CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Nos Teus Abraços

Coração de Areia
na Amazon

https://lnkd.in/ddBsEMT

Esta coletânea de poemas é uma somatória de diversos sentimentos, ora relacionados aos nossos sofrimentos individuais, ora relacionados aos sofrimentos coletivos que nos são impostos. Dentro do contexto coletivo, encontramos também uma crítica à sociedade, à política, ao descaso com o meio ambiente e um apelo à resolução das chagas do nosso mundo. Em um contexto mais individual, a autora fala sobre o amor como objeto, sobre a ingratidão, as ilusões, a perda de confiança, as divisões e cicatrizes que as pessoas provocam umas às outras e suas consequências imediatas e de longo prazo. Se tudo isso coubesse em um único coração, como ele seria? Indissociável como uma rocha ou frágil como areia? Assim como não podemos contar os grãos de areia, também são incontáveis os sentimentos cabidos dentro de um coração como esse.

Sentimento Certo

Você acha certo
Ficar se declarando 
Se quando não estou perto 
É outra que você está beijando?

Você acha certo 
Ficar me conquistando 
Se quando não estou perto 
É outra que você está namorando? 

Somos só bons amigos
Você já sabe disso, 
Então para com isso. 
Que eu não estou gostando. 

Você acha certo 
Depois de tanto tempo
Mandar tanta mensagem 
Falando de saudade 
Se quando não estou perto 
Outra está em seus braços 
Ganhando os teus abraços? 

Você acha certo
Me deixar sonhando
E fantasiando,  
Ficar fazendo planos 
Para estar mais perto
Se outra está te amando?

Me responda 
Eu estou esperando.

Ele responde:

"Eu não acho certo 
Ficar me declarando 
Se você não está perto 
E outra estou beijando. 

Eu não acho certo
Ficar te conquistando 
Se você não está perto 
E outra estou amando. 

Mas a saudade é certa 
Então entenda isso, 
Olha, eu preciso disso, 
Quero você comigo!

Meu coração confuso 
É sempre dividido, 
Gosto do seu carinho 
E de te dar carinho. 

Meu coração confuso 
É sempre  dividido, 
Sei que somos amigos,   
Mas quero você comigo. 

Foram tantos bons momentos 
Que vivemos juntos, 
Você me iluminou 
Quando estava tudo escuro. 
 
A saudade é certa 
Ela me arrebenta 
E eu não consigo agir 
Com tanta indiferença. 

Então eu acho certo 
Eu te dar afeto, 
Então entenda isso 
Eu preciso disso.

Eu tenho certeza 
Que isso é pra sempre, 
Nosso sentimento
Quase ninguém entende."

Você acha certo 
Ficar se declarando, 
Ficar me conquistando 
Se outra está te amando? 

Eu gosto de você, 
Temos momentos lindos, 
Te amo como amigo, 
E vai ficar só nisso. 

Somos só bons amigos
Você já sabe disso, 
Então para com isso, 
É tudo que eu te digo. 

Você acha certo
Ficar se declarando 
Se quando não estou perto 
Outra está te amando? 

Você acha certo
Me deixar sonhando
Se quando abro os olhos
E viro para os lados
Eu estou sozinha
E outra ganha os teus abraços?

Submited by

quinta-feira, abril 18, 2019 - 04:08

Poesia :

No votes yet

jamilamafra

imagem de jamilamafra
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 4 dias 4 horas
Membro desde: 09/03/2009
Conteúdos:
Pontos: 6028

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of jamilamafra

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Meditação A Grande Notícia 1 749 10/14/2009 - 14:16 Português
Poesia/Tristeza A Morte de Lázaro 1 991 10/14/2009 - 14:01 Português
Poesia/Meditação Os Bandidos de Terno e Gravata 2 1.811 10/09/2009 - 15:38 Português
Poesia/Tristeza Mutilação 1 1.285 10/05/2009 - 18:15 Português
Poesia/Amor O Jardim do Templo 1 1.032 09/28/2009 - 14:22 Português
Poesia/Meditação Face Marcada 2 1.361 09/25/2009 - 21:18 Português
Poesia/Amor Ainda É Cedo Demais 2 1.063 09/24/2009 - 15:33 Português
Poesia/Desilusão O Dia Que Eu Nem Quero Imaginar 1 1.546 09/23/2009 - 14:15 Português
Poesia/Amor Raridade 1 1.429 09/22/2009 - 22:11 Português
Poesia/Amor Solo dos Indigentes 1 1.059 09/22/2009 - 22:08 Português
Poesia/Amor O Amor Platônico da Lua 1 1.832 09/22/2009 - 21:59 Português
Poesia/Amor Lágrimas na Areia 1 1.239 09/22/2009 - 21:55 Português
Poesia/Meditação As Flores do Baile 2 1.506 09/21/2009 - 18:52 Português
Poesia/Gótico De Repente as Lembranças 3 1.475 09/20/2009 - 12:50 Português
Poesia/Meditação A Face da Maldade 1 2.113 09/18/2009 - 19:01 Português
Poesia/Meditação A Queda das Estrelas 4 1.276 09/17/2009 - 19:21 Português
Poesia/Gótico O Último Ato de Misericórdia. 3 2.410 09/16/2009 - 19:13 Português
Poesia/Gótico Um Remédio Pelo Amor de Deus 3 1.388 09/15/2009 - 12:10 Português
Poesia/Comédia Nicotine 1 1.538 09/14/2009 - 20:08 Português
Poesia/Comédia Nicotina 1 1.179 09/11/2009 - 19:32 Português
Poesia/Desilusão O Pior Aconteceu 1 1.565 09/10/2009 - 16:14 Português
Poesia/Meditação O Propósito de Todas as Coisas 2 1.599 09/09/2009 - 23:41 Português
Poesia/Desilusão Viagem aos Mundos Paralelos 2 874 09/08/2009 - 18:34 Português
Poesia/Tristeza The End of Planet Earth 2 1.546 09/08/2009 - 16:23 Português