CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

No meu ser, no meu estar

Não quero um poemade de raiva
hesitei em escrever.
Não fui capaz!
Talvez me acalme
há que ser audaz
deixar as palavras escorrer…

A seiva que se solte
e dissolva em riachos
de água turva
tumultuosos
em dias de tempestade
calmos, doces
em dias de paz…

As bocas fechadas
os rostos sisudos
os barulhos estrondosos
os olhares orgulhosos
as pessoas infelizes
as almas penadas…

Ou eu…
O meu ser, o meu estar
o meu pulsar
de dias violentos…
A postura enraivecida
que não deixa descansar.

Ah! Os olhos fechar
a alma adormecida
o sonho de paisagens coloridas…

Tudo tão distante…
A vida num instante
-REVOLVIDA-
No meu ser, no meu estar…

OF 26-05-2011
 

Submited by

quarta-feira, junho 1, 2011 - 00:41

Poesia :

No votes yet

Odete Ferreira

imagem de Odete Ferreira
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 ano 3 semanas
Membro desde: 01/11/2011
Conteúdos:
Pontos: 1924

Comentários

imagem de neomiro

A poesia é assim mesmo Odete,

A poesia é assim mesmo Odete, um imenso e longo revolver de alma que nunca cá dentro sossega. Gostei imnso deste teu poema.

um abraço,

Neomiro.

imagem de Odete Ferreira

No meu ser, no meu estar

Obg, neomiro, pela leitura e comentário.

É sobretudo de desassossegos  de alma que gosto de escrever... Gostei do teu "revolver" :)

Bjo

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odete Ferreira

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Tristeza Entardecer com sabor a despedida 1 1.562 03/15/2018 - 13:59 Português
Poesia/Tristeza Música 1 1.395 03/15/2018 - 13:58 Português
Poesia/Desilusão Apenas mais um dia 1 2.009 03/15/2018 - 13:57 Português
Poesia/Meditação Se a vida fosse sempre assim 1 1.454 03/15/2018 - 13:56 Português
Ministério da Poesia/Fantasia Seres incompletos 3 1.759 03/15/2018 - 13:56 Português
Prosas/Outros No sopé da montanha 1 863 03/08/2018 - 19:01 Português
Poesia/Meditação Tempo(s) 1 1.545 03/08/2018 - 18:43 Português
Poesia/Fantasia Surrealidades 1 1.332 03/08/2018 - 18:42 Português
Poesia/Tristeza Emocão 5 1.774 03/08/2018 - 16:48 Português
Poesia/Dedicado Mulher-Dor 3 979 03/08/2018 - 16:14 Português
Poesia/Intervenção E a festa veste-se em cada madrugada 3 1.605 02/27/2018 - 11:43 Português
Poesia/Meditação À míngua 0 1.420 12/30/2015 - 22:36 Português
Poesia/Intervenção Não invoquem o meu nome em vão 0 1.830 11/25/2015 - 02:18 Português
Prosas/Outros Da alma 0 887 09/01/2015 - 19:58 Português
Poesia/Fantasia Surreal XXVIII 0 1.305 09/01/2015 - 19:29 Português
Poesia/Intervenção Da destemperança 0 2.484 08/26/2015 - 01:35 Português
Poesia/Meditação E no entre-Tanto faço caminho 0 1.667 07/02/2015 - 23:55 Português
Poesia/Meditação E continuamos pequeninos! 0 2.278 06/02/2015 - 20:15 Português
Poesia/Intervenção Nem te renego nem me nego 0 2.037 04/25/2015 - 02:08 Português
Poesia/Dedicado Laudatória 0 1.096 03/24/2015 - 19:03 Português
Poesia/Dedicado És...Mulher 0 1.571 03/08/2015 - 18:53 Português
Poesia/Amor Vida(s) 0 1.440 02/14/2015 - 18:07 Português
Poesia/Amor Moras nos meus sonhos 0 1.635 02/13/2015 - 16:30 Português
Poesia/Dedicado Olhares 0 2.408 01/22/2015 - 01:58 Português
Prosas/Outros Do exato momento da VIragem 0 1.508 12/30/2014 - 14:27 Português