 7 minutos 19 segundos
Membro desde: 05/07/2013
Conteúdos:
Pontos: 1969

Comentários

imagem de Joel

Obrigado Fábio

pela leitura

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of fabio ferreira do amaral

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral Lirismo 0 946 08/05/2016 - 14:16 Português
Poesia/Pensamentos Meia-Idade 0 524 06/30/2016 - 16:54 Português
Poesia/Pensamentos Universalizar 0 969 06/30/2016 - 16:43 Português
Poesia/Fantasia O Baile 0 460 06/20/2016 - 23:05 Português
Poesia/Pensamentos Eu e Gregor 0 708 06/20/2016 - 22:50 Português
Poesia/Fantasia O Condado 0 654 06/15/2016 - 18:35 Português
Poesia/Fantasia Bandidos Forasteiros 0 428 06/14/2016 - 14:33 Português
Poesia/Intervenção Dividir 0 1.347 05/31/2016 - 16:07 Português
Poesia/Geral Futuro 0 612 05/31/2016 - 16:00 Português
Poesia/Geral Ovelhas 0 563 05/31/2016 - 15:51 Português
Poesia/Meditação Calabouço 0 711 05/23/2016 - 19:52 Português
Poesia/Amor Flores no Jardim 0 830 05/23/2016 - 19:43 Português
Poesia/Amor Sofrer 0 781 05/16/2016 - 19:11 Português
Poesia/Desilusão Sinos 0 864 05/16/2016 - 19:02 Português
Poesia/Amor Meia - Noite 0 549 04/07/2016 - 14:32 Português
Poesia/Amor Tempestade 0 447 04/07/2016 - 14:24 Português
Poesia/Geral Tanta Gente 0 703 04/07/2016 - 14:16 Português
Poesia/Fantasia Noite Fria 0 719 03/29/2016 - 14:47 Português
Poesia/Meditação Esperança 0 1.017 02/15/2016 - 13:16 Português
Poesia/Geral Pegadas 0 783 01/08/2016 - 13:19 Português
Poesia/Meditação Alegrias 0 812 12/27/2015 - 12:26 Português
Poesia/Meditação Viver e Amar 0 742 12/27/2015 - 12:16 Português
Poesia/Meditação Coração 0 730 12/11/2015 - 02:45 Português
Poesia/Fantasia Jornada 0 1.005 11/27/2015 - 23:50 Português
Poesia/Amor Até Hoje 0 1.797 11/18/2015 - 19:03 Português