CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Nas cartas do Tarô

No mundo das cartas, o reino da mente.
Trajetória antes mesmo de virar semente
germina inconsequente num passo Louco
sem medo ou ânsia tresloucado e mouco.

Com dedos joga os dados aleatoriamente
sente-se Mago como alquimista ardente,
o reino do Imperador ou Papa é ouro
conduz rédeas do Carro por um tesouro.

O Enamorado duvida de qual via seguir.
O Eremita evita as sombras da Roda
que Enforcado tem Temperança
mas o Diabo rompe as muralhas da Torre.

Estrela e Lua se ocultam sob Sol do dia.
Os sonhos desaguam da fonte de novo
no Julgamento o Mundo se torna Louco
recomeçando outro ciclo que evidencia.

A Sacerdotisa não precisa da missa
nunca se atreve a deitar cartas,
sendo Imperatriz adota a Justiça.
Qual o símbolo você descarta?

Submited by

segunda-feira, janeiro 27, 2014 - 01:25

Poesia :

No votes yet

mase albuquerque

imagem de mase albuquerque
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 11 semanas 6 dias
Membro desde: 11/22/2012
Conteúdos:
Pontos: 546

Comentários

imagem de angelofdeath

poema

Gosto deste teu poema, especialmente da analogia das cartas do tarô, a ultima estrofe é que não percebi bem mas bom poema teu.

imagem de mase albuquerque

cartas do tarõ

Duas cartas femininas que se completam. A Sacerdotisa não precisa de dogmas. Ela simplesmente sente. A Imperatriz gera a realidade como a matéria se faz presente. O abstrato e o concreto perfeitamente equilibrados tal os pratos da carta Justiça.
O tarô com seus símbolos dão muitas interpretações, depende do observador. E um ciclo como o numero 8, sem começo nem fim.
Um abraço e obrigada p sua visita e comentário.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of mase albuquerque

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Fantasia Frascos de vidros (charada em poesia) 1 103 03/06/2020 - 22:39 Português
Poesia/Meditação Estranha Percepção 3 343 03/04/2020 - 07:04 Português
Poesia/Fantasia Poetisa das galaxias... 0 537 06/20/2016 - 23:45 Português
Poesia/Geral Girogirando 1 452 06/19/2016 - 14:50 Português
Poesia/Meditação Teorias Verdadeiras 2 448 06/18/2016 - 14:57 Português
Poesia/Meditação Será? 2 442 06/16/2016 - 23:15 Português
Poesia/Soneto Perdidos versos... 0 853 02/28/2016 - 23:44 Português
Poesia/Desilusão Uma Dor 0 489 02/19/2016 - 20:53 Português
Poesia/Soneto Se rezar, melhor não ler... 0 778 10/10/2015 - 09:54 Português
Poesia/Dedicado Pai 0 919 12/08/2014 - 22:02 Português
Poesia/Comédia Tô noiada... kkkkkkk 0 865 10/15/2014 - 00:04 Português
Poesia/Amor Enquanto espero eclodir... 0 780 10/14/2014 - 23:46 Português
Poesia/Dedicado Marina, morena Marina 0 856 10/09/2014 - 16:00 Português
Poesia/Geral A vida é um sonho... 0 886 08/13/2014 - 23:48 Português
Poesia/Geral A fonte da juventude dos poetas... 1 766 06/18/2014 - 23:35 Português
Poesia/Comédia Qual será a dor do dia? 2 641 06/18/2014 - 22:52 Português
Poesia/Comédia Santo Antonio 1 908 06/16/2014 - 04:24 Português
Poesia/Comédia Velhice Idiota. 3 1.060 06/10/2014 - 19:47 Português
Poesia/Geral Se o tempo parasse... 0 1.185 02/28/2014 - 23:14 Português
Poesia/Geral Nas cartas do Tarô 2 730 01/28/2014 - 20:59 Português
Ministério da Poesia/Amor Árias de sinfonias 0 810 01/15/2014 - 18:03 Português
Poesia/Amor Beijo combinado 0 777 01/13/2014 - 22:47 Português
Poesia/Fantasia Recado das rosas... 0 826 01/13/2014 - 22:14 Português
Poesia/Geral Como um nó, cego e acochado. 0 867 01/11/2014 - 10:08 Português
Poesia/Soneto Cosmo,uma obra de arte. 1 875 12/01/2013 - 16:11 Português